gototopgototop
Assine a nossa Newsletter e receba em seu email, mensagens e noticias do Vale Imaculada Conceição!

Mensagem de 30 de Março de 2018

Queridos filhos!

Com paz, hoje é um dia santo, um dia de adoração, de amor infinito a Jesus. Devemos amá-lo profundamente com todo o coração, com toda a alma.

Reflita: Cristo morreu por cada um de nós. Hoje Ele nos ensina a orar e a lutar pelas famílias. Pela paz nas famílias, no coração dos jovens, na Santa Igreja. Cristo nos faz viver essa grande reflexão do respeito a Deus, da obediência a Deus.

Como é lindo ser obediente. Jesus foi o exemplo da obediência. O Pai deseja e Jesus faz a vontade do Pai, cheio do Espírito Santo.

Assim também é você hoje. Como você tem caminhado sobre o caminho que é Jesus? Será que os seus pés estão sendo conduzidos pelas pegadas de Jesus? Com obediência, com serenidade, com humildade, com o verdadeiro desejo de vida de santidade, de vida de perdão?

Você passou todo este tempo de reflexão, mas que ainda não refletiu completamente o quanto Jesus é o perdão, o quanto Jesus ama você. Porque Ele deu a vida por você. Você pode dizer, com força: “Ninguém me ama como Jesus me ama!”. A prova maior do amor de Jesus é que Ele olhou para o mundo, pegou a cruz, carregou a cruz, e nessa cruz, deu a vida por todos. Vida em abundância!

O que é a vida em abundância?

Muitos resumem a vida a esta passagem, à matéria. Mas a vida é algo muito sublime. É o sopro de Deus em nós, é a presença de Deus em nós, é a unção que vem do Alto, que lhe move, que faz você viver este dia de silêncio, de acolhida – a você que é um filho que ama a Deus, que respeita a Deus, que é obediente a Deus.

Você sempre irá fazer tudo aquilo que o Céu lhe pedir. Na verdade, filhos, o que o Céu pede é para o bem. Não pensem o contrário. O que Deus lhe pede talvez não seja o que você deseja ouvir, ou a resposta que você esperava, mas o que Deus lhe pede é o que melhor para você. Ele lhe pede confiança, humildade para aceitar o plano dEle. O plano dEle é muito diferente do nosso. O plano dEle é maior do que o nosso. A sua vontade, o seu projeto, se resume a você, à sua família e à sua casa. Ou, neste mundo individualista, nem em sua família – apenas em você.

Mas o plano de Deus, a vontade de Deus é a paz no mundo. Ele vê o mundo porque Ele é Pai, é misericordioso, é bondoso. Coloque-se hoje diante de Jesus. A primeira reflexão deve ser sobre a entrega de Jesus, o seu silêncio, a sua obediência ao Pai. Jesus, com amor imenso, se entrega para a realização do plano de Deus – Ele próprio sendo Deus! Ele se entrega!

E você como filho de Deus, tem se entregado para a realização do plano de Deus em sua vida? Faça essa reflexão. Você tem se colocado na presença de Deus e a vontade de Deus acima de sua vontade? Você tem colocado em primeiro plano o que Deus reservou para você? Você tem vencido o seu orgulho, o seu egoísmo, a sua vaidade, o seu ego humano? Como está o seu coração hoje? Viva a entrega!

Você já entregou a Deus tudo o que tem? Você que diz sempre: “Senhor! Faça-se em mim segundo a sua vontade”. Você está confiante? Está confiando a Deus a sua vida? Quando temos confiança, não temos medo da entrega. Confiamos plenamente. A primeira reflexão, portanto, deve ser sobre a entrega – se entregue a Deus como o próprio Deus se entregou por amor.

Jesus caminhou, sofreu todas as batalhas, venceu tudo que venceu por amor a você: perseguições, críticas, maltratos. Por amor a você Ele venceu tudo.

E você quantas vezes que não sabe, por amor a Ele, vencer essa cruz, que não é tão pesada. A cruz mais pesada, Ele carregou por você

E você? Quantas vezes não sabe vencer a cruz por amor a Jesus – que não é tão pesada. Porque a cruz mais pesada foi Ele que carregou por você. Sozinho você não aguentaria, mas Ele carregou por você.

A reflexão continua... Depois da entrega, é fazer a vontade de Deus. Jesus fez. Ele disse: “Pai, seja feita a sua vontade!”. Você coloca a vontade de Deus em primeiro plano em sua vida? Tem renunciado a este mundo que tem destruído as famílias, os jovens, as crianças? O mundo tem levado as pessoas a se condenarem nos vícios da carne, da matéria, do capricho humano. Será que você tem se entregado a Deus, como o próprio Deus se entregou? Ele se entregou por amor, caminhando e carregando aquela cruz. Foi por amor que Jesus caminhou e carregou aquela cruz – mesmo diante da dor, da humilhação, do desprezo. Mas Ele disse: “Eu lhe amo!”. Jesus lhe amou como ninguém nunca lhe amou.

Então, entregue a Deus todas as suas necessidades. Entregue-se a você mesmo para que em sua vida se realize a vontade de Deus – principalmente os jovens e as crianças que são a certeza de um mundo novo.

Nesta semana maior, neste tempo de graça, entreguemos a Deus a nossa família, os filhos, os pais, os missionários, os religiosos, as religiosas, os sacerdotes, o clero, o Santo Padre. Porque Deus precisa de vocês. Na missão que nos é confiada vemos o quanto Deus precisa de nós. Ele nos entregou essa luta por um mundo novo, por um Brasil digno, justo. Para as pessoas que não confiam é difícil acreditar nAquele que deu a vida plena a cada um de nós, morrendo na cruz por amor. Ele trouxe a graça da vitória e nos concedeu a grande riqueza da ressurreição – sendo hoje o Coração Misericordioso que jorra sobre o mundo o Sangue e a Água que lava, que santifica, que purifica, que restaura, que edifica a vida de cada um dos filhos de Deus.

Depois da entrega, depois de confiar em Deus, aceite a vontade Deus, aceite! Você que carrega a cruz da enfermidade e que pergunta: “Por que eu? O Senhor é tão bom, mas por que eu estou carregando essa cruz?”.

Jesus não questionou a cruz que o Pai lhe confiou, aceitou ser o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Ele amou. Comece a amar também a sua cruz. Aceite! Por amor e vença! E, por amor, peça ao Senhor: “Cura, Senhor! Cura onde dói!”. Nem sempre onde dói, é na ferida aberta na carne, vista pelos olhos, mas aquela que está no coração: a falta de perdão, de humildade, de simplicidade, de união com a sua família e com sua comunidade. A falta de olhar para os outros com os olhos do bem, da paz, se identificando com o plano de Deus, para a glória de Deus.

Então, Jesus aceita aquilo que o Pai lhe designou. Aceite também aquilo que hoje Deus lhe designa para a sua casa, para a sua família.

A você que está dizendo: “Mãe de Piedade, me conceda, por intermédio de seu Coração, a presença de Jesus em minha vida, para que eu possa ser curado, libertado, exorcizado. Há tantas doenças, há tantas pessoas que não têm coragem para levantar, para continuar a sua vida como pai, mãe, jovem, criança. Há tantos em desespero, atentando contra a própria vida". Eu peço: “Filho, confie em Deus! Aceite a vontade de Deus! Não tenha revolta, mágoa, ressentimento. Deus quer sempre o melhor, porque Ele é Pai e sabe o que é melhor".

Jesus morre na cruz! Quantas vezes você precisa também fazer como Jesus: não desanimar. Você deve ir até o momento em que Deus lhe pede: "Vá filho!". Você já não luta mais pela sua família, já não luta mais pelos jovens, pelas crianças. Faça como Jesus. Não tenha medo! Tenha fé! Jesus morreu, mas Ele nos deu a glória! O mundo sentiu – a Terra sentiu a glória! Jesus é a glória. Jesus é a vitória! A dor é terrível! Aquele inocente, Santo, morre naquela cruz. Aquele que hoje está aqui na brisa mansa, trazendo suavidade para esta Família Fraterna, para os peregrinos. Ele morre na cruz. Caminha até o momento em que Deus Pai e Deus Espírito Santo, designou para a grande vitória de Deus Filho: Jesus! Ele morre na cruz!

Quantas vezes vocês tem medo da morte! Tem medo de passar por esse mistério que é o mais importante da vida. Quando nasce, você nasce para o mundo, e quando morre – se estiver em estado de graça – ressurge para Deus, para o Reino do Céu, para a Casa do Pai. Naquele momento, o mundo acorda para o Pai, vê a luz maior. Não é o fim: é a vitória! Não é a morte, é a ressurreição! É o que devemos refletir nesta Sexta-feira Santa. Jesus é o Cordeiro de Deus! Jesus é o milagre! Jesus é a vida! Jesus é a misericórdia!

Nesta Sexta-feira Santa fica para nós essa reflexão passo a passo da nossa caminhada com Jesus, da vivência da imagem e semelhança do amor de Jesus por nós. É um amor que lapida, que santifica, que une, que transforma.

Eu fico feliz, filhos, porque estou vivenciando nesta quaresma um tempo em que os filhos têm voltado para a Casa de Deus na oração. É a oração que fará deste, um mundo melhor. É a oração que irá salvar a sua família.

Assim como Jesus não teve medo, carregou a cruz e morreu na cruz. Essa é a reflexão que hoje estamos vivenciando. Na verdade, o seu coração de filho de Deus vivencia um momento de muito silêncio! Você quando perde alguém – que vai para junto do Pai – fica profundamente triste. Pense como deve ser a tristeza quando perde alguém que morreu por você. Como é que deve estar seu coração hoje? Mesmo que esteja em silêncio, é um silêncio que transmite paz, um silêncio que transmite graça, que transmite unção. A Sexta-feira Santa nos traz essa unção, que é Jesus, a paz que é Jesus!

É uma reflexão diferente! Mas, quando olhamos para o mundo, vemos que está muito distante de Jesus. Está distante do que Jesus fez. Nesta Sexta-feira Santa há muitos que não respeitam este dia, que é um dia de respeito, é um dia santo, é um dia de silêncio. É um dia de encontro com Jesus, de ir ao encontro com Jesus e pedir-lhe para curar seu coração. O desrespeito é que faz com que o mundo colha um grande sofrimento.

Jesus disse: “Você colherá o que plantar!”. Se nesta Sexta-feira Santa, vocês não procurarem esse respeito, esse silêncio, essa unção – o que poderão colher para a vida de vocês no decorrer do seu caminhar?

Jesus deu a vida por vocês. Ele foi até o momento que foi da vontade do Pai. Ele disse: “Seja feita a vontade do Pai!”. Ele fez a vontade do Pai. Fez algo que muitas vezes você não compreende, você não faz e você não vive.

O homem sempre espera só maravilhas. Ninguém espera sofrimento. Mas Jesus amou a cruz. Ele sofreu muitas humilhações: viu o desprezo, viu o abandono. Ele sentiu naquele momento o que é ser, de fato, o Cordeiro de Deus! Carregava seu Coração cheio de amor por cada um de vocês.

Eu sei o quanto Jesus amou e ama vocês. É necessário que você se apresente a Jesus. O que eu peço para vocês é que tenham mais respeito a Deus, principalmente por Aquele que deu a vida e que hoje é a vida de cada um de nós: Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Com amor, quero, neste momento, dar-lhes a bênção.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu lhes abençoei com imenso amor. Fico feliz em abençoar lhes em um dia tão santo para mim e para vocês, porque amamos Aquele que é santo. Amamos Aquele que deu a vida, que morreu na cruz e que é a ressurreição, é a Misericórdia!

Que vocês continuem a vivenciar este dia santo na paz, na suavidade, na reflexão na confiança, na entrega, na aceitação e no amor à cruz. Não tenha medo de fazer aquilo que Deus nos pede. Principalmente ser obediente, porque as pessoas são muito desobedientes. E vocês estão no tempo da justiça: cada um colhe o que planta! Ser desobediente ao Céu é colher muito sofrimento.

Por isso, eu alerto a cada um de vocês: vivenciem um tempo de mais amor, de mais fidelidade, de mais obediência ao Pai, ao Filho e ao Divino Espírito Santo.

A quem me ofertou estas lindas flores, eu agradeço, e as oferto a Jesus que irá abençoa-las para cura e libertação de todos os doentes do corpo e da alma.

Permaneçam em paz!

Desejo aos aniversariantes de hoje muita luz e que Jesus seja a sua vitória. Ele é o seu Salvador!

Eis aqui a Serva do Senhor, a Mãe de Piedade, e eis que o Senhor me chama!

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716