gototopgototop
Assine a nossa Newsletter e receba em seu email, mensagens e noticias do Vale Imaculada Conceição!

Mensagem de 31 de Dezembro de 2002

Queridos filhos!

Com grande sabedoria e amor em meu Coração de Mãe, eu fico feliz em vos encontrar orando o Santo Rosário, e mais feliz no momento em que vocês meditam com carinho sobre o grande milagre que Jesus com tanto amor fez.

E hoje nós precisamos tanto de Jesus. Ele veio operar em nossos corações o maior milagre: o amor.

Jesus, na Santa Eucaristia, Ele Se fez presente por amor ao mundo. Ele amou tanto vocês que Ele Se tornou alimento para a vida de vocês. E hoje o mundo não conhece o amor de Jesus. Hoje o grande milagre que Jesus precisa fazer em nós é o milagre do amor.

Vemos uma triste realidade: esta realidade que hoje leva as crianças a perder a infância, os jovens a prejudicar a sua juventude, as famílias a não terem alicerce verdadeiro, e tudo por falta de amor.

O Santo Rosário é um grande instrumento para nos ensinar a amar, porque na meditação dos santos mistérios nós vemos verdadeiramente o que foi o amor de Deus e o que é amor de Deus por todos os seus filhos.

Desde a Anunciação podemos sentir o sofrimento de Jesus, na sua condenação à morte, e podemos ver a alegria da Ressurreição, e agora temos a felicidade de ver a Luz, que são os Mistérios Luminosos.

Então o Santo Rosário é o primeiro pedido que eu faço a vocês neste ano novo que vai nascer. Eu queria que vocês dedicassem o ano ao Santo Rosário. Porque este ano que está chegando ao fim foi o ano dedicado ao Santo Padre e à paz. O Santo Padre trouxe para o mundo a graça de poder meditar, pelos santos mistérios luminosos – da luz – a presença vitoriosa de Jesus, o Santo Batismo, o milagre que Jesus operou, tudo que Jesus praticou, a anunciação do Reino de Deus, a Eucaristia, tudo o que Jesus deixou plantado no mundo e que muitas vezes o mundo esquece de viver. Porque Jesus não é o que foi, Jesus é o que é, para cada um de nós. Ele é o nosso hoje, o nosso sim.

E a dedicação ao Santo Rosário é um pedido do Santo Padre, e o Santo Padre faz este pedido porque ele sabe do quanto que o demônio se encontra  furioso, do quanto que o demônio se encontra diante de uma ira enorme, por saber perfeitamente que a única arma que lhe destrói é o Santo Rosário. Porque é a oração em que nós vivemos o amor. É a oração em que nós meditamos sobre o amor.

Então a coisa mais linda que vocês podem fazer para consolar Jesus e derrubar o demônio é fazer deste ano que vai surgir o ano dedicado ao Santo Rosário. Vai ser lindo! Porque é um ano de muito sofrimento, de uma tribulação muito maior, e é hora do mundo acordar para a oração - o Brasil e o mundo. É hora das crianças pararem e pensarem: “Precisamos orar!” É hora dos jovens pararem e meditarem: “Precisamos orar!” É hora das famílias pararem e meditarem: “Precisamos orar!” Porque, daqui para frente, não esperem mais no mundo! Esperem em Deus, porque em Deus a gente encontra.

Do mundo você vai ver somente os maiores sofrimentos, as maiores tristezas, ameaças de conseqüências de sofrimentos terríveis, até mesmo de guerra. Mas na graça de Deus, na misericórdia de Deus, você vai ver a paz.

Se você for um filho fiel, você vai ver o triunfo do meu Imaculado Coração, que está cada dia mais perto de acontecer!

Você vai ver a alegria se fazer presente no coração, principalmente das famílias que orarem o Santo Rosário em união!

Você vai ver a fortaleza do Santo Padre!

Se você orar o Santo Rosário você vai estar ajudando à Santa Igreja - a Igreja que somos todos nós.

Se você dedicar a sua vida à oração e a ser um divulgador do Santo Rosário, você vai contribuir com muitas almas a serem salvas – muitas almas estão se condenando. Você vai contribuir para que esta alma, que até poderia se deixar levar pela condenação, se salve.

Então seja um filho de Deus dedicado a divulgar a devoção do Santo Rosário. Porque a oração do Santo Rosário parece uma oração difícil, mas tudo que é difícil é que dá combate. É a oração que dá combate ao demônio! É a oração que leva o demônio ao chão! Ninguém fere o demônio com arma de fogo, mas com a oração do Rosário você o destrói.

E nós, daqui para frente, precisamos orar muito o Santo Rosário, porque o demônio está furioso e tentará de tudo para destruir a humanidade!

Filhos, se nós olharmos a realidade do mundo de hoje, nós veremos que o mundo está destruído. Só não está diante de uma destruição maior, porque a misericórdia de Deus está aí. Mas vamos parar e pensar: como estão vivendo as crianças de hoje, como estão vivendo os nossos jovens de hoje, como estão vivendo as nossas famílias de hoje? As famílias estão vivendo pela aparência, ninguém está vivendo pelo amor.

Nós vemos as crianças de hoje pensarem em tudo, menos na pureza da infância, menos na dedicação por ser criança pura de alma, pura de coração.

Os jovens, hoje, quando começam a sua vida de adolescência, já querem o caminho do pecado, já querem o caminho das drogas, já querem o caminho que parece largo, mas que é o caminho da dor. Porque o caminho que é o caminho estreito é o caminho da glória!

Então nós temos e precisamos ser devotos do Santo Rosário, Porque este ano que está chegando ao fim foi um ano de dor!

Vamos fazer uma meditação sobre cada mensagem que foi direcionada a vocês, sobre cada momento em que vocês passaram aqui pelo Vale, que tiveram a felicidade de comemorar 15 anos da minha vinda nesta terra, neste pedacinho escolhido pelo Céu.

Tiveram a felicidade de fazer uma linda festa em honra a Deus Pai, a Deus Filho e a Deus Divino Espírito Santo no dia que eu amo tanto, que é aquele momento em que vocês agradecem a Deus pelo meu Coração ser um Coração Imaculado de Mãe.

Vocês tiveram a alegria de viver um ano lindo, porque foi um ano em que vocês encontraram dificuldades para vir até aqui, foi um ano em que vocês encontraram barreiras para chegar até aqui, mas foi um ano em que vocês disseram sim, que mesmo diante das dificuldades, eu olho e vejo aqui filhos que enfrentaram todas as dificuldades para estarem perseverantes, peregrinos que são instrumentos para trazer tantos filhos ao Vale, a este lugar que vai ser um pedacinho do grande Reino Celestial para a salvação das almas. Vai chegar o momento em que você vai olhar em torno do mundo e só vai ver dor, porque tudo o que está escrito no Evangelho vai acontecer. Tudo o que está escrito no Santo Evangelho vai acontecer, filhos! E é neste momento que vocês precisarão e necessitarão de se retirarem nos braços de Deus. E é quando os lugares que são as fontes serão o auxílio para que o homem não se desespere, porque o desespero será imenso.

Então, neste novo ano que nós estamos iniciando, o que nós precisamos fazer? Orar!

O grande milagre que Jesus precisa operar em nós é o amor: que a gente ore com amor! Porque não adianta recitar palavras. É preciso compreender as palavras. E a oração do Santo Rosário não é uma recitação de palavras, é um diálogo com Deus.

Eu encontrei vocês aqui conversando com Deus! Eu encontrei vocês aqui diante de Deus Pai, de Deus Filho e de Deus Divino Espírito Santo, Quem estava a lhes escutar, porque vocês estavam aqui, nesta simples e pequenina capela, mas na presença de Deus.

Quem pode separar-nos da presença de Deus? Nem a morte, nem a vida, nada poderá nos separar, porque a nossa vida é a graça de Deus!

A morte nos leva a Deus; porque a verdadeira vida vocês só verão depois que a vossa carne se tornar pó novamente. Porque a vossa vida não é o pó. A vossa vida é o espírito.

Então verdadeiramente nós precisamos orar! Precisamos ser instrumentos fortes, dedicados, porque Jesus está dizendo para nós claramente: “Planta-se, colhe-se!”

Precisamos continuar a pedir muito pelo Santo Padre, porque vocês poderão se surpreender com os grandes sofrimentos que virão e a conseqüência será de uma grande falta de fé no mundo. A Igreja deve ser o maior exemplo de fé do mundo, porque a Igreja é o Cristo. É o Cristo em todos nós, é o Cristo na pessoa do pobre, é o Cristo na pessoa do rico, é o Cristo na pessoa do doente, é o Cristo na pessoa daquele que está enfermo, é o Cristo na pessoa da criança, é o Cristo na pessoa do jovem, é o Cristo na pessoa do pai, da mãe, do sacerdote, do Santo Padre, dos Bispos, é o Cristo na presença dos leigos, dos cristãos, dos religiosos, das religiosas, é esse Cristo. A Igreja é Cristo, é Cristo em nós!

Hoje nós queremos ser uma igreja sem Cristo, porque quando Jesus diz: “Dai de comer àquele que tem fome!” Nós não queremos dar. Quando Jesus diz: “Largueis tudo, sirva a Deus!” Nós não querermos largar. Quando Jesus fala para você: “Largue o seu egoísmo, largue o seu orgulho!” Nós não queremos nos desprender. Queremos viver neste mundo de matéria, neste  mundo de pó, presos neste mundo de egoísmo.

É o Cristo que está falando para nós! É o Cristo que está hoje mostrando a misericórdia, que está suando sangue para lavar os nossos corações. Porque é o Cristo que está vendo a humanidade ferida - uma humanidade sofrida, uma humanidade que se esqueceu de Deus. É esse Cristo que está sendo esquecido e foi o Cristo que Se lembrou mais do mundo, porque no momento em que o mundo estava na escuridão, foi o Cristo que tomou em Seus braços a cruz, foi o Cristo que caiu várias vezes subindo aquele calvário, foi o Cristo que foi várias vezes cruelmente ferido por terríveis lanças e espadas, e que sofreu todas as humilhações, todas as críticas; o Cristo que caía e levantava; o Cristo que foi pregado na cruz cruelmente, que foi zombado, mas o Cristo que deu a vida, porque foi Ele que pediu ao Pai perdão, foi Ele que suou sangue para lavar o seu coração.

Porque você está aqui hoje, e às vezes você só pensa no seu pó, mas e o seu coração? Quem lavou o seu coração não foi a água do mundo, foi o sangue de Cristo! Por isso é que nós dizemos sempre: o Sangue de Cristo tem poder! E tem um grande poder! Porque só o sangue de Cristo foi capaz de lavar o mundo de tamanha miséria, que é o pecado. E só o sangue de Cristo pode lavar o coração de cada um de nós: purificar, renovar e transformar!

Então se nós queremos um ano melhor, nós precisamos lutar.

O mundo está vivendo os tempos finais! Então nestes tempos finais não é sonhar que de um ano para o outro vai vir a paz. Nestes tempos finais, é parar e pensar: “Quanto mais o tempo está passando, mais eu estou a caminho da grande transformação!” E essa transformação virá. Mas primeiramente virá a tempestade! Primeiramente virá a dor e o sofrimento, depois virá a glória. E a humanidade quer a glória, mas não quer lutar pela glória. A humanidade quer o Cristo, mas não quer ir ao encontro de Cristo.

Porque hoje, meus filhos - é triste dizer isso para vocês, mas eu digo - o que o homem deveria fazer vendo tanto sofrimento? Fazer um momento de oração, um momento de reflexão, um momento de silêncio, parar e pensar: “O que é que a gente precisa neste ano que está chegando? Paz!”

Então vamos buscar a paz!

Neste momento muitas pessoas estão envolvidas pelo mundo, e pouquíssimas pessoas pelo Espírito Santo de Deus. Mas a minha alegria é saber que ainda existem aqueles que estão envolvidos pela graça de Deus. É assim como eu vejo todos vocês iniciando o ano, de mãos dadas com o Céu, através desta oração tão bonita, meditada, refletida, porque aqui sim, nós conseguimos ver os valores que nós temos para Deus.

Hoje eu me senti maravilhada quando eu vi estes peregrinos chegando, trazendo uma alegria enorme ao meu Coração - estes filhos fiéis.

Eu me sentia com o meu Coração cercado por flores, porque vocês eram as flores. E Jesus Se sentiu Rei, porque vocês coroaram Jesus com o amor de vocês! Vieram fazendo uma caminhada de penitência e de oração. Vieram fazer um encontro verdadeiro com Deus, pensando naquele que não pensa na graça de Deus, rezando por aquele que não sabe rezar e pedindo pelo seu irmão que não tem a graça que você tem, que é a fé.

Eu me senti tão feliz, porque através daquele meu retrato, eu vinha com vocês. Vocês carregando em seus braços  a Mãe, e no coração o Filho Jesus!

Quer maior alegria do que dizer para vocês: “Filhos, como sois bem-aventurados, como sois fiéis!” Porque todos os anos vocês vêm iniciar o ano de vocês na graça de Deus! Todo ano vocês vêm fazendo uma caminhada em reparação ao Imaculado Coração de Jesus, nas intenções dos pedidos da Mãe do Céu, pelo Santo Padre, pela paz e pela Comunidade do Vale da Imaculada Conceição, a qual vocês fazem parte dela.  Porque vocês são aqui uma família.

Agora, que lindo é ver estes peregrinos enfrentando todo o cansaço e hoje, aqui, neste momento, repletos de alegria no coração em ouvir o Céu.

E eu digo para vocês: quem tem essa alegria? O humilde, o simples, mas aquele que pode ter no coração a maior riqueza do mundo: Jesus Cristo!

Verdadeiramente esta caminhada de vocês é o maior tesouro, que vocês tanto podem dar a Jesus, como receber de Jesus. Porque ela não é feita para vocês mostrarem, ela é feita para vocês consolarem a Deus. E assim é o verdadeiro missionário. Como disse Jesus, não é preciso fazer muito para mostrar, mas é preciso fazer consciente de que fazemos para consolar. E é o que vocês fazem.

Por isso eu agradeço a toda a comunidade que veio de Conselheiro Lafaiete, fazendo esta peregrinação autêntica e verdadeira.

Agradeço a estes filhos fiéis, que são divulgadores, principalmente da devoção à Divina Misericórdia. Porque este ano também, sendo um ano dedicado ao Santo Rosário, é um ano também de pedir a Divina Misericórdia.

Eu quero que vocês orem, pedindo a paz, primeiramente, mas colocando o pedido do Santo Rosário e da Divina Misericórdia, porque vocês irão precisar tanto da misericórdia de Deus, mas Jesus será a vossa misericórdia.

Eu quero dizer a todos vocês que não se preocupem com o sofrimento que virá, porque daqui para frente vocês não precisam esperar as rosas. Virão os espinhos! Não se preocupem, filhos! Apenas orem, sejam perseverantes, não desanimem. Vocês podem se surpreender com grandes dificuldades, mas sejam fiéis a Deus, sejam verdadeiros instrumentos de fé, e lembrem-se de que nada pode ser maior do que a força que vocês têm na alma: Jesus Cristo, o Divino Espírito Santo e o Pai, os Anjos e os Santos!

Por isso sejam vocês fortes, sejam vocês fiéis a Deus, consolem Jesus imensamente, a cada momento de suas vidas. Quando vocês olharem para o mundo e virem algo que magoe o Coração de Jesus, façam um momento de consolo a Jesus. Peçam a paz, orem, façam jejum, façam penitencia, façam vigília, dediquem suas vidas, daqui para frente, a Deus. Vocês vão ter tempo para serem felizes, porque Deus é a vossa felicidade! Deus não impede a felicidade, porque Ele é a felicidade, mas dediquem suas vidas a Deus. Não se preocupem tanto com o mundo, preocupem-se mais com Deus, com a graça de Deus. Porque do mundo vocês só verão tempestades. É de Deus que vocês verão a misericórdia, que vocês verão a providência, que vocês verão a grande graça para vocês seguirem em frente e participarem da grande glória que será o Triunfo do Meu Imaculado Coração!

Por isso, com todo o meu amor de Mãe, eu quero lhes abençoar!

Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos os presentes, enquanto cantam: dai-nos a bênção...

Queridos filhos!

Eu lhes dei a minha bênção! Abençoei a todos vocês, abençoei cada criança que está aqui, jovem, pai, mãe, missionário, missionária. Abençoei a toda a Santa Igreja, ao Santo Padre – hoje eu conduzi uma bênção muito especial diante da misericórdia do meu Filho Jesus ao Santo Padre – abençoei o Brasil, o mundo inteiro.

Peço muito a paz!

Eu não quero lhes desejar apenas um feliz ano novo. Quero lhes desejar um ano novo de paz. Porque ser feliz é ter paz. Não basta apenas dizer: “Feliz ano novo!” É preciso dizer: “Tenha um ano de paz!”

Lutem pela paz!

Deus é a nossa paz!

Nós hoje tivemos a felicidade de receber uma mensagem linda e grandiosa, que nos ensinou a valorizar mais a nossa vida, que nos ensinou a ter sabedoria para vencer as dificuldades que virão.

Hoje, olhando para o meu Filho Jesus eu disse: “Meu Filho Santo, o que eu poderei dizer ao mundo mediante ao sofrimento?” E Jesus me disse: “Diga Mãe, que Deus será o sustento e a fortaleza de todo o mundo!”

E é isso que eu digo para vocês, filhos! Se eu olhasse para vocês e dissesse que as coisas ficarão mais fáceis, eu estaria apenas a lhes iludir. Porque as coisas se tornarão cada dia mais difíceis, até que aconteça a grande glória, que é o Triunfo do meu Imaculado Coração.

Por isso que Jesus lhes pede que vocês dediquem com grande amor este ano ao Santo Rosário e a sua grande Misericórdia.

Mas orem mesmo, meus filhos! Não fiquem apenas em dedicar. Orem! Orem e peçam a Jesus para abrir os vossos corações, iluminar os vossos corações.

Eu gostaria que vocês recitassem durante todo o ano esta oração que eu vou lhes ensinar. É a oração de dedicação ao Santo Rosário! Eu queria que vocês, durante todo o ano, pedissem a Deus Pai, a Deus Filho e a Deus Divino Espírito Santo, nestas palavras:

“Senhor meu Deus, Criador de toda a Terra, o nosso Criador
Que concedeis ao mundo a paz, a esperança
à Vossa Igreja a santa graça do amor,
a presença riquíssima do Divino Espírito Santo.
Cubra-nos com a sua misericórdia de amor,
lava-nos com o sangue misericordioso de Jesus.
Junto à oração que dá combate ao demônio, a todos os inimigos -
a Oração do Santo Rosário - fazei-nos perseverantes na fé,
devotos consagrados, fiéis e verdadeiros instrumentos de fé.
Fazei com que a nossa oração seja o sustento e a fortaleza de nossa alma,
a coragem de nossos corações,
e a perseverança de toda a Vossa Amada e Santa Igreja.
Que assim seja feita sempre a vontade da Santíssima Trindade,
com a bênção de Deus Pai, de Deus Filho e de Deus Divino Espírito Santo.”

É esta oração que eu quero que vocês façam, filhos, dedicando ao Ano do Santo Rosário e da Divina Misericórdia.

Fiquem em Paz!

Que o Menino Jesus – que no Natal vocês celebraram com tanto amor o nascimento dEle em vossos corações – conduza a todos vocês pela oração destes Santos Mistérios Luminosos muita paz. E que faça de vocês criaturas cada dia mais puras e santas.

Que Deus lhes abençoe e lhes cubra com o seu grande, eterno e infinito amor!

A quem me ofertou lindas flores, eu dou o meu Imaculado Coração!

Agora eu vou, o Senhor me chama e eis aqui a Serva do Senhor!

Última modificação em Segunda, 28 Outubro 2013 10:20

radio

Canal de Comunicação Oficial das Aparições de Nossa Senhora de Piedade, no Santuário da Mãe de Piedade ( Vale da Imaculada Conceição) em Piedade dos Gerais - MG .  ©  2012 - 2017 Todos os direitos reservados.

Contato:
Romarias Equipe do Site Perguntas Frequentes Endereço do Vale Pedidos de Oração

Informações: (31) 3721-3966 (Fixo) / 9 8431-0338 (Claro) / 9 9908-3966 (Vivo) 
Mensagens de Nossa Senhora via WhatsApp :
31 9 9695-4716