Terça, 13 Novembro 2012 15:14

Mensagem de 25 de Outubro de 2012

Avalie este item
(0 votos)

Queridos filhos!

É uma graça imensa para o meu coração, – e também para o coração de todos os filhos que hoje vieram, e estão neste lugar, – que Deus me concede, estar presente aqui, evangelizando, catequizando, abençoando e derramando as graças sobre o Brasil e o mundo.

Vamos pedir a Jesus que se manifeste no meio de nós, pelo silêncio, pelo louvor, pela brisa mansa. Vamos pedir que Ele, nesse momento, venha tomar conta dos corações de todos aqui presentes. Peça a Deus que coloque no coração dEle as famílias, as crianças, os jovens e todos os filhos e filhas que, hoje, estão dizendo o seu sim para Deus.

Quando se é chamado por Deus a fazer parte de uma peregrinação de oração, é preciso que o coração esteja aberto; assim, o Espírito Santo vai poder irradiar, na sua vida, o grande milagre.

O que é o milagre?

O milagre é viver consciente da presença de Deus em nós. Este é o grande milagre!

Ninguém pode viver sem a graça de Deus, assim como ninguém consegue viver sem o ar que se respira, sem o descanso, sem a união.

Todos vocês têm a suas famílias. Mas, Jesus também fez outra grande família, que está no mundo, é a família de Deus – a família cristã! É por isso que a nossa vida tem que ser uma comunhão com Deus. Toda a obra do Espírito Santo em nós é o grande milagre do amor de Deus por nós.

Hoje, nós estamos muito felizes, porque podemos ver esse milagre de Deus: a presença de tantos filhos aqui, que vieram para agradecer as graças e para pedir as bênçãos. Vieram também para receber graças, porque os seus corações precisam de muitas graças.

Jesus disse: “Vinde a mim os doentes e Eu darei a vocês a cura. Vinde a mim os fracos e Eu concederei a vocês a força”.

A cura que o Céu, hoje, traz para nós é mais do que uma cura física, é a cura da alma. É aquela que traz o amor e o zelo pela vida. É a felicidade de serem instrumentos de paz, de poderem irradiar bênçãos.

É tão bonito quando o seu coração irradia bênçãos! Mas é tão triste quando você não sabe viver essa bênção de Deus. É triste quando você se deprime pelo rancor, pela inveja, pelo ciúme. Ao contrário, é tão bom quando você se ergue pela simplicidade, humildade e pelo desejo de ser aquilo que Deus quer que você seja. Deus quer que você seja manso, humilde, sereno, capaz e verdadeiro.

Você que está sempre se colocando nas mãos de Deus, por todo o sofrimento que já enfrentou – aqui há muitos corações que passaram por tantas lutas e batalhas – veja a luz de Deus acender na sua vida, de uma forma tão grande!

Muitas vezes o homem não sabe dá valor ao tamanho do amor que Deus tem por ele – por você! Quantas vezes você só vê a dor? Quantas vezes você não consegue ver as bênçãos? Mas a vida é uma bênção!

Quando você se aproxima de Deus, é quando consegue ver a si mesmo e consegue sentir que, humanamente, é um homem errante, pecador, pequeno. Mas, é quando sente que Deus fez você santo, abençoado! Consegue sentir que Deus lhe deu muitas graças e forças para vencer.

A vida é uma vitória com Deus a cada dia. A missão, aqui na Terra, é árdua, sofrida, feita de batalhas sobre batalhas, dificuldades sobre dificuldades. Mas ninguém pode negar o tamanho da proteção dos anjos do Céu na vida de vocês, o quanto Deus o guarda e o protege.

O seu coração, na presença de Deus, é como uma rosa aberta, cheia de perfume, e, por onde passa, exala perfume. A alma que tem Deus exala perfume! É uma alma toda de Deus. É cheia da graça de Deus e, repito, por onde passa deixa seu perfume!

É por isso que, hoje, existem, aqui na Terra, muitos corações abençoados. Esses corações exalam perfumes sobre o mundo e profetizam o amor de Deus. Eles dão esperança, alegria e respiram o amor. São corações que fazem parte do povo de Deus. Um povo que tem sede pelas coisas de Deus, que quer dobrar os joelhos e pedir a Deus misericórdia, não só pelo Brasil, mas também pelo mundo.

Então, pergunto a vocês: se não é a grandiosidade de Deus, a justiça de Deus, aonde o homem vai conseguir se sustentar?! Não é Deus o seu sustento, como vai permanecer firme?! Como terá condições de levantar e enfrentar o sofrimento que, hoje, está aí?! Enfrentar as doenças, as tristezas, as lágrimas, as dificuldades, os problemas?!

Deus dá a você força para, não só enfrentar, mas vencer, porque você não só enfrenta como também vence! E é Deus que o conduz a vitória. É Deus que lhe dá força.

Se o mundo não se segurar, fortemente, nas mãos de Deus, vai sofrer muito, mais do que já sofre.

Deus mostra para nós que não estamos sozinhos. Mostra-nos que, por maior que seja a cruz que carregamos, a força que Ele nos dá é superior.

O mundo vai passar por um sofrimento muito árduo, meus filhos. Depois que vivenciarem o tempo da misericórdia, vão começar a viver a grande transformação. E é nesse tempo da transformação que pensarão na misericórdia estendia por Deus sobre a vida de vocês. Pensarão sobre as bênçãos, as orações diárias, a comunhão.

Hoje, você está como um agricultor, que planta durante o tempo de plantar. Planta, para que, quando chegar a hora da colheita, possa colher. E, quando chegar o momento de ter os frutos sobre a sua mesa, terá. Assim é a misericórdia de Deus!

Nós estamos em um tempo de graça. Aqui na Terra, estamos vivendo a misericórdia infinita de Deus. A graça de Deus está sendo derramada em nós. E nós estamos tendo condições de preencher os nossos corações com essa graça. E, quando chegar a hora, não vamos estar completamente despreparados, porque nós tivemos esse tempo de preparação.

Hoje, no mundo, a humanidade vence pela misericórdia de Deus. Aquele que não vê a misericórdia não sabe enfrentar uma enfermidade e acaba se desesperando.

Quem não vê a misericórdia, não tem condições de vencer os problemas e acaba caindo na dor, no sofrimento, nas depressões, nas tristezas profundas. Aquele que vive longe dessa misericórdia não tem alicerce em sua família. Hoje, os pais, muitas vezes, não estão tendo como conduzir os seus filhos, porque são tantos os caminhos errados. O pai e a mãe que não colocarem os seus filhos nos braços de Deus sofrerão muito. Ninguém quer o caminho certo. Ninguém quer o caminho que é Jesus. Quando se fala de oração, os homens, tantas vezes, têm resistência e medo. Isso acontece, principalmente, com os jovens. Mas, é aí que Jesus Cristo lhe pede força para evangelizar.

Quando o Pai disse a Jesus: “Filho, você vai dar a vida por todos!” E Jesus disse: “Pai, afasta de mim este sofrimento, este cálice.” Mas, em seguida, olhou e disse: “Pai, seja feita a sua vontade.”

Muitas vezes, na hora que o sofrimento vem, o que você mais deseja é que ele lhe seja afastado imediatamente. Todavia, é preciso aceitar a vontade de Deus e se curar. Fazendo isso, você verá que tem uma fonte, que lhe dá todo amor. Você, muitas vezes, não sabe ir banhar nessa fonte, lavar-se nela! Mas, o sofrimento vai trazê-lo a essa fonte.

Jesus catequizou o mundo dizendo: “Eu vos quero por amor, mas vocês virão a mim pela dor.”

Ele nos mostra que, primeiramente, nos quer por amor e que não se pode esperar a dor chegar. É preciso se colocar nos braços de Deus todo dia. A nossa vida está nas mãos de Deus, a cada momento. Ninguém sabe o que lhe pode acontecer no dia de hoje, só Deus. É preciso, por isso, se colocar inteiramente nas mãos de Deus.

Então, cada um, hoje, vai fazer a sua entrega. Essa linda comunidade que veio aqui e se encontra presente neste lugar, os romeiros, peregrinos, que têm corações vencedores. Quando se chega num momento da vida, consegue ver o quanto se é vencedor! Consegue ver o quanto Deus nos dá força para lutar e vencer! É possível ver o quanto se passou para se chegar a ter essa espiritualidade!

A espiritualidade é a presença do Espírito Santo descendo sobre nós, dando-nos condições de ver o mundo com os olhos da alma – não com os olhos humanos – mas, com olhos da alma!

Se quisermos ver as coisas lindas na Terra, precisamos enxergá-las com os olhos da alma. É pelos olhos da alma que vemos as coisas com transparência! Se você olhar humanamente, poderá se confundir. Há muita aparência na Terra. Mas, Deus não quer que você veja pela aparência. Deus quer que veja a essência.

Então, quando chegar a ver a essência, verá as coisas como realmente são. O que é essência? A essência é aquilo que traz vida. É aquilo que traz força. Quando você chegar a ver a essência, verá o quanto sua alma engrandecerá com a força de Deus. É o que aconteceu na vida dos santos. Vocês, brasileiros, têm aqui presente, Frei Galvão, um santo.

E, o que é a santidade?

A santidade é ter um coração que vê a essência. Os Santos souberam trabalhar para ter um coração que enxerga a essência. É, por isso, que, hoje, eles são intercessores. Pela intercessão dos Santos poderão ter graças para toda a sua família.

Os Santos, enquanto caminharam aqui na Terra, foram instrumentos para que a graça de Deus acontecesse na vida deles, como também na vida de todos aqueles que estavam próximos a eles. Essa é a grandiosidade de Deus, que é enorme e exala perfumes para todos, até mesmo para àqueles que estão distantes.

Quando vocês oram, conseguem salvar almas, tanto aquelas que estão perto de vocês, como as que estão longe. Neste momento, Jesus vai lhes dando as graças que estão pedindo com a sua voz e com o seu coração.

Assim, quando vocês pedem a conversão do mundo, acontece algo maravilhoso naquele momento, que é a conversão de uma alma, que se encontra em um cantinho dessa Terra e precisa se converter.

Às vezes, é uma alma doente, no seu último momento aqui nesta caminhada. Outras vezes, é uma família, passando por uma provação árdua. Outras, é um jovem, precisando de uma misericórdia infinita.

Então, saibam que a nossa oração tem poder. É, por isso, que Eu, Maria, quero abençoar a toda essa linda família de Deus.

Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos os presentes enquanto cantam: dai-nos a bênção...

Queridos filhos!

Eu abençoei carinhosamente todos os filhos. Fiquei muito feliz com esse momento de oração. Fiquei feliz com a linda presença dos filhos aqui reunidos, com esta comunidade tão grandiosa, constituída de famílias, de filhos e filhas, de jovens e de crianças.

O amor de Deus sobre nós foi, e será, sempre, derramado, neste lugar, dando-nos, especialmente, a graça da cura para os doentes, a paz para os corações aflitos, a libertação para àqueles que estão presos aos vícios. E, aos pecadores, Jesus dá a unção da paz.

Deus derrama seu amor, especialmente, aos aniversariantes – são muitos os filhos que estão agradecidos a Deus, pelos anos de vida. Então, a todos os aniversariantes – tanto os que estão aqui presentes, como aqueles que estão distantes, mas, com o coração presente neste lugar – façam seu pedido a Deus, hoje, no dia do seu aniversário. Peçam a Deus a paz, para sua vida, para o Brasil e para o mundo.

Na mensagem de hoje, Jesus fala o quanto que Deus escuta a sua voz. Então, se você pede a paz, a paz vai reinar. Peçam que a paz reine, principalmente, naqueles lugares que estão em guerra. Quantas famílias, quantas nações, quantos povos que não conseguem viver essa paz – que é a presença de Deus Pai, de Deus Filho e de Deus Espírito Santo no meio de nós!

Fiquem em paz. O meu coração fica com vocês. Levarei comigo os seus corações.

Os pedidos de vocês já estão abençoados. Não digo serão abençoados, mas digo, já estão abençoados! Por isso, tenham certeza que a graça virá em suas vidas, filhos.

O Céu me chama. Eu sou a Serva de Deus, a Mãe de Piedade!

Última modificação em Quarta, 09 Outubro 2013 15:00
DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd