Quarta, 05 Dezembro 2018 09:04

Mensagem de 02 de Dezembro de 2018

Avalie este item
(0 votos)

Queridos filhos!

Eu quero desejar a todos vocês muita paz.

Hoje é um dia de oração, dia do Senhor, e quantos de vocês estão aqui presentes entregando a Deus o seu coração, a sua alma, as suas necessidades espirituais, materiais e temporais.

Como precisamos pedir a Deus por tantos filhos que durante estes dias passaram por grandes provas, perdas, mas também entrega. É nesses momentos que vocês têm a certeza de que tudo é do Pai: a vida de vocês, a caminhada de vocês e a entrega de vocês. Tudo é do Pai!

Hoje eu vejo aqui um lindo jardim, esse jardim que Deus criou, a família, os seus filhos, cada um com dons, virtudes, com necessidades especiais, as crianças que necessitam de cura. Eu pedirei a Jesus por essas crianças.

Cada um tem a sua grande missão de amar, amar completamente, sem medir o amor. Principalmente aqueles que têm de entregar o que eles mais amam a Deus. Porque tudo é do Pai! Nossa vida pertence ao Pai. Muitas vezes, a pessoa não vive essa entrega. Não tem a felicidade de viver essa entrega. Vive cego, enquanto deveria abrir os olhos e valorizar cada segundo que se tem de vida sobre esta Terra.

A Terra é uma passagem. É uma passagem que, quando você abre os olhos, você vê a beleza dessa passagem. E, quando você fecha os seus olhos, você vê a necessidade de entrega nessa passagem. Ninguém sabe o momento, que é o seu momento, ninguém sabe a hora que é a sua hora, só Deus.

Este ano é o ano da fé. Aí do homem se não tiver fé! Há momentos em sua vida que você vacila, duvida e questiona. Mas a sua fé, lhe salva. A sua fé lhe faz abrir os olhos do coração e enxergar com os olhos da sua alma. Este é também o ano da unidade, de muita unidade. Unidade na Santa Igreja, mais união. Mais participação do povo de Deus nesta missão de evangelizar almas, corações sedentos de amor e de fé – no ano da unidade.

O Céu nos pede que acreditemos, sem dúvidas, nos pede que entreguemos completamente ao Pai a nossa vida. Posso dizer para vocês que vocês vão vivenciar um tempo muito especial, de muitas transformações, mas também de muitas dores. Porque, quando o Céu planta uma semente bonita na Terra, e essa semente começa a dar frutos, o inimigo fica furioso. Vocês vão viver um tempo em que verão muitos frutos, porque a evangelização existe no mundo graças ao Pai, ao Filho e ao Divino Espírito Santo – à Santíssima Trindade!

Nesse tempo em que o Céu está no meio de nós, Jesus Eucarístico, no Santíssimo Sacramento, o amor de Deus refletido no coração dos pais, das mães. Mas, o que vemos hoje claramente é uma tristeza profunda sobre a Terra, muito grande! As famílias estão tristes porque está faltando essência. Está faltando santidade. A essência da vida é a santidade.

            Quando nós decidimos trabalhar na construção da felicidade da família, isso é algo muito valioso. Se você luta pela família, você lutará por famílias santas, sacerdotes santos, religiosas e religiosos santos. É a semente que está crescendo. São as crianças que estão crescendo. É preciso acreditar numa infância, numa juventude, numa família feliz. É preciso acreditar. Além de acreditar, é preciso colocar os pés em ação e evangelizar – nos evangelizar.

Podemos fazer um mundo melhor? Podemos filhos! Porque o Céu está conosco. E quando o Céu olha por nós, não precisamos ter medo, precisamos é ter fé! Então, a humanidade caminha em construção de um tempo maior, de um tempo cercado de bênçãos, de paz e de alegria. Mas também de um tempo de muito sofrimento na Terra, não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Esse tempo da justiça divina é um tempo em que rapidamente você colhe aquilo que você planta. Por isso é que você tem de ter muito zelo pelo que você planta. Comece a cuidar dessa semente boa do amor, da paz, da alegria, da fraternidade, do perdão, da comunhão, da vida de oração. É preciso que esses frutos sejam o grande alicerce de transformação da vida das pessoas sobre a Terra.

Jesus nos chama a esse tempo de graça. Tempo de justiça, tempo de graça! Porque é um tempo em que a humanidade terá de reconhecer a necessidade de se voltar para a Casa do Pai. Muitos nem pelo sofrimento irão se voltar à Casa do Pai, mas muitos voltarão. Muitos voltarão a ter em suas mãos o seu pequeno rosário e orar. Orar porque a luta não será brincadeira. A luta é muito difícil. Não é uma luta fácil. É uma luta grande!

Não queira saber o quanto o demônio persegue você. Persegue a sua família, persegue a sua caminhada de jovem, persegue até a infância da criança. É necessário vida de oração. Nunca, filho, se esqueça de orar. A oração é o seu grande alicerce de vitória neste momento. Neste tempo maior, que é o tempo da justiça, da graça, em que vocês irão vivenciar tristezas, mas muitas alegrias também.

É nos momentos das perdas, que você se conscientiza de que você é de Deus. Quando parece tudo perfeito, você se esquece disso. Quando dentro de sua casa parece que tudo está perfeito, você se esquece de colocar aquele que é a perfeição: Deus. Então, a humanidade vai sentir essa necessidade de colocar Deus.

Por isso, é que lhes falo claramente que é a oração que mudará o Brasil e o mundo inteiro. No poder da oração estará a vitória de toda a humanidade. Vocês têm de orar e viver a vida de oração. Ver o que é Jesus em vocês, agindo, habitando, reinando em nós. Fazer esse Cristo, o Reino de Deus, em cada um de nós. Cada um de nós deve ser esse Reino de Deus semeando o amor. Evitando todas as armadilhas do inimigo; armadilhas traiçoeiras das divisões, da guerra, da ganância, da violência e da maldade.

Vamos colocar Deus à nossa frente. Ninguém está aqui por estar. Todos têm uma missão. Eu fico tão feliz quando vejo meus filhos dizendo: “Deus tem um plano para minha vida!”. Porque todos que estão sobre a Terra estão a vivenciar o plano de Deus. Ninguém está aqui por acaso.

Você precisa pedir a Jesus a sua cura, como Ele nos ensinou: “Cura-me Senhor!”. Você deve sempre dizer para Jesus: “Cura-me Senhor!”. Porque o mundo está espiritualmente doente.

A grande doença no mundo não é uma chaga na carne, é na alma: os desequilíbrios, as depressões, as tristezas profundas, o ódio, a inveja, o orgulho. Isso tem feito da humanidade uma humanidade doente. Uma humanidade que precisa de cura. E Jesus é a cura. Jesus é a cura!

Se olharmos hoje nós necessitamos viver essa santidade belíssima que o Pai nos concedeu. Sermos santos! É preciso que você viva a sua santidade. Você tem de trabalhar e construir em você essa grandiosíssima riqueza que é a santidade. É muito bonito, meus filhos! Quando vocês buscarem uma vida de santidade, vocês terão tudo o que precisarem. Verão que o ter, não é possuir as coisas do mundo, é estar em paz com Deus. Vejam a diferença. Para muitos a felicidade é possuir. Para Deus, a felicidade é você estar em paz! Ter o seu coração em paz. O que lhe adianta ter o mundo, se você não tem paz em seu coração. A grande alegria da humanidade é a paz interior. A paz no coração. É você saber que tudo que tem hoje de mais lindo em sua caminhada é estar verdadeiramente em graça, em plena graça. Até porque ninguém pode dizer até quando será a sua missão sobre este mundo, só o Pai!

Então, vigiem e orem. Preparem os seus corações. Eu sinto, como Mãe, que está aqui lhes catequisando, que vocês devem estar ainda mais preparados daqui para frente.

Procurem se preparar. Não é fácil. A batalha é grande. As perseguições são fortes. As armadilhas são terríveis. Mas você tem Deus no seu coração. Se você tem Deus, tem toda a graça. Você tem toda a condição de vencer a batalha. Esteja pronto para essa missão de ser servo do Senhor! Para essa missão de ser instrumento nas mãos de Deus.

Tenha a coragem que hoje a humanidade precisa ter, para deixar este mundo da estrada larga, que é o pecado, e se aproximar do caminho santo que é Jesus: santidade!

Eu, Maria, como Mãe de Deus e Mãe de vocês, tenho a missão de lhes catequisar e alicerçar em sua vidas o grande conteúdo da sua santidade. Busquem realmente essa vida de santidade. Porque o triunfo do meu Imaculado Coração é a vitória. É você reconhecer o quanto Deus é Pai, Misericórdia, Luz do mundo – o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Este tempo agora é o tempo de preparar a maior manjedoura do mundo que é o nosso coração. É onde Jesus quer estar hoje. Em meu Coração, em nossos corações. Prepare bem esse coração. Livre esse coração de todo sofrimento, que ele está vivenciando, principalmente da divisão, da mentira e da falsidade. E colocar esse coração sob essa fonte de paz, essa fonte de bênção, silenciando, orando, penitenciando, procurando sempre fazer algo para consolar Jesus. Principalmente agora, que Ele deseja que o nosso coração seja a grande manjedoura dEle. Ele quer esse coração.

Vamos preparar nossas famílias, comunidades, grupos de oração e a Santa Igreja. Vamos preparar bem para que o coração esteja digno do Menino Luz. Ele fará muitas maravilhas em nós. Jesus é a luz. O Menino Jesus é a luz. Quando vocês fecham os olhos, e pensam no Menino Jesus, pensam naquela criança toda cheia de luz. Luz para o mundo!

Jesus é a luz que o mundo precisa hoje. Vocês que acham que estão preparados, não estão. Porque quem está preparado vive uma vida de humildade. Vive uma vida de silêncio. Quem está preparado dobra os joelhos e faz a vontade de Deus. Quem está preparado renuncia ao mundo para servir a Deus, mesmo estando no mundo, mesmo tendo o seu trabalho, mesmo tendo a sua família.

Quando Jesus fala da renúncia ao mundo, Ele não está falando para você renunciar ao seu trabalho. Ele está falando para você renunciar àquilo que está destruindo a sua santidade, que é o pecado. Então evite essa armadilha que está consumindo as famílias, destruindo os lares, prejudicando os jovens, tirando a felicidade do coração de nossas crianças.

Então, tenha um coração infinitamente cheio de paz, cheio de prodígios, neste tempo de graça. No Natal é preciso resgatar a espiritualidade. O maior presente do Natal é o Menino Jesus. Não existe presente maior do que esse. Devemos fazer do nosso coração essa manjedoura bonita para o Menino Jesus nascer e brilhar para que o mundo se dê as mãos, esteja preparado para o triunfo do meu Imaculado Coração. Esteja preparado para o tempo de graça. O mundo precisa ser transformado pelas mãos do Criador. O homem sozinho não consegue. Até porque ele se cega ao capricho do mundo e se esquece das bênçãos celestiais. As bênçãos celestiais são muito, muito, maiores. Inclusive a Terra, não é o seu lugar. O seu lugar é o Céu!

Com grande carinho e com muito amor, eu quero lhes abençoar!

Neste momento, Nossa Senhora abençoa todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu lhes abençoei com grande carinho. Esta mensagem de hoje, tão especial, nos fala do tempo de graças, do tempo de bênçãos. Jesus também nos coloca em oração e nos fala das grandes batalhas, do momento presente em que a humanidade vive. Ele nos fala que tudo deve estar nas mãos do Pai, a sua comunidade, a sua família, o Brasil, a Santa Igreja.

Jesus fala da ação, das pessoas vivenciarem a graça de serem evangelizadores, com seu testemunho de vida. Quem vive em paz, não julga o irmão, mas perdoa. Não queira estar em primeiro lugar. Coloque sempre Jesus à frente. Siga os passos dEle. Ele será sempre a luz, o caminho, a verdade, e a vida! Que você seja um instrumento nas mãos do Pai. Que o Senhor faça em sua vida maravilhas. Que o amor restaure as suas ações e transforme cada um de vocês.

Essa bênção de hoje foi para os aniversariantes, para as famílias, para os jovens, para os que se uniram em matrimônio, que Deus lhes abençoe imensamente. Essa bênção foi também para os membros da Comunidade Fraterna que durante esta semana passaram por perdas. Mas essa mensagem nos mostra que tudo é do Pai, sua vida, sua casa, sua família, seus filhos. Isso dói muito, mas é preciso viver esse mistério. É vivendo esse mistério da entrega que contemplamos a glória da vida eterna. Que seja louvada a Santíssima Trindade hoje e sempre!

As flores foram abençoadas. Eu pedi a Jesus que as abençoasse para a cura e libertação de todos os doentes do corpo e da alma! Tenham todos uma tarde de oração, de paz, de fé e do encontro vivo com Deus que está no meio de nós.

Eis aqui a Serva do Senhor, a Imaculada Conceição, a Mãe de Piedade, e eis que o Senhor me chama!

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd