gototopgototop

Mensagem de 28 de Fevereiro de 2018

Velório do Sr. Eustáquio

Queridos filhos!

Este é um momento de paz. É um momento de reflexão, de oração, de agradecimento pela vida, pela missão de cada um que hoje se encontra aqui. Momento de agradecer a Deus pelo dom da vida que Ele nos proporcionou. E também pela graça que Ele lhes proporcionou de viver com alguém do coração tão grande, tão humilde, tão cheio de amor, tão cheio de alegria, de felicidade. Mas, a vida a Deus pertence. Tudo é do Pai!

E, hoje, o Pai, olhando para este jardim, que é a Terra, desejou imensamente colher para Ele este filho amado. Na verdade, o Pai não tira de vocês, apenas pede que vocês entreguem a Ele aquilo que lhe pertence.

Neste tempo da quaresma, a reflexão sobre o mistério da morte nos faz vivenciar a beleza da ressurreição. Todo aquele que crer viverá! E todo aquele que crer ressuscitará! E, hoje, na verdade, vocês estão vivenciando a meditação desse mistério da morte. Mas, pela graça que vocês trazem em seus corações, no silêncio dos seus corações, vocês estão experimentando a graça da ressurreição. Isso porque este filho acreditou plenamente na glória, na vida eterna.

Por isso, hoje, seu coração se alegra na presença de Jesus, aquele que é a Ressurreição. É por isso que Deus nos coloca aqui diante de uma reflexão muito linda, mesmo com tanta dor pela despedida física, humana, pelo apego à matéria. Para essa filha que com tanto carinho abraçou a sua missão de esposa, amiga, companheira dedicada e fervorosa, saiba que, hoje, está sendo carregada pelos braços de Jesus. Está sendo consolada pelo Coração de Jesus. A dor é muito grande, mas a fé é maior. A certeza da ressurreição é maior.

Isso nos faz meditar sobre o tempo em que Jesus nos coloca hoje, que é o tempo da quaresma, tempo de vigília, tempo de espera. Ninguém sabe a hora, ninguém sabe o momento em que o Pai vai querer de qualquer filho essa entrega. Assim como desejou, e designou a essa família, essa entrega.

É importante lembrar diante desta reflexão que este filho se entregou nessa missão de amor a Deus, de amor a fraternidade, amor a sua missão. Um dia deixou tudo para encontrar o tudo da paz, no íntimo do seu coração. E, hoje, ele está feliz, imensamente feliz! E vocês, mesmo carregando uma dor, estão diante de uma felicidade, que é a ressurreição de Cristo!

Ninguém morre, apenas adormece para ressurgir diante de Deus, diante do Pai, do Filho e do Divino Espírito Santo. Por isso que Jesus disse: “Que o mistério mais doloroso desta Terra se tornaria o mistério mais glorioso, mais grandioso”.

Por isso que, na reflexão do Santo Rosário, somente depois de passarem pelos mistérios dolorosos, contemplam os mistérios da glória, da ressurreição. Então, gostaria que vocês fizessem essa reflexão: primeiro vem a dor, o momento da dor, mas depois vem o momento da glória também.

Devem saber disso porque são filhos de fé. Tem uma missão num lugar de fé. São conduzidos pelo Céu, amados pelo Céu, protegidos pelo Céu. E, hoje, estão aqui, neste cantinho abençoado por Deus, neste Vale entregue a Deus, para lutar pelo Triunfo do meu Imaculado Coração.

Refletindo sobre a vida de vocês, a caminhada de vocês, percebam que tudo pertence a Deus. Por isso, devem sempre vencer a indiferença do orgulho e da vaidade. Algo que este meu filho soube vencer com tanta sabedoria! Ele sempre foi humilde, silencioso, simples! Ele teve o coração como de uma criança dócil. Ele soube ouvir o que Jesus disse: “Sejais como uma criança!”.

E este meu filho foi dócil e sereno. Tinha apenas, no coração, aquele desejo de amar, de ser feliz, de ser companheiro, de ser amigo. Por isso é tão importante está reflexão, para vocês que estão aqui hoje necessitando se colocar nos braços de Jesus. A maior dor é a falta de amor, a falta de fé, de compreensão, a falta de humildade no coração. Quando vocês contemplam Deus – vocês que estão aqui vivenciando esse mistério, passando pela dor – saberão contemplar também a Glória.

Vocês sabem: "Tudo pertence ao Pai". A Terra é um lugar que Deus escolheu e colocou seus filhos para serem felizes. Mas, seus filhos, por desobediência, caíram diante do sofrimento. Porém, Deus não os abandona. Ao contrário, enviou Jesus para conduzi-los ao Pai, que é a Vida Eterna, por meio da Ressurreição.

É preciso ter a confiança em Jesus. É preciso ter a certeza da ressurreição. Mesmo diante deste momento de dor, vocês devem saber que também existe um momento de glória, que é muito grande. Então, entreguemos a Deus essa família. Tenham força! Vocês são fortes! Deus é a sua força! Coragem, porque ninguém morre, apenas adormece! No coração, sempre estará vivo. O amor não morre. O amor é sempre presente.

É preciso ter a certeza de que, até aqui, foi Deus que lhe permitiu viver. A vida é como um jardim, Deus permitiu rosas perfumadas. E as rosas nunca deixaram de perfumar, mesmo que um dia não estejam mais presentes, seja o pai, a mãe, o esposo, a esposa, o filho ou a filha. O perfume ficará para sempre no coração desta família, de toda Comunidade Fraterna, todos que conviveram com alguém tão doce, tão humilde e tão sereno. E que hoje se encontra nos braços do Pai.

Por isso, com alegria, com amor, com sabedoria, mesmo vivenciando esse momento de dor, eu quero lhes abençoar.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu os abençoei com muito amor. Jesus hoje nos faz meditar num tempo tão especial que nos revela a dor e a glória; as lágrimas, mas também aquilo que nos traz força, coragem, fé, esperança, que é a certeza da Glória da Ressurreição.

Tudo é do Pai, cada um de vocês! Por isso, o nosso coração deve estar sempre em união com o Céu – com a Santíssima Trindade, porque ninguém sabe o dia, ninguém sabe a hora.

E este filho estava tão preparado, porque já estava nos braços do Pai. Com tanta leveza, suavidade, carregando a sua cruz da enfermidade. Mas sempre com amor. E, mesmo diante da dor, encontrava-se com alegria, tinha a esperança e a certeza de, a todo momento, Deus estava com ele.

A esta filha forte, esposa fiel, orante, exemplo de fé, saiba que nunca estará sozinha. Pelo amor plantado e cultivado da aliança desse matrimônio, com as crianças, com aqueles que tanto lhe amam, saiba que, verdadeiramente este amor foi alicerçado pela presença de Deus na vida de vocês.

Neste momento, o seu coração está vazio, mas preenchido de força, de coragem, de fé. Porque você tem uma missão muito especial, e Ele estará sempre do seu lado, no seu coração, ajudando-a a seguir em frente. Você é muito especial para Jesus, para mim, a Mãe de todas as mães, e para todos que aqui estão presentes. Seja forte, filha! A dor é mais daquele que permanece sobre a caminhada do que daquele que já está na graça. Que Deus a fortaleça. Que você se sinta movida por esta força tão grande, que é a sua fé, neste ano da fé e da unidade.

Que o Pai, o Filho e o Espírito Santo os cubram de ricas bênçãos.

Que todos permaneçam em paz. Eis aqui a Serva de Deus, a Mãe de Piedade.

E eis que o Senhor me chama.

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716