gototopgototop

Mensagem de 25 de Dezembro de 2002


Queridos filhos!

Com grande sabedoria e amor em meu Coração de Mãe, eu os acolho carinhosamente neste lindo momento de graça, onde vocês estão preparando os vossos corações para que Jesus possa verdadeiramente nascer e habitar para sempre em vossa alma.

Vamos, primeiramente - celebrando a festa do Natal, que é o nascimento de Jesus - fazer um exame de nossa consciência.

Vamos olhar bem para o íntimo dos nossos corações e meditar: Como estou diante de Deus?

Hoje seu coração está verdadeiramente entregue a Jesus? Você sabe quem é Jesus? Tem a graça da sabedoria? Sabe amar? Perdoar?

É caridoso? Fraterno?

É verdadeiro?

Sabe verdadeiramente compreender os mistérios de Deus e amá-los?

Como você está diante de Cristo nesse momento? Com o seu coração aberto? Ou ainda se encontra com o seu coração fechado?

Sabe verdadeiramente o que significa o Natal?

Hoje, muitos fazem grandes banquetes, mas se esquecem de fazer parte do maior banquete do mundo: a Eucaristia!

Você tem em seu coração o Cristo presente? Procurou verdadeiramente cear da maior ceia do mundo, receber o maior alimento do mundo? Procurou participar do maior banquete do mundo?

Hoje o que falta ao mundo é paz! Jesus, quando nasceu naquela manjedoura tão humilde, veio dar ao mundo a paz. Ele veio transmitir aos corações a felicidade, a verdade, a justiça. E hoje, filhos, o mundo desconhece completamente o que significa o Natal, o nascimento de Jesus.

Por isso é que eu digo para vocês: Vocês têm a felicidade de participar do maior banquete do mundo! Porque aqui, ouvindo a Palavra de Deus, iniciando o dia de Natal, nós aprendemos verdadeiramente Quem é Jesus Cristo para cada um de nós, principalmente o Cristo hoje em nossas vidas.

O Cristo hoje na nossa vida é a misericórdia, é o perdão, é a caridade, é o amor, é a fé. Ele é a esperança, é a luz, é a certeza, é a confiança. Cristo hoje em nossas vidas é simplesmente o único e certo caminho que temos para seguir rumo à Casa do Pai, que é a vida eterna.

Por isso é que no dia de Natal, o mais importante é você ter no seu coração a felicidade de receber Jesus, de ver Jesus nascendo novamente, dando sabedoria, dando coragem, dando força na sua vida espiritual.

Cristo é a Luz do mundo! E é por isso que nós temos a certeza de que nós podemos vencer todas as trevas, por maior que elas venham a ser.

Por isso é que neste Natal, deste ano dedicado à Paz e ao Santo Padre - este ano que também está chegando ao fim - eu gostaria que vocês preocupassem mais em viver o Natal, porque já não é preciso ouvir muito.

Jesus já pediu tanto para nós!

Natal é santidade, é caridade! Natal é acolhimento, Natal é amor, Natal é o perdão! Natal é você olhar para os pobres, é você transmitir alegria para esse mundo tão cheio de sofrimento e de dor.

E agora chegou a hora de não só ouvirmos as palavras. Chegou a hora de colocarmos em prática o que é o Natal para nós. Porque hoje são pouquíssimas as pessoas no mundo que vivem uma noite de graça ao encontro de um dia de bênção, que é o dia de Natal.

Vocês tiveram a felicidade de viver a noite da graça, e amanhecer o dia de Natal com o Cristo presente em seus corações, porque esse Menino Jesus que hoje passou em vossas mãos é o Cristo, que está dentro dos seus corações, mostrando-lhes que o Natal significa muito mais do que uma simples homenagem: Natal significa a vida, porque Jesus veio para nos dar a vida. Natal significa tudo aquilo que o mundo não vive - e que o mundo precisaria viver muito mais - que é o amor.

Jesus nasceu para dar ao mundo o amor! E amou o mundo de uma forma tão grandiosa, que foi o único capaz de dar a vida pelo mundo.

Natal significa tempo de oração. É o momento de pensarmos um pouquinho mais na nossa espiritualidade, porque hoje o mundo já não vive mais o Natal.

Hoje, a maior parte das pessoas se preocupa com os grandes banquetes, mas se esquece do maior, que é a Eucaristia, o Santíssimo Sacramento; e da reconciliação, que é a graça de você saber ouvir de verdade e servir a Deus dignamente.

Natal para nós não pode ser apenas uma data. O Natal para nós é Jesus Cristo! E Jesus Cristo não é uma data. Jesus Cristo é caminho, a verdade, e a vida!

Então assim deve ser para nós o Natal: o momento de estarmos ainda mais perto de Deus, principalmente agora que o mundo se encontra em uma violência enorme, em tamanho sofrimento, tão apegado aos caprichos, à matéria. E a cada dia menos o homem tem, porque a cada dia menos o homem tem paz, menos o homem tem fé, menos o homem tem amor no coração. Cada dia mais pobre o homem é, porque a cada dia o homem tem desvalorizado ainda mais o que ele é: um filho de Deus!

O Natal para nós é o Cristo, é a misericórdia do Cristo que hoje está a caminho de conduzir ao mundo uma transformação urgentíssima, porque o mundo está a cada dia mais sendo arrastado pelo inimigo. E Jesus disse que hoje o inimigo está reinando sobre a face da Terra. E é verdade, meus filhos, porque a cada dia mais o homem pensa no pó, e esquece do Espírito.

Por isso eu gostaria que vocês, hoje, vivessem um dia de Natal próximos de Deus. Deus nos dá tudo em acréscimo. Mas nunca se esqueçam de viver perto de Deus, de pensar e meditar como é lindo o nascimento de Jesus para o mundo.

Hoje, quando os sinos tocam, e quando falamos de Jesus na Eucaristia, é Natal, porque Ele nasceu para ser para nós a Eucaristia, a vida plena, a luz, a misericórdia, o Cordeiro que santificou e que santifica os nossos corações.

Natal significa caridade, principalmente para vocês aqui na Comunidade, que às vezes faltam tanto com a caridade, medem o seu amor, medem sua participação e seu trabalho.

Vamos pensar no Natal hoje. O Natal significa para nós boa vontade. Jesus deu do para nós, deu a vida por nós, desde criança sofreu. O quanto que Jesus Cristo foi rejeitado! Jesus Cristo foi completamente abandonado pelo carinho dos homens, que se encontravam de uma forma tão cega, tão pagã. E hoje a dor de Jesus também é muito maior, porque o mundo já não está mais nas trevas. O mundo tem a luz, mas muitos preferem as trevas. Muitos preferem seguir o caminho da escuridão, o caminho do sofrimento.

Então quando nós verdadeiramente nos unimos a Cristo, nós temos que viver a caridade: a caridade com o nosso irmão, a caridade com o nosso próximo, evitar o rancor, o ódio, evitar que o inimigo nos leve à discórdia, e faça a discórdia em nossas vidas.

Vamos ser de Deus! Jesus é para nós a vida, é para nós a esperança! Olhem, filhos, se Jesus Cristo não tivesse dado a vida para a salvação dos homens, como é que os homens hoje estariam? Não existiriam mais homens, porque o homem já tinha se destruído. Mesmo Jesus dando a vida ao homem, o homem hoje está se destruindo. Está  se destruindo com a violência, com a guerra, com a ganância. Está se destruindo pelos olhos, pela cobiça, pelo pecado, que faz do homem muitas vezes um homem cego e pobre.

Nós temos que louvar muito a Deus! E agradecer de joelhos! De joelhos, filhos! É de joelhos que vocês precisam agradecer a Deus! Agradecer a Deus por cada dia. Agradecer a Deus pela sua misericórdia, porque o mundo já era para estar diante de uma guerra, e de uma violência muito maior do que já está. Porque o homem já não sabe mais ser temente. Ele não respeita mais.

O que eu peço a Jesus, neste Natal, é que cure o mundo - porque o mundo está sobre uma doença enorme, o mundo está sobre uma doença que se chama pecado – e que o Natal signifique para nós mudança. Porque nós não sabemos até quando este mundo vai ter a misericórdia de Deus.

A misericórdia de Deus é infinita, mas nós estamos a caminho de uma transformação, onde Jesus está dando tanta graça para os povos e para todas as nações. Mas parece que o homem ouve e não vive.

Eu gostaria que, neste Natal, vocês não se preocupassem em ouvir muito, mas em viver mais o Cristo presente em vocês.

Façam tudo o que Cristo vos disser! É o que eu lhes peço, para que vocês possam crescer.

Que esta Comunidade, junto a todos os filhos que vieram de tão longe, seja, neste momento, uma manjedoura calorosa, carinhosa, cercada do verdadeiro afeto cristão, para receber com o coração e com a alma aberta, o Cristo que vai nascer neste Natal, e permanecer para sempre em nossas vidas.

Então vamos fazer, neste momento, um pedido a Deus. Cada um vai fazer o seu pedido no silêncio do seu coração. O que você precisa pedir a Jesus, hoje, neste dia de Natal? O maior presente do mundo é Cristo, e a maior graça Ele pode te conceder. Eu só peço a vocês que peçam também o Triunfo do meu Coração, porque o mundo sofre tanto! E Jesus conhece o sofrimento da humanidade. Ele sabe perfeitamente, muito melhor do que vocês, o quanto que a humanidade está nas trevas.

No momento em que vocês oravam aqui, filhos, Jesus me dizia: “Oh, minha Mãe, o mundo precisa tanto da piedade de Deus!”

Vamos pedir a piedade de Deus para o mundo, para o Brasil e para todas as nações. Vamos pedir a piedade de Deus para a nossa Comunidade. Cada um vai pedir a cura para o seu coração, a cura interior do seu coração. Porque a parte externa só muda se o coração for santo, e a alma transparente. Vamos pedir a cura dos nossos corações. Vamos pedir a nossa fidelidade. Que nós nunca sejamos infiéis, por maior que seja a tempestade!

O que eu digo para vocês, filhos, é que vocês não precisam esperar flores daqui pra frente. Virão os espinhos. Mas que vocês saibam ser fiéis! Que não desanimem, não desistam! Sejam perseverantes, porque logo vocês verão lindas flores, que há de ser o Triunfo do meu Imaculado Coração!

Vamos pedir piedade pelas crianças. Vamos pedir a piedade de Deus para as crianças carentes, principalmente as crianças carentes de amor. A pior carência é a carência do amor.

Quando nós dizemos que Deus nos amou tanto e por isso nos deu a vida, é que compreendemos o que é a falta de amor, que tem levado o mundo a sofrer tanto. É por isso que hoje nós vivemos em um mundo que parece não ter mais solução pela parte da inteligência humana. Só Deus mesmo! Só o Divino Espírito Santo possui uma inteligência Divina, porque o mundo hoje não ama mais. Sem amor ninguém pode nada. Sem amor não sabemos perdoar. Sem amor não somos humildes. Sem amor não temos caridade. Sem amor nós não ouvimos o Céu. Sem amor, às vezes estamos aqui presentes, mas não ouvimos o Céu, filhos! Sem amor, só se está presente com a parte externa, e não com o coração.

Vamos pedir a Deus a piedade por aqueles que sofrem, principalmente, a carência do amor: crianças, jovens, pais e mães.

Por fim, eu desejo a vocês um Santo Natal! Porque Jesus é Santo e este Natal é Jesus. O Filho Santo de Deus, que é a luz maior que brilhou, e que há de brilhar sempre nesse Vale de luz e de paz que é tão amado e protegido pelo Menino Jesus.

Com alegria, com muita alegria, eu vou lhes abençoar!

Neste momento Nossa Senhora abençoa todos os presentes, enquanto cantam: Dai-nos a bênção...

Queridos filhos!

Eu lhes abençoei com todo o meu amor de Mãe!

Hoje, neste lindo dia de Natal, o Menino Jesus se faz presente em nosso meio. Ao contemplarem cada Mistério do Santo Rosário que vocês oravam com tanto carinho e amor, vocês abraçavam Jesus, que fazia dos corações de vocês uma manjedoura viva de amor! Não uma manjedoura fria, mas uma manjedoura calorosa, riquíssima e preciosa. Um verdadeiro sacrário, aonde Jesus faz verdadeiramente a sua casa, a sua linda e eterna casa de paz e de amor, que é o vosso coração e a vossa alma.

Hoje, neste lindo dia de Natal, nós ouvimos o Céu nos falar do nascimento de Jesus, da preciosidade que é o dia de Natal, do quanto precisamos viver esse Natal conscientes de que é Cristo que vive no nosso meio, que está presente em nossos corações. Jesus não é o passado. Jesus é o sempre! É o hoje, e o sempre! E Ele há de conduzir a piedade de Deus ao mundo, a este Vale, a toda essa comunidade, a todos os filhos que vivem verdadeiramente uma vida de oração sobre esse mundo que é tão grande, mas que precisa ser muito mais ainda no amor, na partilha, na caridade, é na fraternidade.

Que vocês possam viver a santidade deste Natal, porque nesse ano o Natal para nós é muito especial - é um ano de tribulação, de muito sofrimento, sofrimento interior que dói mais do que o externo.

Eu digo para vocês, filhos, que se o dia hoje virasse noite, não seria tão triste como tem acontecido com o coração dos homens: cada dia mais escuros, escuros, escuros, nas trevas do pecado. Verdadeiramente perdidos sobre o mundo das trevas se encontram tantos corações e almas!

Por isso é que nós pedimos a Jesus que seja a Luz para o mundo neste Natal, principalmente para aqueles que andam perdidos nas trevas, sofrem com os vícios, drogas, pecados, maldades, ganância e pobreza.

Que o Menino Jesus faça com que a sua Luz maravilhosa se resplandeça sobre nós, e nos dê a sua gloriosa e eterna paz! Um Santo Natal! Se o Natal é Santo, com certeza há de ser um feliz Natal!

Vocês são as flores que hoje consolam Jesus, por isso eu dou a vocês a felicidade de pedir a Jesus que habite em seus corações para sempre, e os consagre, e os marque com o Seu grande Amor, fazendo os seus corações santos, com a Luz de Deus.

Fiquem em paz!

É um dia de graça e amor! Façam uma meditação, e não se esqueçam de agradecer a Deus por esse dia tão especial, que nós iniciamos, sobre a bênção do Pai, do Filho e do Divino  Espírito Santo!

Agora eu vou, o Senhor me chama, e eis aqui a Serva do Senhor!

Última modificação em Segunda, 28 Outubro 2013 10:07

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716