gototopgototop

Mensagem de 17 de Maio de 2008

 Queridos e amados filhos!

Com grande sabedoria nós precisamos vivenciar esse momento em que estamos aqui na presença linda do Céu.

Quem é o Céu? O Céu é a luz de nossos corações, a luz de nossa alma, a luz de nossa vida. O Céu é o Amor verdadeiro de um Pai que nos criou, que nos deu a vida, que nos fez tão especiais para Ele. Ele nos fez sua imagem e sua semelhança, nos transformou, fez essa grande transformação: do homem de pó em um homem filho de Deus, que tem ações, inteligência, sabedoria e discernimento.

Esse Céu é a prova viva de Amor que é Jesus. Aquele que vem até nós, e naquela Cruz, mostrou para nós como é grande o Amor do Pai que envia seu próprio Filho.

O Céu é a unção do Espírito Santo. Nós temos presenciado mensagens muito grandiosas que nos falam da presença do Espírito Santo na nossa vida. Que nos ensina a ter espiritualidade, que nos faz compreender que todos os nossos atos, desde que construídos com sabedoria, são atos que promovem a justiça e a paz.

Nós não podemos esquecer que Jesus tem nos dado toda essa unção do Espírito Santo. Inclusive, todos os momentos que Deus me envia aqui de corpo e alma, Ele envia também o Espírito Santo. A razão da nossa união: Jesus! Aquele que conduz esse mistério do Pai, aquele que nos ensina a viver esse mistério do Espírito Santo.

Hoje o Brasil está sendo preparado para o Triunfo do meu Imaculado Coração. Está sendo preparada toda essa nação e todos os povos do mundo inteiro, mas Deus tem me conduzido em muitas nações nesses tempos agora de tanta necessidade de conversão, de tanta necessidade de santidade, de espiritualidade, e o Brasil é uma nação que Deus escolheu para que no último alerta do Céu, esta nação escutasse o Céu.

Às vezes vocês perguntam: “Por que o Brasil?”. Porque o Brasil além de ser grande em tamanho, tem o coração grande. E se reflete no mundo, o amor de uma nação como o povo do Brasil, isso pode refletir mais espiritualidade no mundo.

As pessoas estão muito voltadas à matéria, o poder material, aquilo que o dinheiro pode possuir. Deus deu inteligência ao homem, deu ao homem trabalho, mas para que o homem pudesse fazer de tudo isso a sua felicidade, não a sua escravidão.

Infelizmente o homem não faz disso felicidade, faz escravidão, porque há uma grande falta de justiça na Terra. Existem pessoas que têm tanto que não sabem onde colocar mais, e existem outros que têm tão pouco, que não sabem onde buscar mais. É uma realidade. E isso é muito claro no Brasil. Apesar de ser uma nação grande em tamanho, grande em coração, é uma nação que foi e é abençoada por Deus: tudo que nela se planta, tudo nela se colhe.

Só que é uma nação onde o poder da injustiça fala muito alto. Onde se vê fome, onde se vê miséria num país farto. Um país que tem de tudo, mas que se houvesse um pouquinho mais daquele amor, daquela espiritualidade, não existiria essa divisão entre os povos dessa nação, entre as indiferenças dessa nação. É um povo que tem tudo para ser um exemplo para o mundo, um espelho para o mundo, e o que falta realmente é a espiritualidade. O dia em que a espiritualidade se fazer presente na nação brasileira, o mundo vai ter o reflexo dessa espiritualidade.

Jesus tomou em seus braços as crianças e disse: “Das crianças é o Reino de Deus”; então Ele mostrou uma coisa muito bonita para aquelas pessoas que achavam que o reino de Deus era algo extraordinário aos olhos, Ele mostrou que o reino de Deus é algo extraordinário ao coração, quando ele tomou aquelas crianças. Porque não existe uma coisa mais linda no mundo do que uma criança; a criança motiva o coração do homem.

Quando Jesus, também, mostra que a nação do Brasil é uma nação humilde e que aqui se pode cultivar a essência de um mundo maior, de um mundo melhor, de um mundo mais fraterno, de pessoas mais fraternas, aí nós vemos o exemplo do plano de Deus na nossa vida, da graça de Deus na nossa vida.

Eu mesma diria para vocês: será que as nações lá fora estariam de coração aberto para ter uma doação da sua vida a Deus? Para que Deus construísse uma comunidade fraterna, para que Deus ensinasse as pessoas a viver da Providência Divina! Será que Deus não escolheu o Brasil justamente por ser o Brasil uma nação que sabe abrir o coração? Que as pessoas sabem se doar mais, uma vida mais de entrega, uma vida de mais santidade. Uma vida que por ser uma das nações riquíssimas em tudo, ela não se vê como uma nação maior, ela se vê sempre como a menor, como a mais simples, por isso ela tem essa grandeza de amor, essa grandeza de serenidade. Porque nós não estamos falando aqui de nações materialmente fortes, nós estamos falando de nações espiritualmente fortes e o Brasil é uma nação de espiritualidade.

Nós vemos que hoje diante da missão do povo de Deus na luta pela divulgação da Divina Misericórdia, tem sido o Brasil uma das nações que mais faz essa vivência da Divina Misericórdia na vida. Aí nós devemos refletir: Por que o Brasil? Porque na verdade, a Misericórdia de Deus é ensinar as pessoas a ser mais família, mais humanas, mais unidas a essa graça de Deus, a esse Céu que vem até nós iluminar-nos. O Brasil recebeu bem esse desígnio de Deus. Por isso que nós estamos aqui em um momento da caminhada que, na hora que nós encerrarmos essa nossa missão, aí nós já vamos vivenciar todos os acontecimentos conduzidos ao mundo através do Coração de Jesus e da sua linda Misericórdia, onde Ele já prepara a humanidade para que Ele possa voltar aqui na Terra.

Então nós vemos: Por que o Brasil? Por que essa nação? Por que esses povos? Por que essa terra? Será que não é porque nela há homens, há mulheres, há jovens, há crianças, que têm no coração um amor mais sábio, um amor mais verdadeiro? Nós vemos aí tantos lugares na Terra, em tantas outras nações a frieza das pessoas, o orgulho das pessoas, a individualidade das pessoas; ninguém vem no mundo e nasceu para viver sozinho e viver para si.

Quantas nações que querem ser independentes, que querem ser fortes materialmente, no poder, no material? Mas não têm essência de vida, são frias, são pessoas sofredoras, pessoas tristes, pessoas que quando sofre algo, elas caem, elas não têm força, elas precisam de força e o Brasil está sempre presente para dar essa força. Eles são um povo que abraça o sofrimento do outro, que acolhe a vida do outro. E hoje existem muitas nações no mundo que vivem para si, que não vivem em torno desse mundo, que não abraçam as causas desse mundo, que não se alertam para essas causas: que é a oração, é a fortaleza para tudo.

A oração é o que dá força, a oração é que dá coragem, a oração é o que dá ânimo, a oração é o que renova as pessoas. Nós estamos, por exemplo, agora num tempo em que a gente precisa ser renovado. Nós chegamos nos Finais de Tempos! Nós estamos aí nos Finais de Tempos! Nós não podemos dizer simplesmente que está tudo normal, que tudo é normal, não... Está vivendo um sofrimento as pessoas. Ninguém está tendo paz. As pessoas estão tristes, ninguém está tendo felicidade. O homem está muito revoltado, está muito insatisfeito, ele não está tendo paciência para esperar, para realizar. Ele está sempre querendo a sua vontade, ele não pára para pensar: “E a vontade de Deus? O que é a vontade de Deus? O que é a vontade de Deus hoje para mim? Para a minha família? Na minha vida?” Eu estou aqui hoje presente; Deus me faz estar aqui vivenciando esse Céu; Será que realmente eu valorizo essa mensagem do Céu?

As pessoas estão tão distantes do Céu, tão distantes das coisas de Deus. Elas estão muito próximas ao mundo e muito distantes da verdade que é Deus. Na verdade elas não pisam mais sobre o alicerce que nos faz ter equilíbrio, que nos faz ter entrega, que nos faz ter compreensão das coisas, discernimento das coisas. Porque hoje nós olhamos, por exemplo, e vemos que cada lugar que Deus me enviou e me envia, por uma necessidade.

Será que eu estou verdadeiramente de coração aberto para vivenciar essa graça de Deus, vivenciar esse amor de Deus? O que hoje eu posso fazer? Devo fazer? Preciso fazer, para ter uma vida de mais fé? De mais esperança? De construir mais a santidade? Qual é a minha missão hoje? O que Deus quer de mim? Por que Deus me colocou aqui? Eu não estou aqui por acaso. A minha passagem aqui, ela é construtora de alguma coisa.

Não é à toa que Deus fez a mãe; não é à toa que Deus fez o pai; não é à toa que Deus fez o filho; não é à toa que Deus fez uma Igreja e essa Igreja Ele fez a unção do Espírito Santo, e nós vemos essa unção através do Santo Padre. Todo o cristão acredita verdadeiramente na Luz do Espírito Santo sobre a Igreja e no sopro que o Espírito Santo conduz ao Santo Padre, para que ele possa conduzir as nações do mundo. Ele é um canal de Deus, porque sua voz, as suas palavras são respeitadas, elas causam respeito, as pessoas têm temor a estas palavras, tem respeito a estas palavras.  O homem por mais que ele diga: ”eu não creio”, ele sabe que lá no fundo do coração dele, existe uma chama, existe uma luz e ele precisa valorizar essa luz.

O que eu peço para vocês, meus filhos, nesta tarde tão grandiosa, em que Deus mostra para nós aqui o plano Dele acontecer na nossa vida. Quem de vocês poderia sequer pensar que um dia você viveria justamente nestes Finais de Tempos, numa missão que você seria conduzido pelo Céu, que você teria uma mãe que viria aqui de corpo e alma e lhe desse uma Palavra, lhe desse uma resposta, uma bênção? E traz esse Céu que é a Palavra de Deus é magnífica, é esplendida, grandiosa! Então cada um vai pedir à Deus essa Graça.

E nesse momento eu vou abençoar todos vocês.

Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos os presentes enquanto cantam: dai–nos a bênção...

Queridos filhos, eu abençoei vocês com muito carinho.

Hoje, Jesus toca os nossos corações mostrando para nós aqui o plano de Deus. Como que Deus realiza esse plano, mostrando porque o Brasil é uma nação escolhida, privilegiada, que tem essa felicidade de vivenciar o amor fraterno, conduzido diretamente pelo Céu.

Uma coisa importante é que todos os filhos dessa nação têm o coração aberto para viver a solidariedade. O Brasil é uma nação muito solidária, as pessoas abraçam a necessidade do outro; isso é importantíssimo, principalmente agora nestes Finais de Tempos, onde nós temos que ser uns pelos outros e Deus por todos nós.

Que todos permaneçam em Paz, sob a proteção do Pai, do Filho e do Espírito Santo de Deus. E quem me ofertou flores tão lindas, eu dou o meu Imaculado Coração.

Deus me chama e eis aqui a Serva do Senhor!

Última modificação em Sábado, 19 Outubro 2013 09:26

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716