gototopgototop

Mensagem de 18 de Novembro de 2012

 

Queridos filhos!

É uma graça imensa neste dia de hoje, de oração, poder estar aqui presente e derramar sobre o mundo e sobre o Brasil a paz de Deus. Trazer para os corações dos filhos, aqui reunidos, o Alimento que alimenta a alma e fortalece o corpo que é a Palavra do Senhor. Quando nós a recebemos, aprendemos a grande riqueza que temos e que muitas vezes não valorizamos, que é sermos filhos de Deus, à imagem e semelhança de Deus.

Cada um, hoje, vai agradecer a Deus por esta bênção, por esta graça; pela paz e pela alegria. Vai procurar de coração feliz pedir a Deus a paz, a conversão, a transformação da tua vida.

O que é o plano de Deus?

É a felicidade dos filhos.

E o que é a felicidade de um filho de Deus?

É ele viver perto da luz e longe das trevas. Estar em estado de graça, se defendendo das armadilhas do demônio.

Hoje, tristemente, o mundo vive mais perto das trevas do que da luz. Por isso, a humanidade vive deprimida, sufocada e fraca. São poucas as famílias que oram, que colocam oração em suas casas e no coração de seus filhos.

Por isso, o Céu me traz como a Mãe de Piedade, como a Mãe de todas as mães, como a Mãe do mundo e do Brasil; traz esta catequese belíssima destes tempos, que não é o fim do mundo, mas um tempo que precisamos acordar para não destruir a essência de nossa vida que é Deus Pai, Filho e Espírito Santo. E esta aliança linda é a nossa preciosidade: é vida; vida em Deus, vida na graça de Deus.

Aprendemos com este catecismo do Céu a manter a formação espiritual digna. A manter a dignidade para receber Jesus Eucarístico, a professar a nossa fé. Quando você diz: “Eu creio em Deus!”, mas esquece-se de ama-Lo, de respeitá-Lo na pessoa mais próxima, você na verdade não está tendo a vivência daquilo que Deus quer de você, filho. Porque quem acredita em Deus vence as armadilhas do demônio e constrói a dignidade e a santidade em sua alma e em seu coração. E hoje o mundo está distante desta santidade.

Quando falamos da santidade; o que é ser santo?

O que é ter santidade?

O que é uma vocação santa?

O que é uma família santa?

Precisamos de um grande catecismo, de um grande conhecimento da Palavra e da misericórdia. Porque se não tivermos este conhecimento não chegamos à santidade. Se você fizer um exame de consciência, aqui junto comigo, que sou a Mãe de Deus e Mãe de vocês, todos vão ter no coração uma tristeza. Porque hoje, vocês vivem contaminados por muito sofrimento; como os pecados da inveja, como a preguiça, a mentira, como o orgulho; o ego que esta dentro de você e muitas vezes te impede de servir, de ser útil, de ser instrumento, de ser um homem orante, um homem perseverante, um homem iluminado, ungido, um homem preparado.

Hoje é tanta falta de preparação. O que é ser preparado?

A preparação é como você no momento da sua alimentação: você prepara o seu alimento e se prepara também para o alimento. Você tem que estar preparado. Se você simplesmente começa desde manhã a comer, a comer e a comer, quando chegar na hora de alimentar você não vai ter fome. Então você não vai estar preparado.

Isso acontece hoje com a humanidade. A humanidade está vendo diante dos olhos, diante dos ouvidos, diante das palavras: a dor.

O que vive hoje o homem?

Violência, maldade, destruição, ganância. O homem está diante de tudo isso, mas não está preparado para tudo isso.

O que é ser preparado? É ser um homem que busque a fundamentação da existência.

E o que Jesus disse para nós? “Sedes santos!”

O que o mundo hoje é? Tudo, menos santo.

E o que a família hoje é? Tudo, menos santa.

O que a juventude hoje é?

O que as crianças de hoje são?

Então você se prepara é tendo conhecimento.

Quando você chega a este Vale, você tem o conhecimento da natureza deste lugar, das árvores, da presença do Céu. Mas você tem que se preparar para essa presença do Céu. Você tem que abrir o seu coração, orar, louvar, estar suavemente leve; porque você vem pesado pelo sofrimento. Você vem muitas vezes com uma doença na carne ou com uma doença na alma. Você vem com uma dificuldade na sua família. Você vem com uma dificuldade com seu filho jovem ou com sua filha.

E Deus vai te dar a graça que você precisa, mas você tem que estar preparado para buscar essa graça; porque Ele pode te dar tudo, mas Ele quer algo de você; Ele quer a sua perseverança, Ele quer a sua fidelidade, Ele quer a sua responsabilidade, porque Ele te deu tudo.

Olha a beleza da sua vida! Deus fez para você tudo o que você precisa. Ele fez o calor, Ele fez o frio, Ele fez a noite, o dia. Ele te deu tudo o que você precisa. Ele te deu durante o dia o ânimo, durante a noite o descanso. E você tem que estar preparado.

A situação da humanidade é uma humanidade sem preparação. Às vezes o homem diz: “Mas a ciência nunca foi tão grandiosa, a tecnologia da ciência nunca foi tão evoluída.”

Mas e o amor? Será que o amor está evoluindo como a ciência?

Hoje as pessoas deixam de amar, cometem sofrimentos terríveis por falta de amor, como matar, suicidar.

Então onde está o amor?

O que adianta o homem estar cheio de conhecimento se ele não sabe amar, se ele não sabe a essência do conhecimento. Porque, você só conhece de verdade as coisas quando você ama. Você sabe o sofrimento da perda de um filho ou de uma criatura que você tanto ama, porque você tem no seu coração este sentimento.

Então a essência é estar preparado para o amor de Deus acontecer em nossas vidas, no mundo, na terra. Ele quer um mundo digno, porque Ele ama os filhos.

Por isso estamos aqui numa luta pelo Triunfo do meu Coração Imaculado de Mãe, a qual os filhos dizem com tanto gosto: “Nós queremos o Triunfo do Coração da Mãe!” Mas quem quer lutar por este Triunfo, faz a sua parte, se movimenta nesta obra, como vocês que vem a este Vale tem a linda graça e a experiência de saírem daqui com o desejo de orar, com o desejo de levar a misericórdia para sua família, para a sua comunidade.

        Você jovem, sai com o compromisso de ser ainda mais de Deus, sem perder a sua alegria, sem perder a sua juventude, mas com a essência do que lhe faz realmente feliz e forte que é a graça de Deus, o amor de Deus. Esta é a preparação que tristemente a humanidade não tem! Por isso que a humanidade nunca esteve tão doente, nunca esteve tão sofrida e tão perdida. É como o homem que tem tudo na vida, mas não tem a graça da vida, que é a graça de poder sorrir, amar, brincar, ser feliz.

Com esta situação aonde o mundo vai?

Para as doenças espirituais. Não é nem para as doenças da carne; é para as doenças espirituais. Começa aquela tristeza que ninguém consegue explicar, aquela falta de ânimo que ninguém consegue entender.

Mas chegamos àquela graça que Jesus disse: “Orai e vigiai!”

E hoje: quem ora? Poucos. Às vezes o seu sofrimento é árduo, aí você se joga nos braços de Jesus, mas você não permanece nos braços de Jesus. Quando a situação parece melhorar você simplesmente esquece de Jesus. Você esquece da Eucaristia, da oração, da família, do diálogo na família; você esquece do perdão na sua família. E quando a tempestade vem, ela vem pior do que a primeira e você não está preparado. Você começa a sofrer e a questionar.

Jesus nos deu um grande ensinamento: “Quem a Deus se entrega, por Ele será protegido”.

Então falta a humanidade se colocar nas mãos de Deus. Existem filhos que estão orando graças ao Pai, mas a maior parte ainda não sabe o que é a oração. Uma grande multidão caminha sem ter nas mãos o que oferecer, porque nos seus corações não existe amor, não existe alegria, não existe paz, não existe essência.

O bonito da vida é você saber que cada dia que você vive é um presente de Deus, nenhum dia é igual ao outro.

Às vezes o homem diz: “A minha vida está cercada de algo que parece repetitivo!”

Por que você não louva a Deus pelo seu presente?

Quando você começar a louvar a Deus pelo seu presente, você vai ver que cada dia é importante. É mais importante porque é um presente de Deus para você; pense o quanto que Deus te dá presentes. Deus dá presentes tanto àquelas almas que tem a missão de viver em anos e anos, aqui nesta passagem, como aquela que vive segundos ou minutos. Então o presente de Deus é magnífico!

O que a humanidade precisa fazer? Abraçar as coisas de Deus.

O que são as coisas de Deus? Nós mesmos.

Pensamos no que é de Deus: nós. Então se abrace. Abrace Jesus que está em você. Tenha carinho por você. Cuide de você. Porque às vezes você está cuidando da sua casa, cuidando de tudo o que está ao seu redor e não cuida de você mesmo. Então se abrace, zele por você, ame a si mesmo, ame o tesouro que Deus te deu, a vida que Deus te deu. Ofereça todos os dias a sua vida para Deus. Não questione no sofrimento, não questione as provações, não questione o peso da cruz, mas agradeça pela força que Ele está te dando para você caminhar, porque você é vitorioso.

Se hoje você está aqui aos pés de Jesus e dentro do Coração da Mãe, você é um filho vitorioso. Existem filhos que precisam desta vitória, precisam desta preparação, precisam se aproximar das coisas de Deus e valorizá-las com todo o amor e alegria; porque somos felizes.

É difícil a batalha? É.

Quantos de vocês que tiveram dificuldade para chegar aqui hoje. O maior sofrimento daquele que ama a Deus é quando ele tem dificuldades para chegar ao lugar em que Deus está. A maior tristeza do homem que ama a Santa Eucaristia, que ama Jesus Eucarístico é quando ele não tem a graça de chegar aos pés de Jesus e de adorá-Lo, porque a nossa alma tem sede de Deus.

Eu sei que hoje, depois de tantos anos de catequese, muitos filhos têm esta sede de chegar aqui neste Vale, neste dia de hoje, que é o Dia do Senhor. E muitos deles encontram muitas dificuldades para vencer a batalha, esta luta e ser perseverante; porque muitos são chamados, mas poucos são perseverantes. E você é um filho perseverante.

Por isso, Deus conduz ao meu Coração a graça belíssima de poder abençoar vocês...

Neste momento Nossa Senhora abençoa todos os filhos presentes, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!

Eu abençoei-lhes com grande carinho.

Hoje, Jesus mostra o quanto que o coração de vocês precisa se preparar.

Quando eu abençoo vocês – depois de uma mensagem em que Jesus fala para os nossos corações sobre a preparação – eu medito: Será que vocês estão preparados? E todos estes anos de catequese, de ouvir e viver esta Palavra de Deus tão grandiosa? E a preparação que Jesus fez na vida de vocês, as transformações, as lapidações?

Neste Ano da Misericórdia Ele fez tantos milagres na vida dos romeiros, tantas bênçãos, tantos prodígios. São tantas almas agradecendo por curas, por libertações, por bênçãos nas famílias, por famílias que estavam sem unidade, sem união e foram restauradas; porque a misericórdia de Deus é muito forte.

O Ano da Misericórdia pode chegar ao fim, mas a misericórdia será ainda mais grandiosa no decorrer dos dias e da caminhada neste tempo da grande transformação, da grande busca pelo Triunfo do meu Imaculado Coração.

Estar preparado é algo que precisamos buscar todos os dias; é como a conversão, ninguém está completamente convertido. A cada dia, a cada instante, a cada momento você vai se encontrando diante da sua conversão. Assim também é a preparação. A preparação soa como a voz de Jesus falando para nós: “Vigiai e orai!”. É como dizer: “Preparai. Estejais preparados”.

Porque na verdade, o homem por mais que esteja orando, por mais que tenha aquele amor a Jesus Eucarístico, ele é cercado pelos ataques do inimigo, pelo orgulho, pela vaidade e pelo egoísmo. O homem, muitas vezes, não quer aceitar que precisa ser humilde, que precisa ser simples, que precisa amar mais o outro, aceitá-lo e perdoá-lo.

Por isso, que é tão difícil a transformação do coração do homem, porque ele se limita às pequenas coisas, a mudar sua vida. Isso, de uma forma grandiosa, está acontecendo hoje, não só no Brasil, mas no mundo. Este ego; o homem que acha que sabe muito e tem perdido toda essência de sua sabedoria que é o respeito, o amor, a felicidade vinda do Céu; que vem nas pequenas coisas.

É como o nascimento de Jesus no Natal; imaginamos algo tão grande e é tão pequeno, tão simples. Mas é imenso, porque é grande para a nossa alma.

Às vezes aquilo que parece grande para os nossos olhos não tem efeito de grandeza para a nossa alma, e aquilo que parece pequeno aos olhos, tem a grandiosidade da alma.

Por isso que Jesus fala: “Olhai para a simplicidade, porque vocês verão a grande sabedoria de Deus na simplicidade!”

E Jesus, hoje, nos fez viver em unidade, em comunhão com Ele, para que junto dEle possamos realmente nos preparar.

Eu quero muito, meus filhos, ver vocês no Triunfo do meu Imaculado Coração vivenciando esta graça e esta vitória. Por isso, eu quero ver vocês preparados.

Vocês vão permanecer aqui sobre a linda proteção do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

A quem me ofertou as flores mais belas e lindas, que são os filhos aqui presentes, eu dou o meu coração.

O Céu ama a todos nós!

Eis aqui a Serva do Senhor e Ele que me chama.

Última modificação em Domingo, 06 Outubro 2013 18:26

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716