gototopgototop
Assine a nossa Newsletter e receba em seu email, mensagens e noticias do Vale Imaculada Conceição!

Mensagem de 01 de setembro de 2002


Queridos e amados filhos!

Com grande alegria em meu coração Imaculado de Mãe, eu os acolho carinhosamente neste lindo dia do Senhor!

Vamos primeiramente sentir a presença de Deus em nós! Vamos procurar de uma forma linda, suave, serena e mansa, agradecer a Deus por este dia, por esta tarde, pela presença maravilhosa da sua grande e infinita misericórdia. E vamos pedir a Deus a paz: a paz para os nossos corações, a paz para a nossa vida, para o nosso mundo, para as nossas crianças, para os nossos jovens, a paz para a Santa Igreja.

Vamos pedir a Jesus que nos cubra contra toda a enfermidade do pecado, que nos dê a graça da força, da coragem, do ânimo, da bem-aventurança, para que nós saibamos e possamos dizer: Faça-se em nós segundo a vossa santa vontade!

Vamos, neste momento, através de um ato de silêncio, fazer a vontade de Deus em nossas vidas, fazer um momento de reparação: Como está você hoje, no dia do Senhor? Se seu coração está angustiado, deprimido, triste, procure pedir ao Senhor que te cure, que te liberte. O Senhor é a cura, é o remédio. Ele age  e age de uma forma magnífica,  lapidando-nos, restaurando-nos e edificando-nos.

Então vamos pedir a Deus a graça da edificação, de sermos criaturas autênticas, determinadas e sábias. Porque hoje o sofrimento está aí e nós não podemos fugir dele. Devemos saber vencê-lo com oração, com penitência, com sacrifício, com muito silêncio e com muita caridade.

A caridade hoje é essencial na vida de um servo de Deus, porque a caridade não é só relacionada ao pão da terra, é relacionada também às coisas espirituais: ter caridade daquele que não compreende, daquele que não aceita, daquele que é ignorante por falta de sabedoria de Deus.

Hoje nós vemos tantas pessoas vivendo a graça de Deus e abandonando-a por causa destes caminhos enganosos, maliciosos.

O mundo está cheio de maldades. As pessoas não trazem em seus corações o respeito ao próximo, a temência. Hoje as pessoas querem dar mais conteúdo à vida dos outros do que das suas próprias vidas. Com isso o mundo está cheio de julgamentos, o mundo está cheio de lágrimas; porque quantas pessoas são ofendidas e quantas pessoas ofendem a Deus.

Nós vemos uma falta tão grande de prudência na vida das pessoas. Cada um devia respeitar o seu próximo, o seu irmão. Dizia Jesus: “Não levante falso contra seu irmão”. Porque nós não conhecemos o coração das pessoas. O coração é um tesouro que só Deus conhece. Por isso é que a gente tem que pedir o discernimento.

Nesta caminhada de evangelização que hoje nós estamos seguindo, nós temos que ter muito discernimento. Discernimento, para falar no momento oportuno e silenciar no momento certo. Nós temos que ser pessoas temerosas a Deus. Temos que ser pessoas tementes a Deus.

Eu digo para vocês hoje: Chega de tantos sofrimentos aqui na Terra! Este sofrimento que vai se tornar mais doloroso ainda, esse sofrimento que vai se tornar maior ainda, e uma humanidade que não tem condições de viver para vencer, como é preciso ser vencido esse sofrimento, porque ninguém vive mais a vontade de Deus. Deus é sempre o último. O homem sempre deixa as coisas de Deus para depois.

Hoje é o dia do Senhor, um dia que as pessoas deveriam tirar para a oração, para ir em auxílio ao doente, para uma caridade, um ato de união da família, de verdadeira fraternidade. Porque hoje as famílias não se unem mais para dialogar a respeito da vida, do dom de Deus, da graça de Deus.

Hoje o mundo só sabe cobrar, e não sabe amar. O dia do Senhor é um dia para a gente amar, para a gente olhar uns para os outros, reconhecer a parte humana, mas também reconhecer a parte santa. E através desta parte santa lutarmos. Nós temos muita coisa linda para aprender, muita coisa linda para viver. Nós temos tudo! Somos as criaturas mais ricas do mundo. Temos o tesouro mais valioso da vida e muitas vezes nós não sabemos valorizar este tesouro. Nós estamos aqui para valorizar as coisas do Céu, abraçar as coisas do céu. Nós não temos mais muito que dizer, nós temos agora é que viver, porque o nosso tempo já é tempo de misericórdia. Não temos mais aquele tempo, todo o tempo. Aliás, você precisa saber que hoje pode ser o último dia da sua vida aqui nesta terra. Pode ser o último dia desta passagem para você aqui neste mundo Terra.

Então esta é uma razão para se ter o coração puro, a alma pura, saber perdoar quantas vezes for preciso e necessário, mas com amor. Saiba reconhecer suas falhas, suas faltas humanas, seus erros. Mas também reconheça as suas qualidades de filho de Deus, qualidades que muitas vezes estão tão escondidas, porque o seu orgulho não lhe deixa ver, seu egoísmo não lhe deixa ver e você passa a ser um homem miserável, porque só busca a miséria, enquanto você é rico e tem tudo para ter uma riqueza inigualável a qualquer tesouro humano, mas muitas vezes a sua cegueira espiritual não te deixa ver o tesouro de Jesus Cristo presente em você.

Hoje é o dia do Senhor! É dia da gente ver a presença de Jesus em nós, examinarmos a nossa consciência e agradecermos, porque numa tarde bonita, num dia especial, num momento especial, num momento de oração, na presença de Jesus na suave brisa mansa, nós temos a felicidade de viver um momento de paz, e pedir para o Brasil e para o mundo a paz.

Hoje nós vemos que no dia do Senhor, quantas vezes Jesus está sozinho no Sacrário! E o mundo caído na maldade, na violência, matando, violentando. Quantas famílias que hoje, no dia do Senhor, deveriam ir ao encontro da Eucaristia e estão neste momento na violência, perdidamente na violência.

Temos hoje tantos jovens que deveriam parar e pensar: “Deus me deu tudo. Hoje eu vou agradecer a Jesus.” Mas tão poucos assim o fazem. Vemos também que as famílias, as crianças, que deveriam reconhecer desde pequeninas o tesouro que é a Eucaristia, muitas vezes se preocupam mais com a satisfação dos olhos que com a alma, com o coração. Até as pequenas crianças já estão tão contaminadas por este mundo contaminado.

Por isso nós precisamos muito da misericórdia de Deus, da renovação da nossa alma, para que possamos ter uma mudança por completo aqui na Terra, atingindo principalmente o coração e a alma das pessoas. Que haja paz, igualdade e fraternidade! Nós estamos aqui lutando por isso. A nossa vida, a nossa missão, não é simplesmente o ato de dizer que estamos – estamos sim, pois Deus está em nós - trabalhando não só por um mundo melhor, mas por crianças, jovens, pais e mães renovados. Porque para este mundo Terra ser melhor, o que precisa mudar somos nós, filhos. Cada um de nós!

Vamos pedir a Deus a graça de reconhecermos que a nossa caminhada não é em vão, porque hoje muitas pessoas estão cansadas. São tantos sofrimentos que as pessoas se cansam, se acham inúteis, vazias e sem utilidade. Você é útil, muito útil! Você já parou para pensar que em cada terço que você reza, você salva uma alma, você ajuda uma criança, um jovem? Porque você reza pelo mundo, reza pela sua nação, reza pelo seu povo, reza pela Santa Igreja! Você já parou para pensar quanta força você conduz ao Santo Padre através do pedido que você faz a Deus? Você já parou para pensar em cada uma das pessoas que passam por este lugar abençoado, e quantas vezes você - através de uma orientação - ajuda aquela pessoa a salvar uma alma, a salvar um coração para Deus? Só que a caminhada com Deus é simples. Nós vemos os frutos da grandeza no silêncio! Precisamos silenciar e dizer para nós mesmos: “Quão grande é a graça de Deus em nós!”

Com grande alegria eu vou dar-lhes a minha bênção!

Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos os presentes, enquanto cantam: dai-nos a bênção...

Queridos e amados filhos!

Eu lhes abençoei com muito amor! Fiquei imensamente feliz com este momento de oração, com a presença de todos vocês aqui.

Deus é muito bom! Como Deus é bom! Será que algum dia da sua vida você já parou para pensar como Deus é bom? Como Deus te ama?

Como é bonito a gente se reunir, não importa quantos somos, mas sim a presença Daquele que tudo é para nós, num dia em que a gente olha o mundo e vê o mundo triste, mas vê em nossos corações a esperança, a misericórdia, a alegria e a certeza de que veremos uma nova terra, e com isso também construiremos um novo Céu. Porque se nós seremos novos, tudo será novo, tudo será renovado e transformado!

Hoje, devido a esta decadência de espírito das pessoas, tudo se torna cansado. O homem está fraco, perdido, triste e depressivo. É por isso que nós temos que reconhecer que Deus tudo é, e nós somos tudo em Deus. Por isso devemos dar graças a Ele.

Por isso eu abençoei vocês com muito carinho, com muita alegria, pedindo pelos aniversariantes, pelas famílias, pelas comunidades que vieram, por todos vocês que estão aqui, que são o consolo do meu coração, e alegria de minha alma.

Fiquem em paz!  Na presença de Deus que é pai, de Deus que é Filho, e de Deus que é o Espírito Santo vocês hão de permanecer!

A quem me ofertou lindas flores, eu dou o meu Coração. Tenho que ir, o Senhor me chama, e eis aqui a serva do Senhor!

Última modificação em Segunda, 28 Outubro 2013 10:19

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716