Segunda, 15 Abril 2019 16:20

Mensagem de 07 de Abril de 2019

Avalie este item
(1 Votar)

Queridos filhos!

É tão lindo poder sentir Jesus, neste momento, em cada filho que está orando e entregando a Deus as suas necessidades, confiando a Ele tudo o que você traz no silêncio de seu coração.

Hoje é o dia do Senhor, tempo de graça, tempo de refletir sobre a mensagem que Jesus quer que coloquemos em nossa vida. Vamos refletir sobre o amor de Jesus por nós. Este tempo (da quaresma) nos chama a refletir sobre esse amor. Ele deu a vida por você e fez tudo para que você pudesse receber a felicidade plena, a graça plena.

Jesus fez tudo por cada um de nós. Ele nos amou imensamente. A todo o momento Jesus precisa estar presente em nossas vidas. Ninguém ama como Jesus ama, e, quem ama, pode nos ensinar a amar também. Você precisa aprender a amar, aprender essa grande missão de amar. O homem vive um momento de falta de amor. Falta amor no Brasil e no mundo. Falta amor no coração das famílias. Falta amor em cada coração.

A humanidade vive prisioneira do futuro, esquecendo-se de viver o seu presente que é também o presente de Deus. A única certeza que você tem hoje é esse presente de Deus para você. Muitas vezes, você não vive esse presente. Você tem tanta ansiedade pelo que virá que você se esquece de agradecer pelo que vive hoje. Você deve se colocar na presença de Jesus, porque Ele se manifesta em nós através das coisas mais simples da vida, através das menores coisas. Esse amor de Jesus que se manifesta em nós precisa produzir em nós conversão, caridade, fraternidade, união e igualdade. É simples falar, mas não é tão simples viver.

Quando pronunciamos a palavra amor, é uma palavra simples. Mas quando se vive a palavra amor, temos de vencer as batalhas que nos impedem de amar. Você tem de ser humilde, vencer o seu orgulho, o seu egoísmo. Você tem de se doar, de se entregar e ter boa vontade. Você tem de renunciar aquilo que é o melhor para você. Quem ama, renuncia a si mesmo e faz a vontade de Deus por amor.

Na vida de um pai, na vida de uma mãe quantas vezes você renuncia muitas coisas para viver a missão que Deus lhe confiou?! Jesus fez o mesmo por nós.  Por amor a cada um de nós Ele se entregou. Ele amou a cruz.

Quantos rejeitam a cruz hoje. Não querem o sofrimento. Não querem a batalha. Jesus amou. Ele disse: “Pai! Seja feita a sua vontade. Se essa é a sua vontade. Se for possível afasta de mim esta cruz, este sofrimento, mas que seja feita a sua vontade!”.

O mundo precisa aprender com Jesus. Como Mãe de Jesus, eu posso lhes o afirmar que Jesus viveu e que, por isso, precisamos seguir o seu caminho. Precisamos seguir as pegadas desse caminho, que Ele deixou para que ninguém se perdesse. Ele nos ensinou que não existe prova maior de amor no mundo do que dar a vida pelo irmão. Quem deu a vida por cada um de nós foi Jesus. Eu, como Mãe, senti, vivenciei e presenciei Jesus dando a vida por cada um de nós.

Este é o tempo de meditarmos se temos vivido esse amor de Jesus dentro de nossas famílias, se temos colocado esse amor de Jesus dentro de nós. Somos pacientes? Somos humildes? Amamos a nossa missão?

Filho é um presente de Deus para sempre. Quantos não sabem amar, filhos, esse presente de Deus. Quantos não sabem proteger esse tesouro de Deus. O homem precisa aprender a amar. No momento em que a pessoa se volta para o amor, a sua vida se transforma. A batalha que você vive hoje é fruto daquilo que você plantou.

Com certeza, se você está sofrendo, isso foi causado por algo que você fez consciente de que Deus não gostaria que você fizesse. O Pai lhe ama. E quem ama cuida de você.

Por que Deus cuida tanto de seus filhos? Por que Deus me envia aqui de corpo e alma para zelar tanto pelos filhos? Porque os filhos precisam ser cuidados. Os filhos estão perdidos. Há um mundo que aparentemente tem tudo, mas que está espiritualmente vazio. Está faltando algo. O homem esta precisando de algo. Por mais bonita que seja a visibilidade das coisas carnais, está faltando a visibilidade dos olhos espirituais – que conseguem ver aquilo que parece invisível, consegue sentir aquilo que parece difícil de ser sentido.

Você vivencia a experiência do milagre da vida. Você precisa entender que a vida é um milagre. Ninguém vive por viver. Ninguém está aqui por estar. Todos têm uma missão. Desde que Deus lhe presenteou com a vida, Ele também lhe presenteou com um dom, com uma missão. Ele lhe deu a sabedoria e lhe fez capaz, por isso, não se deixe levar por aquilo que o inimigo lança na vida de vocês: essas armadilhas horrorosas, nas quais você se esquece de se valorizar, de se respeitar, e começa a ter falta de controle de sua caminhada espiritual. Daí vem o desequilíbrio.

Há tantas pessoas que guardam só o sofrimento e o rancor, mas precisam amar mais, perdoar mais. O sofrimento e o rancor destroem, filhos! Quando você for cuidar de seu jardim, coloque nele aquilo que o fará florir, o que é bom para ele. O pecado não é bom para você. O rancor lhe destrói. Por isso, você tem de cuidar de você e colocar em seu coração o que é bom pra você. Colocar coisas boas, por isso, caminhamos sobre as pegadas de Jesus Misericordioso.

Jesus nos mostra que, mesmo diante de uma situação precária vivida pela humanidade, que são causadas pelos pecados, Ele está enviando fontes de misericórdia. Ele está mostrando que está curando a ferida que está no coração das pessoas. Para essa ferida ser curada, ela precisa ser iluminada. O seu coração doente precisa de luz, precisa da graça de Deus. Você precisa amar mais, fechar os olhos para as coisas da Terra – para as coisas carnais – e abrir os olhos da alma, do coração, para viver além daquilo que consegue ver com os olhos da Terra.

Você conseguirá ver um sentimento bonito neste tempo quaresmal que é o amor de Jesus por nós. Ele deu a vida por você. Ele lhe ama. E hoje Ele me conduz até aqui para que vocês sejam resgatados porque Ele zela por vocês. Vocês têm uma vida. Vocês não estão aqui apenas por estar. Têm uma missão e são especiais. Mesmo que seu dom para o mundo seja o menor, para Deus é o maior, porque foi Ele que lhe presenteou com esse dom. Para o Pai não existe nem maior, nem menor, existem filhos especiais.

Então, você deve sempre se valorizar com aquele dom que Ele lhe deu. Jamais se esqueça disso. O amor constrói. Precisamos construir um mundo de paz, um mundo de igualdade, um mundo de fraternidade, um mundo justo onde as pessoas, os filhos de Deus, se despertarão quando verem os sinais sobre a Terra. Verão que sem Deus não podem mais. Vocês vão se despertar e acenderão a chama do Espírito Santo e voltarão para a Casa de Deus. Terão uma vida de mais harmonia, de mais amor ao próximo. No fundo, é isso que Deus quer de nós. Ele quer que nos amemos uns aos outros, como Ele nos ama. Não é fácil amar como Jesus nos pede. É fácil amar àquele que é propício aos seus olhos. Mas, e amar àquele que talvez não produza tantos benefícios aos seus olhos? Amar aos que lhe perseguem. Amar aos que lhe prejudicam.

Mas, Jesus sempre nos pede para amar. Por mais difícil que seja o amor, ele faz você feliz. E ore por aqueles que não têm essa felicidade. No dia em que você descobrir que o amor é a construção de sua paz, de sua felicidade e a edificação de sua graça maior – que é ser filho de Deus e ter uma missão para cumprir como pai, mãe, missionário, evangelizador – você verá o quanto a vida é um presente de Deus. Então, vai viver com prudência, vai agradecer pelo que você tem e viverá o seu presente, sem ansiedade pelo que virá. Não vai se amargar pelo que passou, mas viverá um presente de graça, de conversão, feliz, edificador e construtor. No fundo, o que passou fez com que você fosse maior na fé, no amor e na alegria.

Quanto maior a batalha, mais forte é o soldado. Mais preparado está para a luta. Se o que passou lhe fez amadurecer, lhe fez forte, mesmo tendo sido a maior dor, isso lhe fará cada vez mais forte. Terá a certeza que o seu presente lhe edificará um futuro bonito. Não adianta o homem sonhar com um mundo maravilhoso, se o presente dele é de dor, de abandono, de tristeza, de falta de alegria, onde as pessoas nem se conscientizam da importância que elas têm para Deus.

O tempo quaresmal nos chama a ver o quanto somos importantes para Deus.

Gostaria que nesta mensagem de hoje, filhos, nesta preparação bonita, vocês procurassem ver o quanto são importantes para Deus. Uma reflexão simples, mas que fala tudo para vocês. Ninguém lhes ama como Jesus lhes ama. Façam essa reflexão. Através dela irá aprender a amar mais, caminhar mais, vencer mais, ser mais firme na fé. Isso será feito de uma forma muito linda, natural.

A felicidade não é um momento, a felicidade é uma riqueza que precisamos zelar por ela todos os dias. Feliz é a pessoa que amanhece o dia e agradece, e, que, no entardecer renova esse agradecimento e, ao anoitecer, agradece mais e mais e mais. Que você construa essa felicidade. Não pelo poder, pela aparência, mas que seja pela essência do saber que Jesus lhe ama e que a Mãe de Jesus, que está aqui, também lhe ama. E, que, neste momento, vai lhes abençoar e pedir a Jesus por todas as necessidades que trouxeram neste domingo para serem entregues àquele que é a razão do nosso momento de oração: o Pai, o Filho e o Divino Espírito Santo – Deus, a Santíssima Trindade!

Vamos colocar os nossos corações diante de Deus, especialmente você que está precisando ser luz neste ano das comunidades. Ninguém vive sem ter uma comunidade, sem família, sem país e sem o mundo. Que esta comunidade cresça e produza os frutos que Jesus quis e quer construir no mundo.

Com carinho quero dar-lhes a bênção.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu lhes abençoei com carinho. Abençoei todos os corações.

Hoje, Jesus falou, com força, do quanto deseja estar nos corações que Ele ama e quer transformar. Ele quer transformar os corações doentes, aflitos, necessitados de paz e da brisa mansa.

Há tantas tempestades no mundo, tantas divisões, indiferenças. Jesus é a brisa mansa da igualdade, da fraternidade e da paz no mundo. Jesus nos faz ver o milagre da vida. Onde há fé, há o povo de Deus. Onde há o povo de Deus há família, há comunidade, há missionários. Onde há missionários, há uma Igreja viva. Jesus quer o exemplo dessa Igreja missionária, evangelizadora, com obras e ações, por que o mundo clama, as crianças choram por amor. Passam fome e sede, não só de pão e água, mas do amor, principalmente da proteção dos corações. Porque vocês são uma só família, a família de Deus. Este tempo quaresmal nos conduz à família.

Esta mensagem nos traz a suavidade da paz, mostrando que Jesus lhe ama. Por isso, Ele deu a vida por você. Você vale muito! Por mais que o homem se sinta perdido, Jesus é o caminho. Por mais que se sinta vazio, Jesus é o tesouro que vai preencher esse coração. Nunca se esqueça, ame e valorize a sua vida. Se você que está aqui hoje, isso é um presente de Deus para você.

Por isso, Jesus disse: “Não sofra! Seja feliz! Cure o seu sofrimento, porque eu sou a misericórdia!”. Ele sabe que o mundo sofre por causa do pecado, mas Ele veio resgatar os corações de cada um de vocês, filhos! Podemos e devemos nos sentir amados por Jesus. Este é o grande pedido que Jesus nos faz hoje: amar! Mesmo que seja difícil, ame e perdoe. Assim você terá a maior cura interior e sentirá a paz infinita que você necessita ter em seu coração e em sua alma.

Peço Jesus para abençoar as flores para a cura e libertação dos doentes. Por isso, alcançarão graças. É um pedido que eu faço a Jesus. Eu sei que muitos não sabem ir até Ele, mas, através do perfume, que Jesus é para nós, Ele chega a tantos corações. Que o Senhor nos toque e nos conduza ao caminho da felicidade eterna.

Eis aqui a Serva de Deus, a Mãe de Piedade, a Imaculada Conceição. Jesus permanecerá conosco hoje e sempre.

O Senhor me chama e eis aqui a Serva, a Mãe de Piedade! 

Última modificação em Segunda, 15 Abril 2019 16:22
DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd