Imprimir esta página
Sexta, 20 Setembro 2013 16:30

A Mãe de Deus em Piedade dos Gerais

Avalie este item
(0 votos)

 


Eu conheci o Vale num momento de tantas incertezas em que eu estava numa procura de algo que mudasse a minha vida.

No momento em que cheguei lá, foi como se estivesse em outro mundo diferente do que vivo. O que mais me impressionou foi a vida daquele povo: pessoas felizes e que vivem a verdadeira felicidade. Lá, eu me perguntava: “Por que vim aqui?”, “Qual era o plano de Deus e de Maria na minha vida?”

No primeiro dia da aparição de Nossa Senhora, começou dentro de mim algo inexplicável; eu comecei a sentir vergonha da vida que levava – eu era uma pessoa arrogante e orgulhosa. Então comecei a me sentir suja, e uma tristeza que doía profundamente invadiu a minha alma.

No segundo dia da aparição ali, diante da Mãe de Deus, eu senti vontade de ser uma pessoa nova; naquele momento eu ‘nasci’ de novo. O meu coração batia forte, algo acontecia comigo e era inexplicável: a Virgem Maria tocava no meu coração. Eu sair de lá me sentindo outra pessoa.

Hoje, eu entendo o propósito de Deus para comigo, Ele queria a minha transformação, a minha mudança de vida.

As pessoas do Vale são pessoas escolhidas, sentimos o amor daquele povo para com todos que eles acolhem, eles dividem o que tem com amor. Ir ao Vale foi um presente do Céu!

Agora, para mim, cada dia é um novo dia que devo lutar para viver o que Deus quer. A porta-voz de Nossa Senhora – Marilda – até pelo olhar ela transmite paz.

Obrigada meu Deus pela oportunidade que o Senhor me deu para ser uma nova pessoa.

 

Rosirene dos Santos Borges, 20 de setembro de 2013 – Guaraí-TO

 

Última modificação em Terça, 16 Janeiro 2018 22:17
DMC Firewall is a Joomla Security extension!