gototopgototop

Mensagem de 08 de Novembro de 2015

Queridos filhos!

É uma alegria muito grande – hoje, neste dia do Senhor, domingo de graça, de bênçãos, de adoração, de agradecimento – encontrar aqui tantos filhos, romeiros que vieram ao encontro da Mãe de Piedade, trazendo também suas necessidades ao Coração desta Mãe que tantos lhes ama. É uma alegria receber esta linda homenagem destes filhos que cantam de forma a expressar amor, sentimento, fé, sabedoria. São peregrinos que evangelizam através da canção.

É também uma alegria receber a homenagem desta filha aniversariante de hoje falando da grandiosíssima riqueza do ato de amor e fidelidade a Jesus. Jesus tem nos pedido tanto por santidade, conversão, humildade, e vida nova. Isso é o que realmente todos os filhos de Deus precisam sobre a face da Terra.

Vamos primeiramente pedir ao Espírito Santo que esteja aqui neste momento. Ele já está aqui! Peçamos que Deus nos dê a graça de permitir que Ele desça sobre nós. Peça ao Espírito Santo que descer sobre você, com seus setes dons lindíssimos, maravilhosos e que lhe traga a paz.

Vocês, filhos amados, filhos escolhidos, vão também agradecer a Deus. Ontem vocês oraram de uma forma tão bonita pedindo a Deus que suavizasse o sofrimento temporal (no dia 07 de novembro de 2015, sábado, foram feitas preces pedindo chuva, e, no fim da tarde, choveu forte).  O Brasil tem sofrido as fortes consequências do sofrimento temporais, mas Deus é tão misericordioso!

Quando você contempla a grandeza da misericórdia de Deus, se sente tão pequeno, pois Deus é tão grande. Ele lhe ama tanto! Em meio a tantas lutas, Ele é o que mais luta pela sua felicidade. Ele é aquele que mais deseja a sua fidelidade.

Vamos fazer a seguinte reflexão: “Como estamos diante do caminho do Senhor?”.  Feche seus olhos por um momento e se pergunte: “Como estou diante do caminho do Senhor?”.  O caminho do Senhor é o caminho do perdão. Será que você esta perdoando as pessoas que precisam de seu perdão? É  importante compreendermos que o perdão é que suaviza o nosso coração e a nossa alma. Se a sua alma perdoa, a sua alma se torna suave como Jesus é, brisa suave leve e mansa. Então, não deixe de perdoar. Muitas vezes é difícil. As ofensas são grandes, as perseguições são  fortes e as batalhas parecem ser maiores do que a força que você tem para perdoar. Mesmo assim perdoe! Perdoar faz um bem enorme para a sua vida e para a sua alma. Perdoe de coração!

Agradeça a Jesus de coração e se entregue. Coloque a sua vida nas mãos dEle. Ao abrir seus olhos, procure enxergar, no caminho do Senhor, àqueles que fazem parte desta caminhada, seus irmãos. Vocês estão aqui reunidos como irmãos. Observem os que não têm a visão dos olhos, mas que não perderam a visão da alma. É sempre bom sentirmos a presença de alguém perto de nós, próximo a nós. Quando você olhar para alguém perto de você, próximo de você, a primeira coisa que você deve fazer é refletir sobre o caminho do Senhor: “Tenho amado o meu próximo? Tenho amado a minha família?”. Quem está mais próximo de você? Seus filhos, sua esposa, seu esposo. Será que você tem amado a sua família como é preciso amá-la?  Será Que você tem escutado a sua família?

O amor faz parte de uma grande doação: da graça de ouvir, da graça de abraçar, da graça de perdoar. Será que você tem amado – de coração – às pessoas que estão mais próximas de você? Você tem sido uma alma paciente no caminho do Senhor? Hoje mesmo, quando olhava para Jesus, eu lhe disse: “Filho! Faça com que o ser humano seja mais paciente!”.

Neste momento existem muitas almas em aflição, almas perdidas, almas barulhentas. São as almas teimosas. Você – que deseja salvar uma alma – tem que ser muito paciente. Tem que ser como o pescador que vai até o rio. Os peixes não querem ser pescados, por isso o pescador tem que ter grande paciência para pescá-los. Se for paciente, ele pode ser surpreendido por uma grande pescaria.

O ser humano precisa ter mais paciência, precisa aprender a amar as pessoas, até mesmo àqueles que não merecem tanto amor. Mas, você tem que se lembrar de Jesus Misericordioso. Se apresente diante da Misericórdia, caminhar sobre essa Misericórdia. E se envolva de corpo, de alma, de coração no caminho da Misericórdia Divina. A paciência faz parte da vida do caminhante e a oração também. Precisamos orar! Sem oração ninguém vence às tempestades traiçoeiras do inimigo. Elas são muito fortes: são as divisões, é a inveja, é o ciúme, é a mentira, é a preguiça. Vencemos a todos os pecados capitais com a oração, principalmente com a oração diária do Santo Rosário!

Se você ainda não sabe orar o Santo Rosário, comece devagar. Mas comece, para que possa subir os degraus que o levarão ao Céu. Ninguém consegue subir os degraus de um momento para outro.  É preciso ter paciência, se não, você se torna uma pessoa que, ao deseja ir rápido demais, se cansa no meio do caminho. Às vezes é necessário andar um pouquinho mais devagar, com consciência e amadurecimento, para ser uma alma lapidada e chegar a oração do Santo Rosário. Isso porque nós temos que vencer às grandes armadilhas do demônio. Só o Rosário nos leva a essa grande vitória.

E a Eucaristia faz parte da vida de todo caminhante no caminho do Senhor. A Eucaristia é Jesus. Quem não precisa de Jesus? Todos nós precisamos dEle. Jesus é a Luz do mundo. Quem não caminha com Ele, se deixa levar pelas trevas. É só com Ele, que adquirimos forças para não deixar que sejamos seduzidos pelas trevas. A Eucaristia é o maior alimento. É o alimento que nos fortalece, não só na parte espiritual, mas também na nossa parte física, humana, terrena, material. A alma que comunga o corpo de Jesus é a alma que vive verdadeiramente unida a Jesus. Tenha o seu coração sempre digno, lapidado. Faça sempre uma boa confissão. Tenha um arrependimento sincero e peça perdão a Deus. Tenha sempre um coração digno para receber Jesus na Eucaristia. Essa é a missão de todo filho de Deus na Terra.

O caminhante precisa ser humilde, do contrário não chegaremos à vitória, não nos encontramos com Jesus e lhe damos as mãos. Ele lhes conduz nas horas em que vocês não têm mais força para caminhar. Ele levanta vocês e, se preciso for, lhes carrega nos braços. Com Jesus, você vence todas as batalhas.  Seja humilde, pois a humildade é a maior bênção de Deus. Eu me encanto quando vejo filhos humildes. Para mim – como Mãe, Medianeira, Mensageira, como aquela que intercede a Deus, e que traz do Pai a Palavra para o coração dos filhos – a maior riqueza de uma pessoa é a sua humildade. Quando a pessoa é humilde, ela silencia diante de Deus, escuta a Deus, e reconhece as suas falhas. Pede perdão, reconhece seus erros. Não volta mais a errar, procura se acertar. É paciente é bondosa. Uma alma humilde é uma alma bondosa, é uma alma generosa. Quanto mais você é de Deus, mais você se torna humilde. Quanto mais humilde você se torna para ser de Deus, mais o demônio quer lhe derrubar. Por isso, a pessoa humilde sofre. Uma alma humilde é uma alma que o demônio persegue, mas, sendo simples, ela vence!

Para seguir o caminho de Deus, vocês precisam também de simplicidade. O que é a simplicidade? Às vezes as pessoas acham que simplicidade é miséria. Não! Miséria é aquilo que leva você a perder o seu valor. Miséria não é só fome, sim, existe a miséria que é fome, mas existe uma miséria que é pior do que a fome: é a falta de Deus. É a ausência de Deus. É a ausência da justiça de Deus. Então, a miséria é terrível! Quando você chega ao ponto de miséria, você chega ao ponto maior do sofrimento espiritual. Mas, a simplicidade nos livra dessa miséria. A pessoa simples tem mais aceitação do plano de Deus em sua vida. Não questiona, não murmura, não reclama.

Na simplicidade a pessoa diz: “A cruz é minha, eu vou carregá-la. Esta cruz faz parte da minha vitória!”. Não existe caminhada com Jesus sem cruz. Se eu sou de Cristo, tenho que ter amor pela minha cruz.

Faça a seguinte reflexão: “Qual é a cruz que você teve que carregar para chegar aos pés de Maria, aqui hoje, neste Vale? Qual a cruz que você teve que carregar?”.

Vocês sabem bem que tiveram que carregar uma grande cruz. Vocês tiveram que ser simples e humildes. Não é qualquer filho que tem a graça de acreditar no mistério que Deus realiza aqui neste Vale, que é a minha presença de corpo e alma. Você teve que carregar uma grande cruz. A cruz feita de crítica, de perseguição, de dificuldade. O inimigo tenta lhe atrapalhar. O demônio não quer a sua vitória, ele quer a sua derrota. Ele quer lhe derrotar: ele quer derrotar a família, o jovem, a criança.  Quer tirar do mundo tudo o que é bom, mas aqui estão as coisas de Deus e a sua vitória!

O mundo chegou a um momento de grande miséria. Não falo de uma miséria devida à falta de pão, não! Falo da miséria provocada pelo pecado, que está destruindo o ser humano ao máximo. Está destruindo a família, a sua dignidade, a sua fé. Você tem que ter fé! Você tem que ser temente a Deus!

Pare e reflita: “Eu sou filho de Deus. A vida é uma passagem. A qualquer hora eu posso ser chamado desta passagem. Não existe hora marcada, não! Qualquer hora pode ser a minha hora. É nessa hora que eu tenho que estar em paz, para alcançar a vida eterna”.

Pense assim: “A vida eterna é tudo de grandioso que eu preciso alcançar. Tudo passa, mas depois que eu encerrar a minha missão aqui na Terra, essa caminhada me conduz a uma passagem. Será que eu estou aberto para entrar no Céu? Será que terei a alegria de entrar no Céu?”.  

Reflita: “Como está seu coração? Será que vai passar no purgatório ou será que você vai tristemente perder a sua alma e cair no inferno? O que será de você?”.

É importante que vocês reflitam sobre isso filhos. O ser humano perdeu a sabedoria de compreender os mistérios de Deus. Existe um grande mistério, o qual nós não conhecemos, e não entendemos porque é mistério. A morte é um grande mistério de Deus. Mas, a morte é também o mais lindo mistério de Deus! Talvez seja o mais tenebroso de contemplar, mas é o mais bonito de ser vivido. Porque é o que nos faz deixar o corpo, matéria, pecador, para alcançar uma graça. Deus nos fez para Ele. A sua alma tem que ser santa para sempre. Não se deixe levar pelo caminho da ilusão, pelo caminho das facilidades, pelo caminho do engano.

Você carrega a sua cruz?

Diga: “Eu quero a cruz! Eu quero Jesus!”. Não queira as facilidades do mundo. O ser humano está tentando pisar naquilo que é sagrado: na vida, na família, nos valores, na Palavra do Senhor e no próprio Jesus Eucarístico. Quantas pessoas recebem a Eucaristia, mas não têm a felicidade de viver com Jesus, de caminhar com Jesus, de viver em adoração plena a Jesus. O que foi que Ele nos disse? “Olhe! O maior sacrário do mundo é o seu coração, é a sua alma!”.

Diante da espiritualidade deste domingo do Senhor, vamos respirar essa graça. Vamos orar. Vamos pedir a Deus Misericórdia, pela consagração do Brasil à Misericórdia Divina. Vamos pedir pelo  Triunfo do meu Imaculado Coração. Eu peço! A minha luta não é só pedir pelo triunfo, é pedir a Jesus que esse triunfo aconteça rápido.  Eu não aquento ver tanto sofrimento na vida dos filhos, que eu amo. Mas, Eu também sei, filhos, que tudo vai acontecer no momento em que vocês estiverem mais preparados para essa graça, senão, muitas almas se perderão!

Deus quer salvar almas! Deus quer que nós vençamos, por isso vamos caminhar com as mãos fortes e unidas. Vamos orar. Vamos orar pela união de toda a humanidade. Vamos orar para que todas as pessoas possam sentir a alegria de dizer: “Nós somos uma única família!”.  Não importa que a sua nacionalidade seja distante de tantas outras. Que seja distante de outras raças, culturas e línguas. Todos são todos filhos de Deus e todos precisam da Misericórdia de Deus que é Jesus!

Com grande alegria, quero abençoar a todos os filhos!

Nossa Senhora abençoa todos os presentes, enquanto cantam: “Dai-nos a benção, Mãe de bondade, Nossa Senhora de Piedade...”

Queridos filhos!

Eu abençoei carinhosamente a todos os filhos. Abençoei a todos os aniversariantes, a todos os romeiros. Jesus disse hoje tão lindo para vocês: “Quanta cruz cada um teve que carregar para estar aqui hoje, para encontrar neste Vale a Misericórdia de Deus que é tão lindo: o amor, a partilha, a fraternidade!”.

Por que não crescemos?

Porque nos esquecemos de ver que somos a massa e Deus quer verdadeiramente se fazer o fermento dessa massa. Na verdade quem é o fermento? É Jesus! Eu sou a massa e Jesus é o fermento. Eu não sou o fermento. Jesus é o fermento. Mas, muitas vezes você se considera fermento. É justamente por isso que não cresce.

Lembre-se sempre que você é a massa e não o fermento. Tem de colocar Jesus em sua vida para que você possa crescer. Muitas vezes, você não valoriza o que de lindo tem, e que está tão perto de você.

Filhos! Eu sei que grande parte das batalhas é o demônio tentando lhes cegar a ponto de não verem as inúmeras belezas que Deus está fazendo na vida de vocês, neste pequeno Vale.  Este é um lugar que Deus fez para que o amor dEle fluísse no coração de vocês. Para que vocês fossem a grande massa e Ele o único fermento.

Peço a vocês, filhos que amo: Deixem Jesus curar vocês! Deixem que Jesus faça da vida de vocês, uma vida renovada. Permitam que Ele esteja com vocês e que Ele com que vocês cresçam hoje e sempre!

Que Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo – a Santíssima Trindade – proteja e guarde a cada um de vocês.

A quem me ofertou estas flores mais belas e lindas, lhes digo que, neste momento, o meu jardim mais bonito são vocês. Por isso, eu lhes dou o meu Coração. Que estas flores sejam cura e libertação de muitas pessoas.

O Céu me chama. Eis aqui a Serva de Deus, a Mãe de Piedade! 

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716