gototopgototop

Mensagem de 28 de Dezembro de 2014

Queridos filhos!

Hoje é o dia do Senhor! Como é bonito, na presença da Sagrada Família, louvar ao Senhor.

Neste dia, vamos refletir sobre o ano da graça, o ano do sacrifício e da santidade.

Primeiramente, vamos agradecer a Deus por todas as graças e lhe pedir sempre graças! Nunca podemos nos esquecer de que, quanto maior a batalha, maior é a graça. Seja seu sofrimento espiritual, seja seu sofrimento material, seja seu sofrimento temporal, nunca questionem o tamanho do seu sofrimento. Mas, pensem na graça que Deus está derramando sobre você! Quanto maior a cruz, a batalha, maior é a graça de Deus nas nossas vidas.

Neste ano, as batalhas foram muito fortes, em todos os sentidos.

O filho de Deus precisa de conversão, de humildade no coração, de simplicidade na alma. Enquanto o homem viver, tendo sua base na matéria, não será feliz de verdade. Ele tem que estar consciente de que a matéria é apenas a forma e que a vida consiste na graça espiritual e na obediência a Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo.

Se não buscarem realmente a mansidão de sua alma – a graça da brisa mansa em seu coração, que é Jesus –, a cada dia, as tempestades tendem a ser mais fortes, principalmente, das discórdias na vida dos jovens.

Hoje, está faltando oração nas famílias, com os jovens, na vida destes! Está faltando muito a presença da unção do Espírito Santo de Deus. E precisamos muito desta unção.

Estamos vivendo, hoje, os finais de tempos! Não são tempos fáceis! Basta olharmos o que Jesus está nos mostrando neste ano que estamos – o ano do sacrifício –, e veremos que há sacrifício mesmo, meus filhos!

O homem precisa se despertar e ver que Deus está mandando sinais claríssimos para que compreendam que é tempo de vencer! E é o tempo do sacrifício! O tempo do sacrifício não significa derrota, mas significa vitória!

Jesus passou por vários momentos de luta, por vários momentos de sacrifício, e Ele sempre foi vitorioso!

Precisamos ter muito amor ao sacrifício! Vocês tiveram o ano todo para se dedicarem à graça, ao sacrifício e à santidade, fizeram orações, mas, ainda assim, não chegaram à santidade. Isso, porque ainda não estão amando a sua cruz, não estão amando o sacrifício.

Às vezes, o homem perde a direção do caminho, por isso, Jesus disse-nos: “Vigiai e orai.” É preciso que tenham muita perseverança na fé.

Por que o homem se desvia facilmente do caminho para seguir os prazeres da carne, para a vida de pecado? Porque não ora com fé, não pede a Deus com fé! Ele tem que ter muita força! É preciso ter muita vontade de querer ser santo! Santo não é para qualquer alma, é para a alma de boa vontade! Para aquela que faz muitas renúncias, principalmente no mundo de hoje. Vocês precisam viver em constantes renúncias – renúncia aos prazeres, renúncia ao poder, renúncia à ganância, renúncia à inveja!

Deus está sempre lapidando o seu coração, santificando a sua alma, para que encontrem a santidade. Mas, são vocês os responsáveis pelas escolhas de suas vidas! Não adianta questionarem por que sua vida está cheia de dor, por que está vivendo o sofrimento. Jesus nós disse numa mensagem muito bonita que quando caminham com o céu, mesmo estando na Terra de passagem, se são fiéis ao Céu, sofrem, mas vencem! Mas, quando desviam do Céu, do caminho de Deus, do caminho da salvação, não conseguem mais ter paz! E onde estiverem, estarão com a consciência tão pesada que não conseguirão ter paz! Esses alertas de Jesus para vocês são alertas claríssimos! E é isso que está acontecendo com os filhos de Deus, estão vivendo com muita falta de paz!

Não adianta quererem estar aqui, hoje, e viver a paz, se precisam de conversão para viver essa paz e encontrarem-se, realmente, com Deus, renunciando a esse mundo de sofrimento. A única coisa que o pecado causa na vida do filho de Deus é o sofrimento.

É preciso ter mais responsabilidade!

Hoje, dia dedicado a Sagrada Família, neste ano da graça, do sacrifício e da santidade, gostaria de lembrar-lhes que, assim como ocorreu com a busca do povo de Deus, e comigo, a Mãe e medianeira de todas às graças – Mãe de todas as mães –, a Sagrada família vivenciou muitas graças e, também, muitos sacrifícios, mas venceu e alcançou a grande honra celestial, que é estar diante da Santidade.

Não existe vitória para o santo, sem a luta! Sua vitória é o sacrifício! Devemos ter muito amor ao sacrifício, à cruz.

As batalhas estão enormes!

Olho para o mundo e só peço a Deus uma coisa: o Triunfo do Meu Imaculado Coração.

Vejo os filhos cansados, com lágrimas nos olhos, jovens perdidos, e o pecado dominando. E peço a Deus o Triunfo do Meu Imaculado Coração. Mas, sei que irão passar por um sacrifício muito grande!

A Palavra de Deus é claríssima nestes tempos. Agora, estão colhendo o que plantaram! O sacrifício é, justamente, o que plantaram! Claro que existem momentos de penitência, como este sol, este calor, que estão enfrentando. É preciso enfrentá-lo, ter força, mas isso é, apenas, um momento de penitência. Mas, o sacrifício – para quem caminha e tem uma vida de apostolado – o maior sacrifício – é viver longe de Deus! E a maior felicidade é viver perto de Deus!

Quando amamos a Deus, amamos a vontade de Deus e realizamos os planos de Deus com amor.

Este é um ano de muitas batalhas, fortes, muitas perseguições na vida dos fiéis, soldados de Jesus Cristo. Muitas lutas espirituais! Muitas doenças estão surgindo! Cada vez mais, o número das enfermidades tem sido de uma forma imensa. Há grande quantidade de crianças enfermas, quantidade jovens, quantidade de pais e mães. Mas, existe uma doença muito pior do que a da carne, é a doença da alma! Esta que realmente está levando o mundo ao pecado, ao sofrimento maior.

É necessário ter uma vida de muita sabedoria! É preciso pedir muito ao Espírito Santo que os ilumine, proteja-os, não os deixe vacilarem! Isso porque, constantemente, irão cair nos maus pensamentos. O que são esses vacilos? São quedas que acontecem quando estão com o seu corpo longe da graça de Deus. São os seus pensamentos que colocam seu corpo em ação contrária à graça de Deus! Por outro lado, se têm bons pensamentos, suas mãos vão agir em prol desses bons pensamentos. Irão fazer o bem! Irão ajudar as pessoas! Irão ao encontro das pessoas necessitadas! Irão ao encontro das crianças! Irão transmitir felicidade! Irão sorrindo, mesmo quando têm uma batalha à frente! Mas, quando se envolvem em maus pensamentos, passam a viver diante daquela grande tribulação, que é a tentação do inimigo. Vivem em um combate enorme. Então, se não zelarem dos seus pensamentos, poderão acabar cometendo atos como matar, roubar, fazer violência, prejudicar a vida dos inocentes, até, matar os inocentes.

Temos que ter um zelo muito grande pelos nossos pensamentos. É preciso colocar os nossos pensamentos em Deus! É preciso sempre pensar:

- Por que fomos batizados?

- Por que vivemos a unção da presença do Espírito Santo em nós, por meio do batismo?

- E a Eucaristia?

- Por que temos que ter Jesus conosco?

- Por que temos que viver o Evangelho?

- Por que temos que ser pessoas que aprendem a ler e a viver o Evangelho? A entender a Palavra de Deus?

É, assim, que compreenderão a situação do mundo na atualidade! Há tanta ciência, mas há tanta falta de amor! É verdade, a Palavra de Deus nos mostra, porque o Espírito Santo é o canal direto da graça. Ele é Deus!

Temos toda condição de ter um entendimento sábio, sereno, de compreender o que é da vontade de Deus. Devemos sempre nos perguntar: isto é da vontade de Deus?! Isto não é?! Isto agrada Deus?! Isto ofende a Deus?! Isto é bom?! Isto é ruim?! Isto é Santo?! Isto é pecado?! Devemos ter muito discernimento, para isso, basta quererem ter a presença da graça de Deus em vocês. E, a partir do momento que viverem na presença de Deus, terão condições de viver uma vida mais a caminho da santidade.

Hoje, o homem busca e busca, mas ele tem sede! Ele tem! Ele vem! Ele ouve as mensagens lindas! Ele participa da Eucaristia! Ele vive Jesus Eucarístico! Ele recebe a Eucaristia! Ele confessa! Mas, é preciso ter mais amor pela vida de oração, para manter-se em estado de graça!

Não adianta todos os dias beberem da água, se não saciarem sua sede! Não adianta receberem o alimento e não saciarem a sua fome! Chega um momento de nossas vidas que precisamos crescer. Deus está precisando de muitos operários! Até as crianças precisam ser operários de Jesus hoje. É preciso que sejam crianças dóceis, crianças amigas de Jesus! É preciso que tenham o catecismo da religiosidade, que aprendam que não devem ofender o seu coração, que nele está Jesus! Na verdade o mundo tem muito pouco conhecimento disso, porque perdeu a felicidade de viver isso. O homem quer ter o conhecimento do mundo, buscar tudo que diz a respeito da matéria, mas está um pouquinho distante daquilo que precisa de fato: da espiritualidade.

Jesus nos falou e nos pediu a santidade, agora, cabe a nós querer realmente essa santidade. Sua família não vai ser santa se você não permitir. É preciso permitir que sua família seja santa, que seus filhos sejam santos.

Hoje, quando me olha e diz-me: “Mãe, o que eu faço com os meus filhos?”. Eu lhes respondo: “Saiba educá-los na vida de oração! Saiba mostrar-lhes que Deus existe, mas que o mal também existe! Que o bem existe, mas que existe o mal! Se não zelarem pelo bem em suas almas, para que tenham bons pensamentos, eles não vão ser jovens felizes, irão se contaminar!”. Atualmente, o que mais existe na Terra são as contaminações – não falo apenas das doenças – o homem tem tanto medo de pegar as doenças – mas, hoje, as doenças do corpo estão mais controladas do que do que as do Espírito. A todo o momento, vocês veem a sedução do demônio, veem as armadilhas do demônio. E são muito enganosas! O homem vai e cai mesmo, se não tiver oração diária, comunhão, uma vida de mais silêncio, cai. O primeiro foco que o inimigo usa em você é a sua língua, seus olhos, seus ouvidos, se você não tiver uma vida consagrada a Deus.

Às vezes você tem que olhar e fazer como Jesus fazia, olhava e via a verdade, sabia que ali estava precisando de uma graça, mas não falava, silenciava, orava e entregava ao Pai!

Na sua casa, muitas vezes, é preciso ter mais o silêncio. O diálogo tem que vir depois da oração. Mas, ninguém tem diálogo, se não tiverem sabedoria, humildade, fé, como vai dialogar e reconhecer que está errado se não ora!

Eu peço muito a Jesus pelas famílias. Vejo que as famílias vão estar em decadência, cada vez mais! Isso porque ninguém aceita que precisa ser pai, que precisa ser mãe. O homem quer liberdade, não quer santidade, não quer compromisso, não quer responsabilidade. Ele quer a vida fácil! Ele quer a estrada larga.

Jesus disse: “Olha, cuidado com a estrada larga!” Hoje, o mundo quer estradas largas! Ninguém quer compromisso e nem responsabilidade! O homem quer uma vida que ele não tenha cruz!

Por isso que a humanidade está vivendo a dor. Porque ninguém quer a felicidade! Deus está dando para nós a felicidade e você está preferindo a dor.

Nós estamos precisando verdadeiramente de uma vida de mais compromisso com Deus, com as coisas de Deus. Não é que Deus queira que o homem não seja feliz! Como Jesus disse para nós no dia de Natal: “Claro que Eu quero a felicidade e a alegria das crianças, o sorriso no rosto de todos”. Mas primeiramente Jesus deseja que na vida eles tenham a temencia, a obediência. Quando Ele falou da pegada, da sabedoria, Ele falou da obediência; Ele falou da entrega.

Onde está à entrega dos filhos? A obediência aos pais? E o respeito? A agressividade domina, ninguém quer ouvir! Os jovens não escutam mais. Estão errados! Estão diante de sofrimentos horrorosos, dominados por tantos vícios e não querem reconhecer que Jesus é a grande liberdade! É a grande libertação!

Nós precisamos examinar a nossa consciência, ver que muitas coisas precisam ser mudadas, principalmente no nosso coração, na nossa forma de olhar para o mundo. É claro que temos que olhar com o olhar de misericórdia. Se não olharmos com a misericórdia, não iremos compreender porque tem tanto sofrimento na Terra.

O que Jesus deixou para nós? A misericórdia! Para que tenhamos a sabedoria no olhar. A sabedoria no refletir. A sabedoria até no orar pela conversão das nossas famílias. Deus e muito bom! Nós não podemos em nenhum momento da nossa vida questionar o tamanho da bondade de Deus. Ela é imensa!

Vamos aproveitar o pouco tempo que nos resta, neste ano da graça, do sacrifício e da santidade, e procurarmos fazer um exame de consciência, e refletirmos essa mensagem com mais sabedoria, e chegarmos àquele grande conteúdo que é a santidade. O que Jesus Cristo mais lutou para nos dar, por isso Ele morreu na cruz por todos.

Com sabedoria eu quero abençoar todos os filhos!

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu abençoei carinhosamente todos os vocês! Fiquei feliz com a presença dos romeiros, com a presença das crianças, dos jovens e das famílias.

Hoje o presente que eu quero dar para vocês, é consagrar a vocês a Sagrada Família, todas as famílias, especialmente a Santa Igreja, que é a família Mãe de todos.

Parabenizo aos aniversariantes que Deus ilumine a todos.

Abençoei os caminhantes (caminhada de Lafaiete/Piedade). Nós temos certeza que este ano é o ano do sacrifício, então não é preciso dizer muitas palavras. É preciso apenas compreender, quem está disposto a fazer o sacrifício, vence com amor. Toda a penitência, quando é revestida de oração, se torna suave, mesmo diante da batalha pesada. Que o ano do sacrifício seja a grande graça para que nós alcancemos a santidade. Esta bênção foi especial para os caminhantes, para que eles tenham força, tenham coragem, permaneçam firmes, louvem ao Senhor, e peçam a Brisa Mansa. A Brisa Mansa é o que realmente acalma todas as tempestades do nosso coração, e cura todas as dores de nossa alma. Coloquem o pensamento sempre em Deus, vocês podem estar diante do maior sacrifício, mas se o pensamento estiver em Deus, tudo se torna suave e leve. Como Jesus Cristo é para nós a Brisa Suave, Mansa e Leve. Então eu desejo que essa Brisa acompanhe vocês.

Permaneçam em paz, sobre a bênção do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

As flores mais lindas eu quero ofertar a Sagrada Família por vocês.

O Céu me chama eis aqui a Serva do Senhor!

Última modificação em Quinta, 06 Agosto 2015 22:20

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716