Terça, 11 Dezembro 2012 12:33

Mensagem de 03 de Novembro de 2012

Avalie este item
(0 votos)

Queridos filhos!

Primeiramente vamos sentir a paz, porque Deus é a mais linda paz. Quando estamos fortemente em suas mãos, essa paz é conduzida a nós e é derramada especialmente sobre os nossos corações.

E, hoje, no silêncio desta tarde, cheia de amor e de oração, unidos ao Coração Misericordioso de Jesus, vamos pedir que Ele, que é a mais linda e suave paz, possa nos conduzir a viver com mais serenidade a vontade de Deus. Isso porque, quando você se desperta a viver a vontade de Deus, a sua vida se transforma. Ela se renova.

O homem sempre se diz muito preparado, mas, na maioria das vezes, ele está tão pouco preparado para os sofrimentos, para os problemas e as dificuldades.

O homem tem no seu coração uma luz que lhe mostra imenso amor, por isso, temos sempre que ter zelo, nos olhos, nos ouvidos e nas palavras, para saber como falar, como escutar e como enxergar a necessidade daquele que está mais próximo de nós.

O amor que Deus nos concede é o amor paciente, é o amor generoso, amor de um amigo, amor  fraterno, e nos faz ter as mãos solidárias para viver essa linda fraternidade do amor, onde somos capazes de entender a necessidade daqueles que estão mais próximos de nós.

Não é fácil entender alguém que, muitas vezes, deixa a sua vida ser totalmente destruída pelos vícios, pelas maldades dolorosas e pelos terríveis sofrimentos espirituais, que causam a grande destruição do filho de Deus. Muitas vezes, o filho não tem ação nem coragem para ter uma ação que lhe faça reagir e estar disposto a se colocar diante da caminhada que conduz a vencer.

Hoje, a situação de muitos homens na Terra é uma situação de sofrimento, é uma situação de dor, é uma situação de desespero. Isso porque, nem sempre, a escolha do homem é pelo bem, nem sempre ele se coloca a serviço do bem, nem sempre ele é responsável por aquilo que faz. Mas, a partir do momento que você é um instrumento do bem, você colherá também a paz. Por outro lado, quando, de uma forma dolorosa, você deixar se levar por aquilo que é mau, o mau você também vai colher. Jesus nos traz essa consciência pura, consciência do amor, a consciência da grande riqueza da fé, da espiritualidade, da descida do Espírito Santo sobre nós – que é algo que acontece a cada momento da nossa caminhada, a cada momento da nossa peregrinação.

Jesus disse: “Eu sou como a brisa, Eu sou como a suavidade”, porque Ele vence a tempestade. A maioria dos sofrimentos que estão presentes nas famílias, na vida dos jovens, das crianças, é por falta de suavidade, de se colocar completamente nas mãos de Deus.

Por isso, pedimos a Jesus, nos momentos que escutamos a sua voz, – escutar a Palavra de Deus é escutar a voz de Deus que clama aos nossos ouvidos – que proclame a justiça, que faça a justiça.

E, hoje, é tão bonito quando você começa a colher essa justiça, quando você se enxerga diante desta linda vitória, que é a vitória do Espírito Santo, aquele que se revela em nós, que age em nós e que nos faz movimentar pelo bem. Estamos no tempo do bem e no tempo da paz. A misericórdia de Deus é a justiça de Deus e Deus é a paz. Deus é o amor! O veneno que está sobre o mundo, sobre o Brasil, sobre todas as nações da Terra precisa ser vencido com a oração, com a vivência do amor e com a vivência da fraternidade. O homem precisa ser mais solidário, dar as mãos para construir um mundo onde aja dignidade. O filho de Deus é o único responsável pela dignidade. Você é o único capaz de fazer o mundo acender a chama que está se apagando. A chama que parece estar se apagando na sua vida, que é a fé.

O homem tem que olhar sempre adiante e ver a fé. Ver que toda a sua inteligência, toda a sua ciência, tudo aquilo que tem de lindo, é porque Deus te deu uma vida privilegiada, Ele te fez privilegiado. Ele não te fez sozinho, Ele te fez na riqueza do amor fraterno, para você ter no seu coração homens, jovens, mulheres e crianças que lhe são realmente especiais, o bom amigo, o bom e fiel irmão. Então, Deus nos fez esta família linda. Ele nos privilegiou com esta unção grandiosa do seu amor infinito.

O amor de Deus é o amor da bondade, é o amor da cura, da libertação, que afasta de nós todo o peso que, muitas vezes, quer ser maior do que a nossa força, do que a nossa coragem, do que a luz que, verdadeiramente, está em nós, que é o próprio e grandioso Espírito Santo.

Hoje, necessitamos muito da presença do Céu - da Luz do Céu. Precisamos dar bons exemplos. Existe uma carência muito grande nas nossas crianças, nos nossos jovens, eles precisam ver o bom exemplo daqueles que são e precisam ser este exemplo.

A Palavra de Deus nos conscientiza que precisamos valorizar o amor, que é o fermento que nos faz crescer, que nos traz a prosperidade e a grandiosidade da fé. Precisamos ser operários, e operar na linda messe divina na qual há tanto trabalho a ser feito, para que o mundo, a sociedade, conscientize-se do valor que tem a linda família de Deus.

Se você afasta o seu coração do amor que te faz capaz, como você terá condições de vencer se é árdua e grande a batalha?

Basta olharmos para vermos quantas dificuldades o homem tem encontrado dentro de si. As consequências do desânimo, até mesmo da preguiça, da falta de coragem, é aquilo que está dentro das pessoas. O homem não está sabendo colocar dentro de si aquilo que lhe faz realmente vitorioso. Ele, muitas vezes, só vai para o lado da derrota, o lado da vingança e da maldade. Ele não busca trabalhar o bem que existe dentro dele. E o bem é muito maior do que o mau. Deus é muito maior. Sempre que vem uma tempestade destruidora, vem Jesus com a brisa mansa. Ele disse: “Eu, com a brisa mansa, irei acalmar todas as tempestades!” Então, Ele vence e nós vencemos com Jesus.

Se trabalharmos o amor que existe em nós, o amor pode tudo; o amor transforma as famílias, o amor transforma o coração do homem. Quando você vai só pelo lado humano, você não consegue vencer. Mas, quando você passa a ver o homem como espírito e verdade, você vê a vitória, a condição que Deus deu a este filho para ser vitorioso.

O coração fala mais alto do que toda a grandiosidade do poder. No coração está verdadeiramente a razão de cada um de nós existirmos. O nosso coração é a voz da verdade. É aquilo que pode mudar muitas coisas e transformar o erro humano em acerto. O homem tem que saber se corrigir, tem que ter humildade para isso. Saber reconhecer que ele tem falhas, que ele, muitas vezes, comete estas falhas, mas que ele pode, com a consciência sublime da fé e da entrega a Deus, superar todas suas fragilidades e reconhecer as suas forças. Isso, porque ninguém consegue alcançar o grande mérito da santidade sem conhecer o seu lado humano, pecador e frágil. O homem mais feliz é aquele que sabe que é pequeno, porque Deus lhe faz grande. Aquele que, muitas vezes, acha que já sabe, tudo deixa de conhecer das muitas coisas que poderia ensinar. A grande sabedoria não vem daqueles que se dizem tê-la, mas daqueles que a vive. Quem vive realmente com amor, que caminha com amor neste mundo, consegue ter um aprendizado superior ao desta Terra, ao dos homens, que é o aprendizado que vem de Deus, que vem do Céu e que se faz no coração dos homens, para que o amor, fermento desta aliança linda dos filhos com o Pai, seja sempre construtor da Misericórdia, da Unidade e da Salvação.

Como você precisa estar nos braços de Jesus?

Suave, sereno, curado, libertado, sem medo e sem desânimo.

O homem não pode deixar se abater pelas provações, porque as provações levam o homem a crescer, para que, pela sua fé, possa dizer: “Senhor, obrigado porque o impossível se fez possível em minha vida!” A coisa mais linda é quando você olha para você e sabe que aquilo que era impossível Deus tornou possível, porque Ele é a verdade.

E o mundo precisa muito da verdade, meus filhos! Os homens vivem no mundo de falsidade, de mentira, de medo e de violência. Não só a violência praticada com as mãos, mas praticada até com o pensamento. O homem consegue atingir e fazer tantas coisas tristes, principalmente para as crianças, que são as alianças da esperança, de um mundo digno. Quantas vezes o homem pensa tanta maldade e o pensamento o leva a praticar essa maldade.

Então, precisamos ter uma alma mais pura, uma mente curada. O homem está muitas vezes com sua mente doente pelo pensamento mau, pelo pensamento negativo e pelo pensamento destrutivo. Por isso, precisamos pedir ao Céu que transforme a nossa vida, cubra-nos com a sua luz. Imagina o mundo inteiro sendo coberto com essa Luz Divina e as pessoas sendo capazes de ter um pensamento do bem. Quando você pensa coisas do bem, você faz o bem. Você olha para uma criança necessitada e diz: “Eu quero ajudar esta criança, este jovem, esta família, aquele doente, o desabrigado”. Olhar não só aquele que se encontra sem a proteção, mas também aquele que se encontra, muitas vezes, perdido, precisando de alguém que lhe diga: “Deus ama você”. A carência não é só de alimento, mas é também de amor.

Então, vamos pedir a Deus que nos conceda força, porque vamos precisar viver muito na comunhão fraterna do amor.

É o amor que vai sustentar o mundo. Precisamos estar verdadeiramente nas mãos de Deus.

Com alegria, Eu quero abençoar todos os filhos...

Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos os presentes enquanto cantam: dai-nos a bênção...

Queridos filhos!

É tão lindo para uma Mãe dar a bênção aos filhos, principalmente quando a mensagem do Céu nos fala do amor, nos fala de como curar os nossos corações, de como vencer as tempestades, enfrentar os problemas espirituais, materiais e temporais, de como curar as nossas feridas, acalmar aquela tristeza que, muitas vezes, está destruindo você, e vencer. O amor é uma fonte divina. Sem o amor nada podemos. Quando somos capazes de amar, somos capazes de construir a felicidade.

Jesus nos pede a construção da felicidade. Desejo que permitam que a graça do Espírito Santo, do amor do Pai e da infinita Misericórdia de Jesus, seja derramada sobre vocês e que lhes dê a unção que os seus olhos, ouvidos, suas  mãos e pés precisam para se movimentar com sabedoria e verdade, para que seja realizada a vontade de Deus em nós.

Essa bênção de hoje foi para os aniversariantes, para minha filha Ana e todos os filhos que estão agradecidos ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo pelos anos de vida. Que Deus lhes abençoe, proteja e guarde sempre.

Permaneçam todos no amor e a paz, na presença do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

A quem me ofertou essas flores tão belas e lindas, Eu dou o meu Coração.

O Céu me chama e eis aqui a Serva do Senhor!

Última modificação em Domingo, 06 Outubro 2013 18:15
Our website is protected by DMC Firewall!