Terça, 14 Mai 2019 15:03

Mensagem de 31 de Março de 2019

Avalie este item
(1 Votar)

Queridos filhos!

Com sabedoria, eu, Maria, acolho todos os filhos em meu Coração. E lhes entrego a Jesus, neste dia lindo do Senhor, neste tempo de graça e de oração, neste momento em que o mundo inteiro precisa da paz que só Deus é para cada um de nós.

Hoje vamos refletir sobre a nossa missão. Este é o ano das missões, dos missionários. Muitas vezes você não sabe amar a sua missão. Ama tantas coisas na vida, mas se esquece de amar o principal dom que Deus lhe deu: ser filho, ser bênção, ser digno de olhar para Jesus – e de forma humilde e serena – sentir o quanto Jesus lhe ama. Ama você como missionário, como pai, como mãe, como filho.

Vocês missionários que servem a Deus, vocês religiosos, religiosas, sacerdotes, todo o povo de Deus. Vocês que estão vivenciado estes tempos de lutas, lutas espirituais. O maior sofrimento é aquele que está na alma, que está no coração. Às vezes, é invisível aos olhos, mas está bem dentro de você lhe tirando a paz, a força, a coragem, a confiança e a fé. O grande sofrimento é espiritual. São as doenças espirituais causadas pelos pecados, pela desobediência. Deus lhe fez para ser feliz. Ele lhe fez para ser filho amado e Jesus nos deu a grande prova desse amor.

Neste tempo quaresmal meditamos de forma infinita o grande amor que Jesus tem por cada um.

Filhos! Como é grande o amor de Jesus por nós. Mesmo diante das batalhas, você consegue ver os sinais de Deus em sua vida, o amor de Deus em sua vida. Você consegue ter a experiência mais nobre desse amor. Mesmo quando você olha para si mesmo e diz: “Senhor, eu não digno!”. Mas, o Senhor nos deu a honra de ser dignos. Jesus nos deu a honra de todos vocês serem dignos.

Sua missão é ser Igreja viva, é ser obra viva, é anunciar a Boa Nova, é levar a esperança aos corações que se perderam por não terem a alegria de viverem na presença de Deus.

Talvez, filhos, seja hoje difícil de perceber, mas a humanidade se encontra tão perdida espiritualmente. Falar de Deus é fácil, mas falar de Deus é uma missão. É uma missão de entrega, de oração, é uma missão na qual, todos os dias, Deus lhe dá a graça de viver o amor, a felicidade de viver esse amor. É uma missão na qual você passa por várias provas para ser fiel a esse amor.

Uma das grandes graças nestes dias, neste ano missionário, é o silêncio. É preciso amar mais. Amar mais é a prova viva do silêncio. A principal dificuldade das pessoas é conviver com o seu próximo. Há falta de paciência com aqueles que você tem de ser paciente. Aceitá-los como são. Não é fácil mudar as coisas. Por isso é necessário aceitar e sempre pedir a Deus, em suas orações, a conversão de todos os pecadores.

É importante que – sempre que estiver orando o Santo Rosário, o Santo Terço, nos momentos de oração – olhe para Jesus é peça pela conversão de todos os pecadores.

A humanidade peca, erra, mas a humanidade é o jardim de Deus. É onde Deus edificou a obra do amor. Ser filho é um presente de Deus. O Pai nos tem como o tesouro maior, como a riqueza maior.

Zelar pelas famílias é a grande missão de todos os missionários. Defender a inocência das crianças é a grande missão de todos nós que somos servos do Senhor. A luta pelos jovens, para edificar a santidade no coração dos jovens. Ter mais serenidade, mais responsabilidade na evangelização. É preciso que sejamos firmes na obediência a Deus.

O inimigo tem tentado vocês de todas as maneiras. Até mesmo nos lugares em que hoje você caminha conduzido por Jesus, há muita perseguição, inveja, ciúme e mentira. Por isso, você precisa ser forte!

Este tempo quaresmal nos conviva a sermos fortes, a vencermos a todas as tentações. O povo de Deus passou por tantas coisas e Jesus também, caminhando conosco, para conduzir o mundo à verdade, à salvação. Mas o ciúme e inveja sempre estiveram presentes na vida dos servos do Senhor. De forma clara, o homem está sendo, cada vez mais, dominado pelo ego e pelo orgulho.

Este é o momento de ter muita serenidade. Estamos tão perto de uma grande transformação no mundo. Deus quer essa transformação. Muitos já estão cansados de ver tanto sofrimento na Terra. Mas, podem ter força e alegria em seus corações. Vocês já são vitoriosos, filhos! Quanta coisa linda Deus está realizando na vida de seus filhos. Especialmente em sua vida de servo, de missionário, de filho que entregou a sua vida a Deus.

A prova viva dos tempos atuais, o grande sinal do Pai vai se realizar em cada coração, em cada alma. Ele quer que seus filhos iluminem o mundo.

A grande ira do mal é tentar seduzir o homem e levá-lo às trevas, às trevas profundas. Mas, Deus tem nos colocado como luz do mundo. Em tempos de trevas, precisamos ser luz do mundo. Por isso, a grande tarefa missionária começa dentro da família, dentro do lar. O lar é o maior servo do Senhor, é a sua família. É o seu lar, é a sua casa. Você é o maior instrumento do amor de Deus. Em seu coração Ele opera o grande milagre do amor, no qual Ele concede ao homem a possibilidade de fluir e dar frutos. Ter a grande produtividade que a família manifesta no mundo, que é a aliança do amor.

A aliança do amor é o grande sinal que a humanidade precisa viver nestes tempos em que o inimigo, o demônio, tenta de todas as maneiras destruir a sua família.

É preciso orar muito porque há muitas famílias que se deixaram destruir. Há muitas famílias, há muitos filhos sem o alicerce da união de seus pais. É séria a situação do mundo hoje, filhos! É preciso reacendemos a chama do Espírito Santo, a chama da fé, através de um exame de consciência profundo, através de um ato de amor, pelo qual você vai onde só Jesus consegue ir. As feridas precisam ser curadas, principalmente as feridas interiores. A falta de amor, as coisas que você deixou de viver e que hoje lhe causam tantos e tantos sofrimentos. São sofrimentos que fluem dentro da família. É como os raios do sol. Quando deixamos os raios do sol entrar em casa, entra luz, entra o calor. Assim também quando você permite, entra o sofrimento, entra a dor, entra a tristeza, entra aquilo que está destruindo a sua família.

Então, a principal riqueza hoje é ser luz do mundo. Luz do mundo! E essa luz começa dentro de todas as comunidades, de todas as famílias da Terra.

Jesus nos chama a ser missionários autênticos. Sem medo de falar de Deus, das coisas do Céu, do Evangelho. Sem medo de nos catequizar pela Palavra do Senhor. A Palavra nos ensina que venceremos todos os desafios pela oração, com Jesus Eucarístico, com a Santa Comunhão. Praticar a Comunhão diária, estando com Jesus. Estando na presença de Jesus.

Quando você receber Jesus tenha o propósito de viver sempre com Jesus, permitindo que Ele seja, de fato, o seu caminho. Caminhe sobre o caminho que Jesus Cristo é para você.

Neste tempo de reflexão, precisamos acender a chama da fé. O homem não tem a chama da fé viva. Na verdade, as armadilhas do pecado têm destruído a fé das pessoas. O homem tem mais confiança nas coisas da Terra do que nas de Deus. Mas, as coisas do mundo são passageiras, não são eternas, passam! Não trazem felicidade para você. A felicidade viva, a felicidade plena está em seu coração, no seu interior. Aí está a riqueza que Deus lhe concedeu que é a vida, a alma. É aí que você permite que Deus manifeste o grande mistério da vida, o grande milagre da vida.

Ser missionário é crescer diante desse mistério de Deus.

Vocês têm hoje uma belíssima catequese, que precisa ser cultivada em todos os lares da Terra. Essa catequese é o amor pela oração e pela Palavra de Deus. O homem precisa ter tempo para refletir sobre a Palavra e ter tempo para conversar com Deus.

O maior momento que você tem para conversar com Deus é este que vocês estão vivendo agora. Neste momento você esquece o mundo e se coloca no colo de Jesus. Você entrega para Jesus todas as suas necessidades, os seus sofrimentos e as suas batalhas. E consegue entender que Jesus é o único que pode lhe ajudar. Ele está lhe ajudando. Ele pode e Ele está lhe ajudando. Você vencerá o sofrimento. Não importa que seja uma dor no coração, ou uma questão familiar, ou uma dificuldade que você tem passado devido a doenças – enfermidades do corpo – ou problemas do dia a dia no convívio com a sua família, com a sua comunidade, ou os sofrimentos causados por perdas – que são momentos que você simplesmente não consegue entender e fica perdido, mas consegue compreender o quanto Jesus lhe ama.

O tempo quaresmal nos faz viver isso de forma bonita, porque é o tempo no qual a humanidade passa pelo maior conteúdo que é quando Jesus se torna o Cordeiro de Deus, o Cordeiro do Pai. Foi o momento no qual aqueles que seguiam Jesus se sentiram perdidos, se sentiram vazios. Mas Jesus consegue transformar, acalmar esses corações. Jesus acalma essa tempestade, o medo do vazio. Eles passaram pelo medo, mas Jesus nos mostra a grande ressurreição, que veio de forma belíssima através dos prodígios do amor do Pai.

Esses mistérios nós conseguimos vivê-los até os dias de hoje. Principalmente agora, que o Brasil e o mundo têm passado por tantos sofrimentos na carne, na alma, na família, na caminhada. Não é fácil ser fiel a Deus, ser servo de Deus. A todo o momento o inimigo tenta lhe derrubar porque você tem Deus.

A mensagem que Jesus tem hoje para todos os missionários é esta: não tenham medo. Daqui pra frente vocês serão sustentados pela fé. Nada poderá ser maior que a sua fé. Nem os problemas, nem as enfermidades, nem as batalhas, nem a grande batalha que o Brasil e o mundo vão passar por ela, porque Deus está conosco.

Somos missionários! Caminhamos seguindo as pegadas de Jesus. Jesus está conosco. Eu posso sentir Jesus aqui, neste momento, nos conduzindo a todos. Ele nos conduz com o amor que tem por nós. É o amor verdadeiro, fiel, paciente e salvador. O amor de Jesus salva e cura.

No momento em que eu dou a bênção para vocês é o momento no qual eu peço para Jesus abençoar as flores para cura e libertação de todos os doentes do corpo e da alma.

Entregue para Jesus – que está aqui na brisa mansa se aproximando de todos nós – onde dói, onde você quer ser curado.

Você que é missionário, que tem dedicado a sua vida a este belo trabalho porque vocês são do Pai, todos vocês. Inclusive, hoje, pode ser o seu último dia sobre a Terra. Você precisa ser do Pai sempre, porque Deus lhe fez especial para Ele.

Missionários, despertem-se ao amor de Jesus, cresçam na unidade, sejam pacientes, lutem pelo Triunfo do meu Imaculado Coração, sejam instrumentos de paz! Jesus está conosco e conosco Ele estará sempre.

Com carinho e amor, eu quero, neste momento, dar-lhes a minha bênção.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos, eu lhes abençoei com muito amor.

Nesta mensagem levanta todos os missionários e os convida a evangelizar almas.

Eu sinto uma alegria em ser a Mãe que caminha, sendo também a Mãe das missões, a Mãe dos missionários, porque o mundo tem sede de Deus, sede e fome da graça do Espírito Santo. Peçamos a Ele que ilumine as famílias, as vocações e traga mais santidade ao povo de Deus. Que todos tenham o desejo de ser santos. Sejam santos como o Pai deseja. Deus lhes quer santos, filhos!

Que Deus lhes abençoe nessa missão. Sejam fortes para vencerem as batalhas espirituais, materiais e temporais. Que a vitória de vocês esteja nas contas do Santo Rosário. Que a perseverança de vocês seja Cristo, Jesus Eucarístico. Que Ele esteja com vocês sempre e que vocês não desanimem. A nossa missão hoje aumentou diante da necessidade de sermos luz para o mundo. É preciso que os corações iluminem o mundo. O sofrimento é grande, mas a força é maior. Que esse exército se levante e seja forte. Que vocês tenham toda a força necessária para serem instrumentos conforme a vontade do Pai.

Meu Coração fica com vocês e levo os seus corações comigo.

Parabenizo os aniversariantes e lhes desejo que sejam missionários de fé e instrumentos de paz. Que evangelizem e sejam evangelizados por Cristo que é o nosso caminho, a verdade e a vida. Que este exército cresça e se fortaleça. Que aumente essa fé belíssima que Jesus Cristo está derramando sobre nós. Ele é a luz que nos ensina a ser luz: o Divino Espírito Santo.

Eis aqui a Serva de Deus, a Mãe de Piedade, e eis que o Senhor me chama!

Mais nesta categoria: « Mensagem de 10 de Março de 2019
Our website is protected by DMC Firewall!