gototopgototop

Mensagem de 13 de setembro de 2015

Queridos filhos!

Eu desejo de todo o meu Imaculado Coração a paz a todos os filhos aqui presentes. Desejo que essa paz, que é o Pai, o Filho, e o Espírito Santo; Deus a Santíssima Trindade esteja no meio de nós, sobre o Brasil, sobre as famílias, sobre as Nações, em especial aquelas que estão vivenciando um tempo de dor, de perseguição, de sofrimento.

O sofrimento atinge principalmente as crianças, no ano dedicado a elas. Elas não estão tendo a graça e a liberdade de uma vida feliz. Que essa paz – que é Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo esteja em nossas vidas nos abençoando de um modo muito especial. Que todos sejam abençoados: os romeiros, filhos amados, filhos escolhidos. Vocês vieram até aqui com alegria, num gesto sublime de amor, num gesto sublime de paz, de respeito e de oração. Vieram agradecer à Santíssima Trindade por enviar ao mundo seus ensinamentos e direciona-lhes o caminho; neste momento em que a humanidade se encontra tão perdida.

Quando eu olhava para Jesus hoje, Ele me disse: “Mãe, se o ser humano não abrir seus olhos, mais perdidos ficará!”. É tempo de a humanidade se aproximar de Deus, de ter um momento de reflexão, de ter um momento de humildade, um momento para acolher a Palavra do Senhor.

É preciso acolher a Jesus que suavemente vem até nós de uma forma doce, de uma forma sublime, sendo misericórdia. Se você, por um momento, fechar os seus olhos, verá quão pouco merece a misericórdia de Jesus. Ele deu a vida por você, lhe carregou nos braços, lhe deu todo auxílio. E hoje você, tantas vezes, permite que o demônio o leve a cegueira espiritual, que faz você negar o amor a Deus, o respeito a Deus, a obediência a Deus. Ao chegar perto de você, Jesus lhe transmite paz e misericórdia. Esse é o momento de se aproximar de Jesus e de agradecer-lhe dizendo: “Eu não sou digno dessa grande misericórdia, mas pelo seu amor, pela graça do perdão, Você me tornou digno!”. Jesus lhe deu a graça pelo perdão e fez com que você se torne digno, digno da misericórdia. Se olhar ao seu redor, verá que as pessoas têm feito pouco para viver uma vida de paz. Jesus lhes disse: “vocês não são surdos, e nem cegos e nem mudos!”. Jesus fala para vocês! Jesus lhes toca o coração. Ele chega a mover vocês.

Há momentos em sua vida em que você enxerga plenamente Jesus em sua casa, em sua família, em seu trabalho. Você vê Jesus lhe protegendo de algo grande, que é o sofrimento maior, o sofrimento espiritual. Mas, nem sempre você escuta Jesus. Nem sempre você dá ouvido à Palavra de Jesus em sua vida. Nem sempre você reflete: “a minha vida está nas mãos de Deus”.

Eu reflito muito sobre a minha missão na Terra. Há quantos e quantos anos Deus me envia o este pequeno Vale e a outros lugares da Terra para anunciar o grande acontecimento que é o Triunfo do meu Imaculado Coração. Os anos vão se passando e o tempo vai se passando e a humanidade hoje está cansada. Está cansada de tanto esperar por algo. Está cansada de querer algo. Sabe que tudo que precisamos é desse acontecimento. Jesus disse claramente: “A humanidade verá esse triunfo o mais rápido possível!”. Porém, a humanidade está cada dia mais cega.

Se recebêssemos esse triunfo hoje, não teríamos a mesma graça, de quando Jesus morreu por nós.

Hoje estamos tendo a felicidade de ser catequizado. A escolha será nossa. Somos nós que teremos que dizer nosso “sim” e renunciar a este mundo para vivenciar a paz e o amor. O caminho larguíssimo está á nossa frente. Mas Jesus disse: “Feliz da pessoa que caminha sobre o caminho estreito e carrega a sua cruz nos ombros”. Não é o caminho largo, que vai lhe dar o Reino de Deus. Sabemos plenamente o que é a luta pelo Triunfo do meu Imaculado Coração. Será um acontecimento sublime! Eu mesma recorro a Jesus a todo o momento procurando aliviar o sofrimento que hoje está na Terra. Sei que o triunfo será a grande vitória de Deus sobre toda a ira do mal, sobra toda a maldade. Será também o momento da grande justiça de Deus! Será o momento para aquele que se preparou ver a graça. Aquele que não se preparou vai perdê-la. Não vai tê-la. Vemos o tempo passando, e o Céu querendo nos dar algo, mas que o ser humano está cada vez mais longe de receber, por ignorância.

Veremos a misericórdia de Deus, mas não teremos todo o tempo de misericórdia. Não teremos todo tempo do mundo. Quando você é criança pensa assim: “O mundo é meu! Sou dono do mundo! Sou criança!”. E, de repente você se vê jovem. Você começa a amadurecer e pensa: “Ai que saudade de quando eu era criança! Eu já sou jovem, eu tenho que trabalhar, eu tenho que ter responsabilidade. Eu tenho que assumir meus atos! Eu sou responsável pelos meus atos!”. E quando chega a ser uma pessoa adulta, você diz: “Ai que saudades da minha juventude”. O mundo passa! A Terra é uma passagem! Assim é também o caminho que nos leva ao triunfo. Por mais que a gente pense que demora, estamos muito perto dele. E hoje já somos adultos. Temos saudade do tempo que perdemos. Tempo em que não valorizamos as coisas de Deus, em que não amamos nosso próximo, em que não respeitamos a Palavra do Senhor.

Já estamos colhendo a justiça de Deus. Vemos que o ser humano colhe na medida do que planta. Ele planta, ele colhe! Se a pessoa plantar paz e amor, colherá paz e amor. Se plantar discórdia, ganância e guerra, vai colher discórdia, ganância e guerra. Colhemos na medida do fruto que plantamos. Muitos de vocês, ao olharem para este momento em que o mundo vive, em que o Brasil vive, veem um tempo terrível de sofrimento, onde a humanidade esta cada dia mais deprimida, cada dia mais espiritualmente doente. Veem alto índice de pessoas com fragilidades. São pessoas que tentam tirar a própria vida, que matam e perseguem inocentes. Há tantas pessoas frias que têm a coragem de perseguir, de roubar e de matar.

Podemos olhar para o Coração Misericordioso de Jesus, e pedir: “Misericórdia!”. Já atingimos o tempo máximo. Chegamos ao máximo. É como o adulto que chega ao crescimento máximo. Olha para trás e tem saudade da juventude, tem saudade da infância. Sabe que seu tempo sobre a Terra está cada vez mais curto. Assim, também é a luta pelo triunfo, a cada dia estamos perto de algo, é algo que Deus vai mandar para o mundo, mesmo que o mundo não esteja preparado! Essa é a verdade! A humanidade vai se surpreender com a justiça de Deus sobre a Terra. Chegará o momento em que o homem vai colher tanto sofrimento e dor, causados pelo que plantou. Terá saudades do tempo de criança, do tempo da juventude. Sentirá o sofrimento em todos os lugares!

É isso que já está acontecendo no Brasil e no mundo. As nações não sabem mais o que fazer. O mundo está pedindo socorro. E o único que pode nos socorrer é Jesus Misericordioso. Por isso, neste ano, nessa homenagem, nesta luta, eu peço a vocês que recorram a essa Misericórdia. Abracem essa Misericórdia. Ponham essa Misericórdia em sua vida, em sua comunidade, em sua família, em seu trabalho. Vão então entender aquilo que Jesus disse no Santo Evangelho: “Chegará um momento em que olharão para a Terra e verão tanta dor, tanto sofrimento, tantas pessoas em desequilíbrio, que vão desejar não estar sobre a Terra”. Precisamos, portanto, recorrer a essa Misericórdia de Jesus, sem medo, sem susto, mais fiéis, sábios, e consciente de que Deus tem muito para nos dar. Ele tem o próprio Filho, que é a Misericórdia, para nos dar!

Vamos recorrer a essa Misericórdia. Vamos orar. Vamos nos unir mais. Vamos deixar essas migalhas que hoje o demônio está nos oferecendo, que levam as pessoas a se escravizarem.

Quantas pessoas são escravas de vícios? Quantas pessoas matam por causa dos vícios? Isso é uma doença terrível! Isso é um desequilíbrio terrível! O que precisamos é de nos aproximarmos sabiamente da Palavra de Deus, fazendo bem às pessoas, amando-as, respeitando a vida dos inocentes, a vida das nossas crianças. Deus deseja fazer dessa Terra uma nova Terra! É por isso que Ele luta por aquilo que Ele fará desta Terra, uma nova Terra para seus filhos. Essa luta é enorme. Se dependesse só de mudar a natureza, seria simples. Se dependesse só de trazer chuva para a terra, seria simples. Mas é preciso mudar os corações das pessoas. E o coração das pessoas se transformou em uma terra difícil, difícil de colher frutos dela. É terra endurecida, trancadas aos apelos do Céu, trancada às bênçãos do Céu. A humanidade não está pensando no bem, na paz, na solidariedade, na fraternidade. Está cada vez mais, envolvida pelo egoísmo, pelo ego. As pessoas estão querendo sobressair, mesmo com o coração cheio de magoas e de ressentimento. Estão querendo ser autossuficientes sem ter sabedoria para isso. A pessoa sábia é aquela que reconhece a sua fraqueza. É aquela que quando chega ao ponto máximo, pede Misericórdia. Olha para o Céu e diz: “Jesus tende misericórdia de nós e do mundo inteiro!”. Assim é a pessoa sábia. Essa pessoa saberá vencer as grandes batalhas.

Eu os convido a ter uma vida de mais oração. Talvez ainda não tenha colocado a oração em sua vida. A oração é algo muito importante, e não é difícil orar. Oramos com obras, com palavras, com ações. Oramos dando testemunho, fazendo caridade e sendo fraternos. Não é difícil orar. Convido a vocês a terem uma vida de mais oração, de maior acolhida ao Céu, de maior encontro com o Céu, de maior preparação para o Céu. Será muito triste vermos o maior acontecimento que Deus tem para a humanidade chegar, mas a humanidade não estar preparada para recebê-lo. Esse acontecimento será o Triunfo do meu Imaculado Coração. Vamos aproveitar que ainda temos a nossa última tábua de salvação que é Jesus Misericordioso. Vamos nos aproximar de Jesus com muito silêncio, com a abertura do nosso coração.

Não adianta querer julgar ninguém. O importante é orar! Não adianta querer saber quem está certo ou errado, é silenciar, perdoar e se preparar! A nossa maior direção espiritual é o Nosso Senhor, Aquele que deu a vida por nós! Então, se direcione a Jesus e reflita por um momento: “Quem é Jesus? Como eu vejo Jesus em minha vida?”.

Viva a presença de Jesus. Mergulhe nesse oceano misericordioso, que é o próprio Jesus e viva realmente uma vida de maior preparação. Ninguém sabe o que pode estar reservado para o Brasil e para o mundo. O que nós sabemos é que temos de vigiar e orar, para estarmos preparados.

Então, se prepare meus filhos! Orem muito pela Santa Igreja, pelos sacerdotes, pelas nossas famílias, pelas nossas crianças e pelos nossos jovens. Lembre-se de colocar o mundo nas mãos de Deus. Vamos colocar o mundo nas mãos de Deus! Vamos nos colocar nas mãos lindas do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém.

Neste momento eu quero abençoar a todos os filhos!

Nossa Senhora abençoa todos os presentes, enquanto cantam: “Dai-nos a benção, Mãe de bondade, Nossa Senhora de Piedade...”

Queridos filhos!

Eu abençoei carinhosamente a todos os filhos, a todos os corações aqui presentes.

Jesus tem um plano lindo para nós. Nessa mensagem eu sentia, como Mãe, como Jesus quer ser Misericórdia com a nossa vida. Ele quer nos salvar desse mundo tenebroso, cheio de dor, de sofrimentos. A humanidade precisa fazer silêncio por um momento e pedir a paz. O mundo está em guerra. Talvez as pessoas perguntem: qual guerra? É a guerra do espírito. É a guerra em que as pessoas não têm mais paz, não têm mais paz na consciência, não têm paz em seus lares, não têm mais alegria, não têm mais sorrisos. É aquela guerra que tira a felicidade da infância, tira a felicidade da juventude, tira a felicidade de uma família de ser sagrada, abençoada e feliz.

Vamos pedir a Deus pela paz. Que o Coração Misericordioso de Jesus, com seus Raios de Misericórdia, que o Sangue e a Água purifiquem o mundo, as nossas famílias e a Santa Igreja. Não permitamos que o mal zombe de nós. Nós lhe pedimos Jesus Misericordioso, não permita que o mal zombe de nós. Precisamos nos manter firmes nessa grande luta por um mundo que precisa de paz. É nesta Terra que caminhamos de encontro com a vida eterna.

Que o Pai, o Filho, e o Espírito Santo a Santíssima Trindade abençoe, guarde e proteja a todos os filhos.

A bênção de hoje foi para os aniversariantes. Você filho aniversariante deste dia, filho aniversariante deste mês tão especial para mim, e para este pequeno Santuário. Que Deus lhe faça uma alma feliz e alegre. Que mesmo diante das batalhas, você por reflita: “O Céu envia Maria, para que a Mãe caminhe conosco”. Eu estarei com vocês filhos, que hoje estão agradecidos pelo dom da vida, nessa grande missão de luta pelo triunfo do Meu Imaculado Coração.

Que todos permaneçam em paz! Vocês são abençoados! Os pedidos de vocês já estão no Coração de Jesus. A partir deste momento não se preocupem, o Coração de Jesus irá socorrer a cada pedido, naquilo que você pediu e além do que você pediu. Jesus conhece o seu coração, conhece a sua alma. Ele sabe que a grande graça que você precisa é a da santidade. Jesus é a santidade que entrará verdadeiramente em seu coração e em sua alma.

Estas flores foram abençoadas. Que elas lhes fortaleçam na fé e na luz. Que sirvam de cura e libertação para a vida de vocês.

O Céu me chama. Eis aqui a Serva do Senhor, Maria, a Mãe de Piedade! 

Última modificação em Terça, 20 Outubro 2015 21:06

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716