gototopgototop

Mensagem de 13 de Novembro de 2016

Queridos filhos!

É com grande sabedoria e graça que Deus me concede, neste momento, a felicidade de poder estar aqui com vocês neste lindo dia do Senhor, dia de paz e de bênçãos.

Bênçãos do Céu caem sobre nossos corações; bênçãos que são a Palavra de Deus.

Hoje buscaremos preparar nossos corações. Preparem seus corações para a Palavra de Deus, para o Santo Evangelho, que nos ensina que só Deus, só o Pai, sabe a hora, sabe o momento. Mas o Pai nos deu o seu maior tesouro, que é o seu Filho Amado, Jesus! Jesus veio até nós e se doou por amor à vida. Ele doou a sua vida pela vida de cada um de nós. Ele preparou o nosso coração para ter a honra e a felicidade de se encontrar com Ele na Eucaristia. 

Preparem-se! Este é um tempo de preparação. A família vivência um momento de muitas bênçãos neste tempo de preparação para o nascimento do Menino Jesus. A cada momento em que refletimos sobre esse acontecimento se renova a nossa esperança, a nossa fé e a nossa caridade.

Este é um tempo de renovação. Este é um tempo de busca, mesmo estando diante de sofrimentos, tristezas e batalhas espirituais, materiais e temporais, pois ninguém está livre do sofrimento. As dores estão perto da família, das crianças e dos jovens, mas Jesus nos ensina como podemos nos preparar. Então, este é um tempo de preparação. 

O Senhor é a luz do mundo e quem o segue não caminhará nas trevas. Esse é o tema de nossa vida de preparação – estar caminhando sob a luz. Devemos ser luz e iluminar este mundo: as famílias, a humanidade e a Santa Igreja.

Como é lindo o plano de Deus na Terra, como é linda a Igreja na Terra, como é lindo saber que Jesus é a luz que nos conduz, que Jesus é o alimento que nos sustenta. Ao chegarmos a essa reflexão, também refletimos sobre o quanto o mundo se deixa levar pelas migalhas.

Será que você que está aqui, hoje, não precisa vencer essas migalhas?

Você que passa por tormentos, batalhas e lutas – e que está diante de sofrimentos tão dolorosos: vícios e pecados.

Será que já não chegou o momento de vencer, de confiar, de renovar sua fé e a sua confiança?

Será que já não está na hora de ser uma criatura cheia de Deus – um vaso novo? Hora de encher esse vaso vazio com o amor de Deus, com a Misericórdia Divina.

O mundo está cansado de tanto sofrimento. É um cansaço diferente daquele do corpo. As pessoas estão com o cansaço da alma, do coração. É um ser humano que não tem vontade de ir até Jesus na Eucaristia porque a preguiça o domina. Tem tempo para tudo, mas não tem tempo para o Senhor.

É preciso renovar a esperança, renovar a caridade, renovar a fé! Ter vontade de ter tempo para as coisas de Deus.

Vejam que maravilha: vocês estão aqui tendo tempo para as coisas de Deus. Vocês que estão ouvindo esta mensagem (pela internet) estão tempo para as coisas de Deus!

Mesmo diante de um dia cercado de penitências – porque muitos de vocês vivenciando batalhas e sofrimentos – estão tendo tempo para as coisas de Deus.

É triste ver neste mundo que as pessoas estão perdendo o brilho da fé. Jesus nos chama para termos uma fé viva. Vamos acender essa luz da fé! Vamos ter coragem. Estamos chegando perto de agradecermos pelo tempo da Misericórdia, pelo do ano dedicado à Misericórdia.

Mas a Misericórdia de Deus, mesmo no tempo da justiça, ainda estará à nossa frente. Essa Misericórdia ainda estará socorrendo as famílias, os lares brasileiros e a humanidade inteira. Estamos à entrada do caminho do Senhor que nos conduzira à Justiça Divina, precisamos, por isso mesmo, nos apegar de forma mais forte ainda a Jesus Misericordioso. 

A Justiça Divina cairá sobre nós.

O que é a Justiça? É vermos o que mundo colherá diante de seus atos e ações. Se você tem sido um bom filho de Deus, de fé renovada – e que sabe silenciar – você está em paz! Você colherá uma Justiça santa, edificadora, cheia de graça. Mas se você está sob as migalhas, essa Justiça de Deus cairá sobre a sua vida e você poderá sofrer muito.

Por isso, temos de estar preparados, preparados para este tempo que nos foi dado de Misericórdia.

É um tempo em que o Brasil recebeu a felicidade de ser consagrado a Jesus Misericordioso pelo próprio Jesus que é a Misericórdia. Vejam que presente o Brasil e o mundo receberam. Vejam o presente que a comunidade de vocês recebeu, essa comunidade que é consagrada a Jesus Misericordioso. Vejam o presente que temos aqui que é a oração das crianças. Jesus disse: “Quando as crianças orarem, o mundo começará a se transformar”.

Estamos diante dessa transformação pela oração das crianças, que estão catequizando, que estão com sede de paz, com sede de vitória! As crianças estão falando para os mais amadurecidos: “Jesus é o caminho, Jesus é a vida, Jesus é o alimento!”. As crianças estão iluminadas, com sede de pregar a Palavra de Deus. Jesus disse: “No dia em que o mundo começar a orar – começar a vivenciar a oração das crianças – o mundo se transformará”. Esse é um tesouro revelado por Jesus diante de sua Misericórdia.

Isso mostra a necessidade de colocarmos as crianças diante da oração, porque estamos diante de uma Catequese Divina, diante de uma Catequese do Céu, da Palavra de Deus chegando até os nossos ouvidos e entrando em nosso coração. A Palavra de Deus entra em nosso coração! Quando entra, entra para mudar, para curar, para restaurar.

Quantos de vocês estão aqui hoje dizendo: “Eu sou um filho de Deus abençoado porque a Palavra de Deus entrou em meu coração! Quando essa Palavra entrou em meu Coração, tornou novas todas as coisas em minha vida. Foi o ‘sim’, foi a família, minha caminhada, minha vida de evangelização. Hoje eu evangelizo, eu anuncio a Boa Nova, que é a Palavra de Deus”.

Jesus faz este apelo: “Vamos nos preparar, vamos acender a chama da fé, vamos acordar – não se alarmar, não ter medo – mas sim, ter força, ter coragem”.

A batalha está grande no Brasil, mas o povo brasileiro é maior do que a batalha, porque é um povo de fé, porque o Brasil está consagrado a Jesus Misericordioso. Nada pode ser maior do que a Misericórdia Divina. Nenhuma batalha pode ser maior do que Aquele que é a nossa vitória: Jesus Cristo! Jesus Cristo é a nossa vitória!

Hoje Jesus nos ensina como preparar nosso coração para que possamos restaurar nossa força, nossa confiança, nossa fé. Diga “sim” para Deus e vença. Vença as armadilhas do inimigo. O demônio tenta de todas as maneiras e formas lhes confundir. Muitas vezes ele tenta lhes levar à preguiça, que é um pecado horrível.

Há tantos que têm preguiça de orar, de ir até Jesus Eucarístico, preguiça de fazer o bem, até mesmo para seus pais, para seus filhos. O demônio lança armadilhas de inveja sobre o mundo, de ciúme entre as pessoas. Precisamos ter sabedoria! Ninguém precisa ter ciúme, nem inveja, mas sim, sabedoria! Quanto mais derem as mãos, mais forte o mundo se torna. Se aquela criatura que está ali entrar em oração conosco, nos tornaremos mais fortes. Ninguém precisa ter ciúme nem inveja. É preciso ter sabedoria para se dar as mãos. Todos são importantes.

Cada romeiro que vem aqui é importante, desde a menor criança que está aqui hoje até aquela mais amadurecida. Todos são importantes para Deus e importantes na caminhada de evangelização. Até mesmo a criança evangeliza, nos traz esperança, enquanto o jovem nos traz confiança.

Há muitos jovens presentes aqui. Jesus faz um forte apelo de oração pelos jovens.  Você jovem, orando pelos jovens, torna o exército de Deus mais forte – o exército da juventude que precisa ser de Jesus e da Mãe de Jesus. É o exército de Maria e de Jesus – o exército misericordioso!

Vamos seguir em frente. A Palavra de Deus nos pede: “Não tenham medo, não sejam pessoas com dúvidas, que se desesperam, mas que oram, que têm confiança, que fazem a diferença no mundo!”. Não adianta negarem isso. É preciso fazer a diferença. É preciso catequizar as mães para que sejam mães santas, catequizar os jovens para que sejam jovens, pais e mães santos, sacerdotes santos.

O mundo precisa se despertar. Se o ser humano continuar nessa libertinagem doentia, acabarão os valores. Quando os valores acabam, acaba a essência da vida: a família santa, a criança santa, o jovem santo! Não podemos permitir que o inimigo nos leve à cegueira. O pior cego é aquele que não quer enxergar. Se vocês não quiserem abrir seus olhos não se aguentarão nestes tempos finais. Estes são tempos em que os jovens estão sendo destruídos, as crianças estão sendo arrancadas de sua infância e as famílias estão em pedaços. O pior cego é aquele que não quer enxergar. 

Por isso, neste Vale dedicado a Jesus Misericordioso existe um exército do terço das crianças, dos jovens e das famílias. Existe uma comunidade que louva e que ora pela vida, que luta pela vida das crianças e dos jovens. Temos os olhos abertos. Temos os olhos que fazem a vontade de Deus.

Hoje Deus nos mostra que devemos ter cuidado porque o demônio quer reinar sobre a Terra. Ele quer reinar no orgulho, na vaidade, na ganância.

Não podemos deixar de ver aquilo que nossos olhos estão vendo que é um Brasil pobre de espiritualidade. Este país não está pobre apenas no sentido material, mas, principalmente, no sentido espiritual. Se o país se eleva na Misericórdia, cresce na Misericórdia, todo o país terá uma conduta misericordiosa, tanto os que governam quanto os que dirigem o país de forma coerente rumo à espiritualidade. O Brasil não pode ser cego. O Brasil tem de enxergar que a humanidade, que a sociedade é responsável pela edificação de um mundo novo.

Como disse Jesus na mensagem de ontem: “A família é responsável pela santidade do mundo!”. Isso é verdade, meus filhos, a família, a minha família, é responsável pela santidade do mundo. Quando falo da minha família vocês todos devem se lembrar: Maria, Jesus e José, a Sagrada Família! É a Sagrada Família que protege a família de todos vocês, que protege a Santa Igreja. São José foi o grande protetor da Igreja, foi o grande pai da Igreja.

Precisamos acender essa chama, pois estamos caminhando rumo a um momento edificador, que é o nascimento do Menino Deus. O Menino Deus precisa hoje acender a luz que as pessoas deixaram que se apagasse em suas vidas, a luz da religiosidade.

Ser cristão é conhecer a essência do ser cristão. Por que sou cristão? Por que na Igreja existem os anjos, os santos? Por que na Igreja existe tanta manifestação de santidade?

Você tem de ter sede de conhecer a raiz da Igreja, que é santa. É pecadora porque é humana, santa porque é de Cristo e Cristo nos edificou a todos pelo seu grande amor misericordioso. Ele nos deu o tesouro da santidade, inclusive o Santo Batismo. A edificação da vida de um santo se faz pelo batismo. Todos vocês são batizados e todos devem ser batizados.

Então, edifique a sua fé, edifique a sua essência. Nós – filhos junto da Mãe de Piedade – precisamos enxergar que o mundo precisa do triunfo do meu Imaculado Coração. O mundo precisa da paz, precisa da vitória de Deus! É por isso que estamos aqui de mãos dadas com o Céu – o Pai, o Filho e o Espírito Santo – nesta luta grandiosa pela paz sobre o mundo.

Com alegria, com amor e com carinho, quero abençoar a todos os filhos.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu abençoei a todos os filhos aqui presentes, às comunidades, a esta linda família que amo que são os filhos e filhas de Deus.

Recebemos hoje uma linda catequese através dessa mensagem ditada aos nossos corações. Jesus nos dá a grande Misericórdia. Ele é a Misericórdia e também nos abre os olhos; nos diz claramente que ninguém precisa se alarmar nem desesperar, mas não pode deixar de ver o que o mundo está vivendo. 

Ele nos mostra o sofrimento sobre o mundo e nos alerta a respeito do Brasil. Pergunta: “Será que o Brasil tem uma espiritualidade sábia?”. Em um país que tem uma espiritualidade sábia, tudo é sabedoria.

Mas na verdade, nem o Brasil nem o mundo tem essa espiritualidade sábia. Estamos a caminho dessa espiritualidade sábia. Foi por isso que Ele disse que a sabedoria é a grande riqueza para o Brasil e para o mundo. O mundo precisa viver essa sabedoria. Sabedoria!

Jesus nos falou da santidade e de como é lindo ser santo, de como é lindo saber que a Igreja é santa porque Deus nos proporciona inúmeras almas santas. Ele nos alertou sobre a riqueza do batismo e nos ensinou a abrir nossos corações à chama da fé. 

Preparem o caminho porque o Senhor está perto de nós, tão perto de voltar para este mundo para resgatar o que neste mundo precisa ser resgatado: a paz, a família, a esperança, a caridade, a fraternidade.

Louvado sejam Jesus, o Pai, o Espírito Santo, pela Misericórdia. Vocês estão se preparando para agradecer a Deus pelo Ano da Misericórdia. Essa Misericórdia não faltará ao mundo, mesmo vivenciando o tempo da Justiça que está por vir.

Que Deus Pai, Deus Filho, Deus Espírito Santo – a Santíssima Trindade – abençoe cada um de vocês.

Todas as flores que estão aqui foram abençoadas para cura e libertação dos doentes. Tenham fé meus filhos! Quando vocês receberem estas flores, saibam que foram abençoadas por Aquele que é a cura: Jesus Cristo! Ao tocar na flor, receba a graça que você precisa, principalmente, a cura do seu coração. Sempre diga ao Senhor: “Senhor! Seja feita a sua vontade!”. Aquele que aceita a vontade de Deus recebe muito mais flores. Para alcançar qualquer graça, devemos primeiro aceitar os desígnios de Deus em nós.

Todos permanecerão em paz. Desejo muita luz aos aniversariantes. Que o Espírito Santo lhes ilumine.

O Céu me chama. Eis aqui a Serva do Senhor!

Última modificação em Quarta, 16 Novembro 2016 11:01

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716