Terça, 16 Fevereiro 2010 14:06

25 de dezembro de 2001, 1:00 hora da madrugada

Avalie este item
(3 votos)

25 de dezembro de 2001, 1:00 hora da madrugada

 

Queridos e amados filhos!

Com grande alegria e amor em meu Coração, eu os acolho carinhosamente neste lindo dia, que é o NATAL!

Primeiramente, eu desejo que a Paz de Jesus, que o amor de Jesus, que Ele - que é a Vida, a Verdade, a Santidade, a Salvação - esteja conosco, dentro dos nossos corações, conduzindo-nos através desta linda reflexão e meditação, o grande conteúdo sublime que enriquece a nossa alma, que é a grandiosa bênção do Céu através do Mistério do Amor de Deus, refletido na imagem de seu Filho unigênito, para nos conduzir à vida eterna, à salvação.

Vamos, no início desta mensagem, primeiramente lembrar daqueles que são como Cristo nos dias de hoje, que não têm neste momento a alegria do lar, da família, a felicidade do amor e a plenitude da paz. Vamos também lembrar daqueles que hoje vivem este dia de Natal, sem procurar um verdadeiro conteúdo maior, aquele que é a presença viva em nossa alma: JESUS. Vamos lembrar dos enfermos que se encontram muitas vezes perdidamente com dores terríveis sobre a carne, para que Jesus console, conforte e dê o auxilio necessário a cada um destes filhos.

Vamos pedir também pelos enfermos que não têm humildade, sabedoria e fé no coração, pois a maior enfermidade do mundo é o pecado, aquele que lhe causa tamanha dor, que lhe fere por completo a alma.

Oh, meus filhos! Quantos que não sabem mais viver este dia de Natal! Quantos que ficam preocupados apenas com as grandes festividades, com os presentes que o mundo lhes oferece! Quantos que não sabem orar e dizer: Senhor! Obrigado, porque um dia Tu olhastes com os olhos cheios de amor para cada um de nós e, através de seu nascimento, destes ao mundo a vida, a salvação, a libertação e a paz.

Eu sei filhos, que o mundo hoje está diante de grande dor, sofrimentos sobre sofrimentos, dores sobre dores, e tudo isso é conseqüência da falta de o homem olhar para dentro de si e ver o valor que ele tem, o valor que Deus lhe deu. Por isso eu peço para vocês, neste dia de Natal dê um presente especial para sua alma, dê um presente especial ao seu coração, olhe para dentro de você e procure se libertar de tudo aquilo que lhe impede de ser feliz: depressão, angústia, sofrimentos, tristezas, mágoas, inveja. Que Jesus lhes cure, filhos!

Eu desejo que o Natal, este ano, que é o ano dedicado à Sagrada Família de Nazaré, venha a ser luz para que o mundo possa vencer com grande sabedoria o tempo de tribulação que passarão todos os confins da terra. Eu peço a Jesus que neste Natal, conduza muita luz ao Santo Padre o Papa, para que ele possa conduzir com grande serenidade e amor a sua Igreja, que é a Igreja de Cristo. Peço também a Jesus que defenda às crianças de toda esta malícia do pecado, que conduza aos corações das crianças mais pureza, mais sabedoria e mais amor. Eu peço a Jesus neste Natal, que liberte os jovens, dê aos jovens o discernimento, o desapego das coisas mundanas, a abertura de seus corações para uma vida nova em Deus, na graça de Deus, para que estes não tenham vergonha de dizer: eu creio, eu amo, eu confio naquele que é o Senhor, que é o meu Deus.

Peço a Jesus também, neste dia de Natal, que interceda a sua luz de amor sobre os corações dos lares, que estão a cada dia mais acorrentados pelas coisas do mal, principalmente pela falta de dignidade que trazem aos pais e as mães daqui da Terra, que muitas vezes estão mais preocupados consigo do que com seus filhos. Que Deus ilumine estes pais e mães,  que conduza estes lares neste ano, que é o ano de purificação, um ano difícil, de grande sofrimento, onde a humanidade sentiu de tão perto a dor , as tristezas, e um mundo que já não sente mais o tempo passar, que tudo parece passar tão depressa, mas é porque a humanidade não tem consciência de que está vivendo sobre a misericórdia do Senhor, de que este mundo daqui para frente, está verdadeiramente nas mãos daquele que verdadeiramente tudo conhece, que tudo sabe, e que tudo é.

Por isso eu peço a vocês que neste Natal, preparem mais os seus corações, procurem uma verdadeira conversão, procurem meditar realmente na importância da presença de Deus em vós, do amor de Deus em vós.

Porque vai vir à Terra, filhos, maiores sofrimentos, grandes sofrimentos, principalmente a tristeza sobre o mundo. O mundo viverá sobre uma onda de tristeza, e Jesus fala que será a grande falta de amor que existirá sobre a face da Terra. Infelizmente, este amor hoje já é pouco existente.

Eu olho o mundo hoje e vejo tanto pecado, tanta dor, tanta tristeza, por isso eu peço a Jesus, que lhes faça perseverantes na fé, dignos, autênticos, que cubra vocês com sua misericórdia, com seu grande e precioso amor divino, para que vocês sejam fortes, meus filhos, possam e saibam viver. Porque infelizmente, e sinto tristeza de dizer isto a vocês, mas daqui para frente, as coisas se tornarão muito mais difíceis, porque o homem tem plantado só o que é dor, só o que é tristeza, e ele vai colher tudo isso, a tribulação será ele colher o sofrimento que ele plantou.

Por isso eu tenho certeza que o mundo não está preparado, porque o mundo tem plantado sofrimentos por demais filhos, é tanta falta de temência a Deus. Hoje é um dia em que a humanidade deveria orar, em que a humanidade deveria pensar mais em Cristo, lembrar que Ele nasceu a tantos e tantos anos, para dar vida, e se tornar o caminho, a Igreja, a Eucaristia, de se tornar a verdadeira vida em Deus, porque sem Cristo nós não temos como caminhar para Deus, conseguir o caminho de Deus.

Eu pediria a vocês que hoje se lembrassem de que este Natal é um Natal importantíssimo para vocês, porque eu, junto a são José e a Jesus, que está aqui nesta noite de hoje, neste dia de hoje, estamos celebrando com alegria este amanhecer deste Natal, esta data tão especial para a Igreja, que é Mãe, que é vida, que é caminho, que é santidade. Vocês que procuraram fazer uma grande reparação no seu coração, uma meditação profunda da sua vida, da sua caminhada.

Você que hoje trabalha na sua caminhada de apostolado, que serviu um dia, e serve a Deus até hoje nesta comunidade fraterna, que entregou sua vida para trabalhar pelo reino de Deus, é tão difícil porque o que vale aqui na terra é a ganância, é o poder, é o material, mas a humanidade vai sentir, daqui para frente, que isso não vai ser mais aquilo que vai valer, porque a falta de paz vai ser tão grande, que o homem verá que sem Deus ele não pode mais viver.

Então, filhos, peçam neste dia de Natal. Vocês estão aqui presentes, felizes, através de uma noite rica de graça, com esta manifestação tão linda do amor de Deus para conosco, da presença dele para conosco, no íntimo da nossa alma, do nosso coração. Hoje nós estamos aqui vendo o poder de Deus, tanta graça, tanto amor que Deus tem para com o mundo. Jesus disse claramente que, por fim a sua misericórdia seria tão grande, que ele venceria de uma forma tão grandiosa o mal, e eu confio plenamente.

Hoje eu fiz um pedido muito especial a meu filho Jesus, que ele conduzisse essa misericórdia sobre o coração daqueles que hoje são dependentes do mundo das drogas, dos pecados, dos vícios, das tristezas, que ele libertasse principalmente os filhos de Deus que estão caídos pela lama, e que não conseguem mais reagir contra aquilo que eles acham que é mais forte do que eles, mas não é. Deus está acima de tudo e Jesus te ama. Disse Jesus: um dia você pode estar sobre o maior poço de dor do mundo e Eu me aproximarei de ti e estarei te dando o alívio, e você será curado.

Então, realmente o mundo precisa acreditar mais. Talvez hoje a humanidade esteja vivendo um novo milênio, e a humanidade pensa assim, meu Senhor e meu Deus, o que será daqui para frente? A vida, o que eu posso dizer para vocês é que o mundo está muito próximo de uma transformação, que fará deste mundo um novo mundo, uma nova terra, inclusive Jesus fala no Santo Evangelho claríssimo sobre isso: que a humanidade viveria alguns momentos dolorosos, mas que por fim, a paz de Deus reinaria por todos os cantos da terra, e todos aqueles que estivessem a caminho do Céu seriam cercados pela luz de grandiosíssimo valor, do Espírito Santo, para que cada um pudesse encontrar o verdadeiro sentido de ser filho de Deus, porque nós hoje sabemos que ser filhos de Deus é a maior riqueza, é o maior tesouro que temos.

O mundo chegou a tamanha conscientização de que Deus, ninguém pode mais. Isto é uma realidade vivida hoje por todos os homens.

Por isso hoje, filhos, eu sei ser um dia muito especial para você olhar para Jesus, conversar com ele, pedir a Ele aquilo que está bem no íntimo do seu coração, para Ele zelar por ti, para Ele interceder por ti. Jesus o Menino Deus, porque o Menino Deus um dia nasceu em uma manjedoura simples, mas em uma manjedoura santa, porque ali estava presente o Santo Filho de Deus, que veio trazer para você a felicidade eterna.

Eu desejo que o Natal de vocês, neste ano de devoção à Sagrada Família de Nazaré, seja um Natal santo, um Natal em que vocês possam no íntimo dos seus corações se curar, serem feliz diante daquilo que Jesus Cristo é para vocês, o Menino que lhes fez verem a Luz de Deus.

Eu desejo imensamente que, neste dia, Jesus se faça verdadeiramente presente nos corações de todos vocês, para que vocês sejam fortes, sejam corajosos, não venham a desistir da missão de vocês. Não pensem vocês, filhos, que o tempo passou, que os acontecimentos não virão. Virão, os acontecimentos virão e estão aí!

Primeiramente o sofrimento, por fim, o triunfo do meu coração imaculado de mãe, e, você agora precisa estar mais forte, mais preparado, mais fiel, mais perseverante. Porque agora, - o tempo da tribulação - nesta tribulação, quem não tiver o seu coração voltado ao Céu, não suportará. O sofrimento sobre a face da Terra será doloroso! Diz Jesus claramente: quem não estiver orando, não saberá suportar a dor que virá para a Terra. Então vocês sabem que esta dor atingirá a vocês, os filhos de Deus, porque são vocês o alvo principal que o inimigo quer atingir e destruir. Por isso ore! Faça deste Natal, deste ano tão especial, um Natal de graça, porque Jesus está aqui contigo! Você viveu hoje a maior preciosidade da vida, teve o banquete maior do mundo, que é estar diante do Filho de Deus, orando meditando e refletindo.

Jesus é Rei! É o Rei da nossa alma, o tesouro do nosso coração! Por isso eu digo para vocês, o maior banquete que vocês precisam para o dia de hoje, não é só o pão, é Deus presente em vocês, lhes fazendo compreender os mistérios da vida, e lhes fazendo compreender os sinais que estão sobre todos os confins da terra. Mostrando-lhes que o Filho de Deus está lhes clamando, lhes pedindo, fazendo um apelo urgentíssimo para vossa mudança de vida, a vossa transformação de vida, para que vocês sejam autênticos, verdadeiros, e fiéis a Deus.

Eu quero hoje abençoar a todos os filhos e filhas que estão aqui presentes, aos jovens que estão aqui reunidos, às crianças, aos pais e às mães, aos filhos que vieram de tão longe, a toda a comunidade, que também está diante dos desígnios de Deus, que precisam ser muito fortes, que este Natal venha a fortalecer o coração de vocês, curar o rancor, existente muitas vezes no coração desta comunidade, membros que estão aqui presentes, que esta bênção junto a Jesus e a São José seja uma benção de libertação, aonde o seu coração seja uma manjedoura, aquecida de amor, para que Jesus neste momento nasça, e te mostre o caminho mais lindo do mundo, o qual é e sempre será a vida plena, por isso com todo o amor de mãe, eu vou dar-lhes a minha benção.

Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos...

Queridos e amados filhos!

Eu abençoei a todos vocês, abençoei crianças, jovens, os pais, as mães, os missionários e missionárias. Hoje é Natal, uma palavra tão bonita, porque é aquela que nos lembra Jesus, é aquela que nos lembra o amor, que nos lembra os anjos,  anunciação, que nos lembra o grande mistério de Deus, incompreendido, até nos dias de hoje pelas ciências, mas tão grandioso mediante a ciência divina que é o Espírito Santo!

Eu peço ao Espírito Santo, e gostaria que você pedisse junto comigo, para que o Espírito Santo habite no vosso coração, na vossa alma, no vosso ser, que você seja como um poço ou um rio de água viva, um oceano de graça. Que vocês sejam semeadores da justiça, que seus corações não se deixem levar pelos conflitos e tribulações, que vocês sejam perseverantes na fé, autênticos e dignos para aceitar a vontade de Deus. Que seus joelhos possam se dobrar mesmo quando muitas vezes seus corações estiverem em pedaços de sofrimento para clamar a misericórdia de Deus, e dizer sempre:

Ó Senhor, Tu és Santo, e Tu nos deste esta santidade que há em nós, que nos faz amar sem medir o nosso amor, que nos faz perdoar sem medir o nosso perdão. Livra-nos, Senhor, da malícia dos nossos olhos, dos nossos ouvidos e da nossa boca, faça-nos clamar seu grande e santo nome, faça-nos anunciar sobre todos os confins da Terra que Tu existes, e está em nós, habita em nos, está presente em nós. Que nos momentos tristes é para nós a força, que nos momentos difíceis é para nós a grandiosa graça, que nos momentos de aflição és para nós a mansidão. Ó Senhor, tu que nasceste em uma manjedoura, mas cresceste como o rei dos Céus e da Terra, faça-nos dignos de um dia entrarmos no Céu, de vivermos nesta terra conscientes de que aqui vivemos diante de uma passagem. Não nos deixe apegar, sobre este mundo malicioso, sobre estas ondas de dor e de pecado que surgem, que levam o homem ao poço de abismo e de dor. Corrija-nos Senhor, nos momentos que vacilarmos, dá-nos a sua graça nos momentos em que necessitarmos. Sede para nós o auxílio, principalmente neste ano difícil que virá, para termos coragem para que nossos olhos tenham mais piedade, julguem menos os outros pela aparência, mas, que Vos busquem Senhor, em cada coração. Teu nome deve estar presente em nós, e transformar a cada um de nós sempre, para que nós sejamos, não nós, mas a graça de Deus, que sois Vós em cada um conduzido e transmitindo para o mundo a verdadeira felicidade, a qual este mundo tanto precisa, que é a paz, a justiça e o amor.

Ó Meus filhos, quando vocês forem desejar um feliz Natal, lembrem-se que o Natal é o nascimento do Menino Jesus. Por isso, ao olhar para o seu irmão, ao abraçar, diga fortemente para você no silêncio do seu coração: é a Cristo que eu abraço, por que um dia disse Jesus, se você quer me amar, ame ao seu próximo. Se você quer um dia me encontrar no teu próximo, a minha presença, estarei sempre junto a vós. É isso que Jesus mais pede hoje ao mundo: um amor que o mundo desconhece, o perdão que o mundo não sabe viver e dar. É isso que Jesus Cristo quer, que os olhos de cada um sejam transformados em olhos santos, que antes de você ver com estes olhos, que um dia aprenderam a ver a luz do dia, que você possa ver com os olhos que saibam ver a Deus e que saibam que Deus está aqui no meio de nós. Então eu gostaria que vocês soubessem, meus filhos! Deus está aqui no meio de nós! Por isso eu posso dizer para vocês: Jesus está no seu coração, por isso seja feliz, e neste Natal faça algum feliz, orando para que o mundo se volte a Deus. Fiquem em paz, na graça do Pai, do Filho e do Espírito Santo. A todos os que me ofertaram lidas flores, eu dou o meu coração de mãe. Agora eu vou, o Senhor me chama, e eis aqui a serva do Senhor!

 

Última modificação em Sexta, 23 Agosto 2019 08:36
Our website is protected by DMC Firewall!