gototopgototop
Assine a nossa Newsletter e receba em seu email, mensagens e noticias do Vale Imaculada Conceição!

Mensagem de 11 de Março de 2018

Queridos filhos!

Eu quero desejar paz – muita paz – para seus corações, em especial àqueles corações que estão diante do sofrimento: da dor, da tristeza.

É tempo de estar em paz. É tempo de se colocar na presença de Deus – na suave brisa, leve e mansa – e pedir: “Senhor, me cure!”.

Olhe para Jesus neste tempo tão especial em vigília, em oração – neste tempo de jejum, de silêncio, de paz! Peça a Jesus para lhe curar e Jesus vai curar você. Ele vai lhe curar filho, porque Jesus é o grande milagre. Onde Ele chega, Ele faz o milagre. O milagre do amor, da cura, da libertação, do exorcismo – tudo que você veio colocar nas mãos de Jesus por intermédio de Maria, você vai receber, filho!

Mas você tem de colocar de verdade. Tem de se apresentar de verdade. O mundo está sofrendo muito. As pessoas estão sofrendo muito porque não se entregam verdadeiramente. O homem está precisando ser liberto, ser curado. Precisa da paz interior que é a maior riqueza, a maior felicidade. Estar em paz!

Ter paz é sentir Jesus lindo bem perto de nós. É sentir esta brisa mansa que se aproxima e acalma a tempestade da discórdia familiar, do sofrimento que você carrega. Há tanto pecado! É por isso que as pessoas vivem tão tristes. Corações que não têm sabedoria para buscar a luz, não têm como ser felizes. Você tem de ter o profundo desejo de pedir para Jesus: “Me cure, Senhor!”. É isso que você tem de dizer para Jesus.

Vocês estão no tempo de vigília, de jejum, de oração! Durante esse tempo Jesus nos pediu jejum das palavras, mais silêncio, mais amor ao próximo. Esse tempo vai passar – de repente! Se você não buscar a essência da luz que trará para a sua vida, você ficará muito triste.

Vocês já estão no tempo da justiça, filhos! Este é um tempo de bem aventuranças. Há um grande número de filhos que não buscam a riqueza da catequese. A vida é uma constante busca de crescimento para Deus. Todos pertencem ao Pai! Mas, há pessoas que, ao trilhar este caminho, esta passagem, se esquecem de colocar seus pés sobre as pegadas de Jesus. Jesus quer nos conduzir à Casa do Pai! A humanidade precisa vivenciar as coisas de Deus de forma mais profunda.

Por exemplo, estamos no tempo em que nosso coração vive o tempo de vigília, de jejum, de oração, então cada um deve fazer deste momento um tempo de busca de sua cura, de sua cura interior.

Estamos diante da vitória que Cristo nos trará que é a ressurreição! Também estamos no tempo em que Jesus cuida de nós, que é a Misericórdia. Ele morreu e ressuscitou, mas o mundo não abraçou seu caminho, seus ensinamentos, o seu exemplo.

As crianças, os jovens, os pais, as mães, os missionários – todos – estão precisando voltar-se a esse Coração Misericordioso, em primeiro lugar, para respeitar mais a Deus, amar mais a Deus, amar mais ao próximo e amar a si mesmo. O homem não ama a si mesmo.

Você que está aqui hoje, que não tem uma vida digna, uma vida de felicidade, e que vive sob a escuridão do pecado, como conseguirá amar? Se permite que o demônio tire de você o seu brilho, a paz, a felicidade, o exemplo que você precisa ser para sua casa, para seus filhos, para a sua família?

Jesus disse: “Sejam santos porque o Pai quer que vocês sejam santos!”.

O tempo da quaresma nos conduz à reflexão da santidade. É preciso ser santo. É difícil? Para quem quer não é difícil, porque quando você quer ser santo, nada lhe afasta do caminho das bem aventuranças. Nada vai lhe afastar da vida em estado de graça. Porque sua fé é maior que a fraqueza. A sua força é superior à fraqueza de sua matéria.

As pessoas dizem que são fracas, deveriam dizer: “Eu sou forte!”. Sendo fortes vocês dão combate à fraqueza da carne, da malícia.

Você precisa buscar uma vida na presença de Deus. Precisa se afastar das trevas. Jesus disse: “Sejam santos! Não pequem mais!”. Tenham esse propósito, romeiros e peregrinos, que estão ouvindo a Mãe do Céu neste momento. Tenham este propósito: "Não pecar! Ser santo! Ser de Deus!". Porque você quer, se você deseja, esse também é o desejo do Pai. Ele lhe dará forças! Você vai sofrer? Vai! Mas tenha coragem! Se refletir bem, verá que a Misericórdia, que é Jesus, tem aliviado o seu sofrimento. O seu sofrimento poderia ser imensamente maior, por causa da sua desobediência. Jesus lhe chama e você finge não ouvir. Ou quando ouve, não vive o que Ele lhe pede. As palavras precisam se tornar obras. Precisam ser plantadas e o fruto precisa ser colhido.

A humanidade precisa ter a graça de viver em estado de graça! As nossas crianças estão pedindo Misericórdia. Um número enorme de crianças está sofrendo cruelmente: abandono, desprezo, ausência. As criaturas que elas mais amam – seus pais – não estão perto delas. Há um grande desamor. Há grande falta de sabedoria das pessoas.

Se você viver pela sua parte humana, você se destruirá, porque o demônio vai zombar de você. Você tem de olhar para você e – mesmo diante de sua fragilidade humana – deverá ter sabedoria para agradecer pela sua força divina. A sua força é Deus: é Deus em você!

Neste ano da unidade e da fé, você precisa estar pronto. Estar pronto é ser humilde como Jesus. É ser simples como Jesus. Você encontrará grandes batalhas. Nessa caminhada – para qual o ser humano precisa se preparar – vocês devem se preparar para retiros espirituais voltados para a essência da família, da fraternidade, do amor. Você precisa, com força, de vencer seu ego! Precisa vencer essa fraqueza. Você julga demais o seu próximo. Comece a amar. Ele tem as suas fraquezas, tem. Não será julgando que você fará deste, um mundo melhor – mas, sim – orando!

Quando Jesus caminhava, subindo ao Calvário, o que será Jesus pensou?

Quando você carrega a sua cruz, em que você pensa?

Tenho certeza de que Jesus amou cada passo que Ele dava. Porque o amor que teve por nós foi imenso. Ele estava ali dando a vida. Ele é o Cordeiro de Deus. Por isso, você não deve colocar a culpa de sua cruz nas costas dos outros – julgando os outros. A sua cruz, é sua!

Em sua casa, se há sofrimento, não culpe os outros. Olhe para dentro de sua casa. Peça à Sagrada Família que entre em sua casa. Peça a São José! Vocês estão tão perto desse instrumento que é pai, protetor da Santa Igreja, protetor das famílias. Vocês homens, pais, olhem para o exemplo de São José. Peçam a São José que lhes dê coragem! As armadilhas do mundo são grandes e estão em todos os lugares, principalmente na vida das famílias – tentando prejudicar a felicidade, a santidade, a alegria das famílias.

Quando você olha para um jardim, por exemplo, você vê flores de todas as espécies e cores. É tão bonito quando você chega aqui neste Vale, e vê as belezas deste Vale – as belezas criadas por Deus: a cor da natureza, as árvores, o verde, a simplicidade, os montes, os vales. Você, então se coloca diante da criação. Saiba que o que Deus mais amou – diante de toda essa beleza – foi você!

Deus criou tudo para que você fosse feliz! Então quando chega aqui, você tem de amar este Vale. Este é um lugar que Deus criou para que aqui você encontrasse oração, fé, coragem. Deus está em todo lugar, mas existem fontes espalhadas pelo mundo. É nessas fontes que você busca forças para seguir a sua missão. Da mesma forma, a sua casa é o maior jardim de Deus. O maior jardim de Deus é a sua casa! Se você permitir que o demônio destrua a sua família, você está destruindo o jardim de Deus.

A família é sagrada. A família é abençoada. A família é santa. Coloco vocês aqui hoje – mães e pais – diante desse jardim de Deus, que é como este Vale. Deus me trouxe até aqui como Mãe, como Mãe. Vocês estão precisando de Misericórdia. Estão precisando que Jesus olhe por vocês. Que olhe pelas suas famílias, pelo mundo, pelo país que está em guerra matando tantas crianças, jovens inocentes, pais, mães. Deus é misericordioso. A Mãe é a Mãe da Misericórdia.

Você deve se colocar diante de Deus e zelar pelo que você ama. Seu irmão é a fortaleza do mundo. Você é a fortaleza do mundo. Sua família é o jardim mais lindo de Deus. Ame mais! Para salvar almas é preciso amar mais. É preciso amar como Jesus amou.

Jesus fez uma belíssima reflexão há poucos dias em uma mensagem – na qual Ele nos ensinou a olhar o mundo com olhos de Misericórdia. Vocês verão tanto sofrimento, verão tantas doenças espirituais, verão tanto sofrimento espiritual. A doença na carne não machuca tanto quanto a doença na alma. A doença na carne pode agredir seu corpo, mas não agride a sua alma. A doença espiritual, porém, agride a alma. As pessoas estão clamando pelo Sangue de Jesus. Há tantos tirando a vida! Há pessoas no mundo sem temor de Deus – que não têm amor pela vida, pelo mundo, por este jardim de Deus que é a sua família.

O sofrimento nestes tempos será cada dia mais intenso. A humanidade precisaria pensar sobre o significado da quaresma. Jesus entregou-se ao Pai em oração porque sabia que estava chegando a hora dEle se tornar o Cordeiro. Ele é o Cordeiro. A Eucaristia é Jesus – é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Jesus silenciou. Não questionou, mas abraçou a cruz – em oração junto ao Pai e ao Espírito Santo – suplicando a vitória para o mundo. O amor que Deus tem pelos filhos é enorme. Tanto que Ele deu o seu próprio Filho para salvá-los. Então vocês deveriam pensar nesta quaresma, como Jesus pensa em nós. Pensem um pouquinho mais em Jesus, filhos!

Você precisa compreender que a sua vida aqui é uma passagem. O tempo que você tem para se preparar para entrar na Casa do Pai é esta passagem. Depois não tem tempo mais! Você tem de se colocar diante de Deus.

Se a humanidade continuar sem temor a Deus, o que vocês irão colher? Já estão em um sofrimento que ninguém suporta mais. Por isso é que as pessoas estão entrando em sofrimento espiritual, sem forças físicas. O corpo precisa da força espiritual. O corpo é apenas uma forma. Se o seu espírito está fraco, o corpo também se enfraquece. Mas, se a sua alma está forte, o seu corpo também é forte.

A humanidade não pode continuar sem temor a Deus, sem fé – sem viver a religião, com pessoas perdidas à procura de algo – enquanto Jesus está tão perto de nós. Jesus é o alimento. Este é um tempo no qual você precisa pedir a Jesus: “Jesus! Cura-me!”. Você é batizado. Tem a graça de receber Jesus Eucarístico, tem uma família que é o jardim que você não valoriza, porque quer migalhas. O demônio lança sobre o mundo as migalhas, que parecem ser maravilhosas, mas que levam você ao sofrimento.

Vocês estão tão perto da Justiça Divina. É a Justiça Divina! Ninguém fugirá dessa justiça. Não há lugar para se esconder dela. Vocês têm de se preparar para viver esse tempo da Justiça, porque Deus é justo! Deus é Pai, mas é justo! Deus é misericordioso, mas é justo! Aquele que ressuscitou, que deu a vida por vocês, é justiça! É justo! Abra o seu coração e se apresente diante de Deus pedindo paz, pedindo cura e libertação para todos os corações.

Com carinho e amor, quero neste momento, dar-lhes a minha bênção.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu lhes abençoei com carinho. Abençoei a todas as famílias.

Fico feliz em dizer: a família é o jardim de Deus! Se soubessem a riqueza e o conteúdo de uma família, vocês iriam dizer de todo o coração: “Como é linda a minha família!”. Porque a família é o jardim de Deus. Quando Deus criou o mundo, Ele criou os seus filhos e deu a todos a graça de uma família. Inclusive Ele deu uma família ao seu próprio filho Jesus. Então, ame mais a sua família. Valorize mais a sua família. Filhos! Amem mais aos seus pais. Valorizem a seus pais.

O sofrimento vem da família: o desamor, a desunião, o abandono, a rejeição. Tudo vem da família e hoje é dor que a família vive. Se a família se restaurar, o mundo será restaurado. Será um mundo que viverá o Triunfo do meu Imaculado Coração, porque a família é o jardim de Deus.

Que cada filho aqui presente peça a Deus Pai, Filho e Divino Espírito Santo, que zelem por esse jardim, que precisa muito de ser zelado.

Parabenizo aos aniversariantes. Jesus hoje lhes deu um lindo presente: o amor por esse jardim, que é a sua família. É isso que eu desejo aos aniversariantes. Eu lhes desejo paz.

Ofereçam o Santo Terço, o Rosário, que estão orando pelo retiro espiritual que farão buscando a cura – pedindo a Jesus: “Cura-me, Senhor!”. É isso que vocês estão precisando para que as comunidades do mundo, para que a Comunidade Fraterna e as famílias, sejam o jardim de Deus. É preciso que haja um queira a sua cura. Que se cure e seja uma pessoa renovada, cheia do Espírito Santo, abençoada.

As flores foram abençoadas para cura e libertação dos doentes, principalmente da doença que hoje mais aflige o coração da humanidade: a doença espiritual!

Que todos permaneçam em paz. Os pedidos de vocês já estão no Coração de Jesus.

Eis aqui a Mãe de Piedade, a Serva de Deus, e eis que o Senhor me chama!

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716